TV Globo envergonha o maior espetáculo da Terra, o carnaval das escolas do Rio

Alegoria da comissão de frente da Estácio de Sá fala sobre a passagem de tempo — Foto: Alexandre Durão/G1

A Globo boicotou o belíssimo desfile da Estácio de Sá

Carlos Newton

Foi inacreditável o que aconteceu este domingo, na transmissão das escolas de samba do Rio, que até o genial cineasta Cecil B. DeMille classificaria como o maior espetáculo da Terra. Liguei a televisão para aguardar o desfile e estava no ar o Faustão, um programa insuportável, apresentando grupos musicais de péssima categoria. Abaixei e som e fiquei esperando, enquanto ia adiantando a edição da Tribuna da Internet. Depois do Faustão, entrou o Big Brother, mais insuportável ainda, inacreditavelmente ruim e mantive o som baixo. E o desfile, nada!…

Depois daqueles débeis mentais do BBB, que são escolhidos a dedo, quem desfilou foi o Fantástico, e senti saudades dos tempos de Mauricio Shermann e José-Itamar de Freitas. O decadente programa estava uma lástima, para variar. E continuei esperando.

CADÊ A ESTÁCIO? – Quando o Fantástico saiu do ar, surgiu a vinheta do Carnaval e apareceu a dupla de apresentadores Fátima Bernardes e Alex Escobar, junto com os comentaristas Milton Cunha e Pretinho da Serrinha. Dos quatro, apenas Cunha sabe comentar desfile, os outro três, francamente…

E a surpresa foi Fátima Bernardes dizer que a Estácio de Sá estava terminando sua apresentação. Quer dizer, começaram a transmissão a partir da segunda escola, a Viradouro, que, aliás, deu um show de carnaval.

Fui para o computador e constatei que era isso mesmo. A Globo só transmitiria a partir das 22h30m. Quem quisesse assistir desde o início tinha de acessar o Globoplay, que é a forma encontrada pela emissora aberta para tomar dinheiro do espectador, ou pelo G1, mas quem vai assistir às escolas pelo computador? É coisa de maluco.

UM DESRESPEITO – Sem a menor dúvida, um desrespeito da Globo ao maior espetáculo da Terra. Aliás, a emissora nunca gostou de carnaval e jamais se interessara em transmitir o desfile das Escolas.

Tudo começou quando o genial Fernando Pamplona assumiu a Superintendência da antiga TVE. Nessa época, nossa turma se encontrava todas as noites no happy hour do restaurante Salsa e Cebolinha. Entre uma dose e outra de Johnny Walker, Pamplona revelou a ideia genial – colocar a TVE no ar, 24 horas por dia, transmitindo o Carnaval (Acho que em 1983) em todo o país e tendo as escolas do Rio como atração principal. Naquela época, as emissoras davam apenas flashes das escolas, não havia transmissão direta. A Band chegou a fazer, em 1981, mas ficou muito ruim.

A ideia de Pamplona parecia uma maluquice numa emissora como a TVE, carente de recursos técnicos e financeiros, mas mergulhamos direto na ideia. Havia emissoras da rede educativa em todo o país e fizemos um acordo com a Embratel para receber as matérias de cada Estado.

FESTA MARAVILHOSA – Foi uma trabalheira. A equipe do Jornalismo, dirigida por Hamilton Alcântara, se revezou 24 horas por dia, recebendo e editando as reportagens vindas de todo país. E colocamos as escolas no ar, com uma transmissão maravilhosa, com um impressionante marco de nacionalidade que teve enorme audiência.

No ano seguinte, acho que 1984, a direção da TVE não se interessou em repetir a dose, por falta de recursos, e TV Manchete entrou na parada. Contratou Pamplona, que levou a equipe de comentaristas da TVE (Albino Pinheiro, Haroldo Costa,  Fernando Paulino, Maria Augusta e Sérgio Cabral), encaixando da Manchete apenas  o apresentador Paulo Stein e o jornalista Roberto Barreira, da Manchete, que comentava figurinos e fantasias.

A transmissão da Manchete, com mais recursos e equipamentos, mobilizou o país inteiro, liderando a audiência. Aliás, para poupar o fracasso da parceira Globo, foi a primeira vez que o Ibope disse que não fez pesquisa no Carnaval, “para descansar a equipe”, uma verdadeira Piada do Ano.

VEXAME DA GLOBO – Quase 40 anos depois, a TV Globo dá esse vexame, voltando ao velho e desgastado slogan – “Programação normal e o melhor do Carnaval”.

Em busca de mais alguns 30 dinheiros, a emissora dos Marinho teve a audácia de tirar o brilho do espetáculo, ao deixar de transmitir a apresentação da Estácio de Sá, justamente a herdeira da primeira escola de samba, a Deixa Falar.

E nesta segunda-feira, a Globo extirpou também a exibição da São Clemente, que foi substituída pela sensacional novela “Amor de Mãe”, que é tão ruim que chega a ser deboche se comparada ao trabalho de Janete Clair, Dias Gomes, Gloria Peres, Manuel Carlos, Benedito Ruy Barbosa e outros autores.

###
P.S. –
Por que a Liesa (Liga das Escolas) aceitou essa situação? Cadê os bicheiros? O que estão achando disso? O povo quer saber… (C.N.)  

42 thoughts on “TV Globo envergonha o maior espetáculo da Terra, o carnaval das escolas do Rio

  1. Caro Carlos Newton,
    Precisa a sua análise sobre a transmissão da Globo acerca do maior espetáculo da Terra: os desfiles do grupo especial das escolas de samba da outrora cidade maravilhosa.
    De fato, seu texto me remeteu às transmissões da Rede Manchete de Adolpho Bloch.
    Parabéns!

  2. Carlos Newton, simplesmente Parabéns por sua análise e visão, além de Jornalística, Humana do grande fracasso da noite passada. Fui dormir de exausto de tanto ouvir Marielle e Negro Escravo e a tal palavra de Empoderamento Feminino, só falam nisso. Nem minha Amada Portela me fez ficar diante da tela ouvindo e vendo asnices da pior espécie. Temo que apareçam algum doente desses para dizer que Mariele descobriu o Brasil e fez muito por nossa Independência. Hoje pela manhã um amigo da Mídia me ligou e confirmou que o Desfile perdeu até para os Filmes requentados da Record, prova inequívoca que ninguém suporta tanta “esquerdopatia e paixão pelo maior ladrão brasileiro e sua Orcrim PT” . Quem será o próximo cadáver que eles escolherão para idolatrarem e tentarem derrubar um Governo Eleito Democraticamente e Legalmente por Vontade Popular ??? Deixem essa pobre moça descansar na paz de Deus, chega de ilicitudes e usarem cadáveres em nome dessa “falsa democracia”. Não tem ninguém censurado no Brasil, existe sim os Intelectuais que meteram as mãos em nosso dinheiro e não querem prestar contas legalmente daquilo que se utilizaram e ficaram ricos impunemente, como exige nosso Código de Administração Financeira . No mais, vamos levando nossas vidas Honestas e Íntegras de trabalharmos além dos 60 anos para dar sustento e dignidade as nossas Famílias . Chega de Intelectual reclamando por não terem mais as “Boquinhas Ricas do Dinheiro do Povo” para criarem coisas medíocres e chamarem de Arte e não suportarem cumprirem as Leis em defesa do Interesse Público. Ora, será que o Brasil suporta esses “Assaltos Intelectualoides” do Dinheiro Público por tanto tempo ???

  3. Caro amigo Carlos Newton, excelente sua colocação com relação ao desrespeito do “vênus platinada” ao não exibir o desfile na íntegra (excluiram a Estácio).
    Realmente a emissora se perdeu e hoje, se tornou um canal de TV completamente descartável para se assistir.
    BBB é proibido na minha casa (pelo menos quando estou desembarcado). E aos domingos, há bastante tempo estamos assistindo o “domingo espetaular” (Record) no lugar do “fantástico”, que poderia até mudar de nome, pois de fantástico não tem nada.
    Quanto ao Faustão, esse a gente não assisti há anos, pois seu programa é tão idiota que não vale a pena nem tentar assistir.
    De fato a “vênus platinada” está a cada dia mais decadente. Torço para que tenha um fim próximo.

    • Esse é o problema de se impedir democracia, através de dominação esquerdista. Em vez de se contratar gente competente, se escolhe pessoas que comem no coxo da dominação esquerdista. Fatima aceita fazer, o que mandarem que ela faça.

  4. Globo lixo.
    Um bando de canalhas, abutres, sem caráter.
    Como o congresso e o famigerado stf, uma pocilga de empresa , do Roberto Azul Marinho quase preto.
    Ele destestava este apelido.

  5. O Netflix nos Livra do Programa do Faustão.
    Anos 70/80/90/2000 até o dia em que se foi inventado essa coisa chamada de Netflix. E que não é tão caro.
    Ah, não é nenhuma invenção oriunda de um país comunista. É uma invenção oriunda de um país capitalista e foi inventado por um empreendedor capitalista.
    Se a Humanidade dependesse de descobertas e invenções através dos socialistas ainda estaríamos em época pré-histórica.
    Os comunistas ainda não teriam inventado o arado, imaginem uma máquina colhedeira, dessas usada na agricultura e que faz a colheita de lavouras como grãos de arroz, milho, soja, café etc.
    Pois bem, quero dizer que, antigamente a pessoas só tinha a TV (anos 60/70) como opção. Anos 80 aparecem no Brasil os aparelhos de Vídeo Cassete e depois o Aparelho de DVD.
    Imagine se até os dias de hoje ainda não se tivesse inventado (pelos capitalistas odiados pelos comunistas improdutivos) estes tipos de aparelhos, TVs por assinatura, Internet, Netflix etc. E assim dependêssemos da TV tipo canais aberto e sendo forçado assistir Faustão, Xuxa, Altas Horas, Caldeirão do Huck, BBB, Mister Brau com Lázaro Ramos, The Voice e mais um monte de programas, séries e novelas fabricado pela Globo e Record.
    Obrigado Netflix, por Livrar-me de 90% da Programação da TV aberta.

  6. Pois é, o Carnaval do Rio é o maior espetáculo da Terra.
    Aqui em Salvador a Imprensa já elegeu o nosso Carnaval como a 8ª Maravilha do Planeta.
    Parte da Imprensa, de jornalistas, comunicadores, e foliões (todos em êxtase) a todo o momento dizem que o Carnaval da Bahia é o maior e melhor do mundo, que é a maior festa de rua do Mundo, que é o maior espetáculo do Mundo e outas dezenas de adjetivações de endeusamento de tal festa.
    Sei não, mas às vezes vejo cenas do carnaval da Bahia em que me faz lembrar das tribos indígenas guerreando no Velho Oeste americano, vi nos filmes que assistia nos anos 60/70.
    E em Recife tem o Maior Bloco carnavalesco do Mundo, com o nome de “Galo da Madrugada”

    Interessante dizer que, o Brasileiro elege seu Carnaval como se igual ao Brasil, todos os países do Mundo tivessem a mesma preocupação em parar seus países por 3 ou 5 dias para sua população irem às ruas pularem atrás de um caminhão tocando músicas com altura de uns 100 a 120 decibéis.
    Como se pode dizer com tanta ênfase que o nosso Carnaval é o melhor do Mundo se praticamente não temos concorrentes? Ou temos?
    Tem Carnaval no exterior? Sim, deve ter, desde os anos 70 via algumas fotos de Veneza, em um ou dois ambientes fechados de Ney York, um pouco na Alemanha, ou seja, nunca como no Brasil, onde se paralisa o país por alguns dias para festejar tal festa.
    Pode-se eleger o melhor Filme do Mundo? Sim, todos os países produzem Filmes.
    Pode-se eleger a melhor música e cantor do Mundo? Sim, todos os países têm músicos.
    Pode-se eleger o melhor Futebol do Mundo? Sim, todos os países se pratica Futebol.
    Pode-se eleger qual país tem os melhores esportistas do Mundo? Sim, em todos os países as pessoas praticam alguns ou todos os tipos de Esporte.
    Pode-se eleger o maior Rio do Mundo? Sim, todos os países devem ter Rios.

    Então pergunto: Onde se faz o 2º e o 3º melhor Carnaval do Mundo?

  7. Prezado Newton:

    Sua observação é ótima, mas preciso dizer o seguinte:

    1) A Globo SEMPRE começou pela segunda escola. Ou, no mínimo, já há uns dez anos;

    2) O Carnaval na Manchete foi a partir de 1984 – ano, inclusive, da Inauguração do Sambódromo.
    BRIZOLA democratizou a transmissão, terminando com a nojenta exclusividade.
    A Globo, mimada, não transmitiu e, na programação, exibiu clássicos do cinema.
    Sim, levou uma goleada da audiência, salvo engano mais de 90% de audiência para a Rede Manchete. ( Cujo narrador foi Paulo Stein, excelente)

    • “1) A Globo SEMPRE começou pela segunda escola. Ou, no mínimo, já há uns dez anos;”

      Colocou SEMPRE (gritou em maiúscula). E depois veio COMO TODOS PREGUIÇOSOS, com um: talvez, quem sabe, etc. PONTO.
      Perca um minuto de sua vida (pesquise antes de criticar).
      Você aparece aqui (sem falar onde trabalha todos os dias), sem demonstrar de onde sai o dinheiro que alimenta seus filhos; é quer criticar o C.N.

    • Acorda, Cazé! Antes de 1981 (TVE), nunca houve transmissão do desfile inteiro. A Globo transmitia flashes jornalísticos, no intervalos dos programas e filmes de madrugada. Apenas isso.

      Ab s.

      CN

      • Ô Newton!

        Não entendi…

        Em nenhum momento me referi sobre QUANDO teria começado a transmissão dos desfiles pela Globo.
        Apenas disse que a transmissão, a partir da segunda escola, não se iniciou neste ano de 2020.
        Além disso, segundo depreendi do seu texto, a TV Manchete teria transmitido os desfiles de 1982, o que me parece equivocado : foi a partir de 1984. Aliás, em 1982, a TV Manchete ainda nem tinha sido inaugurada.
        Foi somente isso que eu disse, prezado Newton._ nada mais.

        Abs

        Obs: está disponível, no Youtube, a transmissão dos desfiles, em 1981, pela TV Bandeirantes _ e com a narração de Galvão Bueno!

        https://www.youtube.com/watch?v=sDAmeeOQ9K8

        • Amigo, Cazé, você tem toda razão.

          Escrevi de memória, sem consultar nada, e quebrei a cara, confundi as datas.

          Não conhecia essa transmissão da Band em 1981, muito ruim mesmo, mambembe, ninguém assistia.

          Acho que a transmissão da TVE, com a equipe do Pamplona foi em 1983, quando não havia o Sambódromo, ou 1984, já no Sambódromo. O fato é que as emissoras não se interessavam, só davam flashes. Quando a Manchete estourou na audiência, com o Pamplona à frente, no ano seguinte a Globo atravessou e passou a também transmitir, junto com a Manchete.

          Vou corrigir a matéria. Gratíssimo.

          Abs.

          CN

  8. E o Carlos Newton diz que o Carnaval do Rio é o maior espetáculo da Terra.
    Se for o maior é porque se tem outros espetáculos pelo Mundo.
    E afinal, o que se pode ser classificado como Espetáculo da Terra?

    Copa do Mundo, Olimpíadas de Verão, Festival de Woodstock podem ser considerados como Grandes Espetáculos da Terra? Se forem, eu elegeria a Abertura das Olimpíadas e o Festival de Woodstock.
    Lembrei sobre as comemorações da Independência Americana (4 de julho), a posse do Presidente americano e tem o tal Oktoberfest, festival de cerveja em Munique, Alemanha.
    Na Espanha tem a “Tomatina” que é uma festa realizada em Valência e que consiste nos participantes arremessarem tomates entre si.
    Bom, devem ter outros diversos tipos de Espetáculos Grandiosos da Terra promovidos pelas pessoas.

    MAS, eu quero questionar aqui por escrito o seguinte:
    Sim. O Carnaval do Rio de Janeiro é considerado famoso, espetacular, grandioso, bonito e extasiante.
    Se propaga por aí que é conhecido em todo o Mundo e encanta a todos. E eu não duvido, mas o que me intriga é saber que, desde quando temos uma Festa tão Grandiosa e cobiçada, assim mesmo, as Grandes Celebridades Internacionais só a frequentam através do 0800.
    Ou seja, se uma festa é tão boa a ponto de encantar a gregos e troianos, teoricamente todas as pessoas que gostam de se divertiram, espontaneamente teriam que ir até a tal festa, se divertir e pagar a conta do próprio bolso.
    Sim, sei que vêm pessoas ricas e remediadas do exterior passar o carnaval no Rio, mas por serem anônimas suas presenças não dão prestígio à Festa.
    O Beckenbauer a convite do Pelé foi ver os desfiles e depois falou algo tipo, a maior e mais bonita festa do Mundo, só não sei se ele quer esse tipo de festa no seu país.

    • COPIADO –
      Anônimo disse…
      a Rede nao noticia nada…
      isso é que é jornalismo…
      façam um exercicio mental e imaginem os tempos de hoje sem internet, como nos anos 80…
      imaginaram?
      JAMAIS ficariamos sabendo dessas palestras…
      agora façam outro exercicio mental e imaginem o quanto de informação essas emissoras de tv e jornais podem nos ter sonegado durante todas essas decadas em que eles eram a unica fonte de informação…
      pois é…
      lembram dos ditos ex-correspondentes internacionais dessas emissoras, especialmente os da Rede Bobo…
      sabemos hoje que sao todos esquerdistas, mas na epoca nao havia como saber…
      ou seja, ficavamos “sabendo” tudo o que ocorria nos EUA pelo filtro ideologico dessa gente durante aquelas reportagens de um, dois minutos no maximo…
      agora entenderam porque Reagan, Thatcher e tantos outros lideres da direita sempre tiveram imagem negativa no Brasil?
      31 de agosto de 2019 12:25

  9. Acho que eu entendi o que o C.N queria (deveria) dizer.

    Veja um vídeo; que se você colocar um sistema de som (fone de ouvido) adequado, você entende a magica do “ESPETÁCULO”. Mas, se você não tiver um “fone de ouvido” (equipamento de áudio) adequado, não vai sentir á “adrenalina” (magica do maior espetáculo de todos os universos paralelos.

    https://www.youtube.com/watch?v=uyEYCtD0O2M

    • É só minha opinião. Se em vez de vocês ficarem ouvindo a voz da Fatima booner Bernardes; vocês ouvissem o som da bateria e o samba enredo (é esse o nome da letra e musica, que a fatima Bernardes não deixa ninguém ouvir ? ). Ai seria o maior espetáculo da terra.

      Então; enquanto isso, põe um fone de ouvido (que não seja chinês) e aprendam como PROduzir ESPETACULOS. https://www.youtube.com/watch?v=uyEYCtD0O2M

  10. Aqui vou citar GRANDES Celebridades que vieram a Custo Zero curtir nosso belo Carnaval.

    O Carnaval do rio traz muitas celebridades do exterior a custo zero para eles. As cervejarias pagam a conta.
    Houve até um problema com o Schwarzenegger, pois o mesmo não queria vestir a camisa da cervejaria que estava lhe patrocinando.
    Porque as caras não vêm por espontânea vontade e pagam a conta do seu próprio bolso?

    Desde quando vim morar em Salvador, em 1969, percebo que a cada ano Celebridades estrangeiras viajam para o Rio de Janeiro para desfrutar, A CUSTO ZERO, do Carnaval Carioca. Lembro bem da Gina Lollobrigida, atriz italiana. Provavelmente o Alain Delon tenha vindo, não lembro.
    Em anos atuais lembro-me de algumas celebridades.
    Nos anos 70 não lembro quem bancava, provavelmente alguma Empresa privada e até dinheiro público, para tentar mostrar ao Mundo que o Carnaval carioca é tão bom e importante que, até celebridades internacionais comparecem para vê-los.
    As cervejarias costumam bancar essas celebridades.
    Chegam aqui ao Rio e desfrutam o Carnaval em Camarotes da Brahma, por exemplo. Não sei se as Operadoras de Celular (mas, creio que sim) também promovem a vinda desses gringos para curtir o nosso Carnaval.
    Como já escrevi acima, eles vêm a custo Zero. Que bom para eles.
    Interessante notar que, desde quando a festa desperta tanta magia, tanta alegria, felicidade, empolgação e porque os gringos famosos e ricos não se interessam em curtir toda essa festa reprodutora de felicidade com gastos do seu próprio bolso?
    Porque eles espontaneamente não saem dos EUA ou da Europa e vem curtir nosso Carnaval?
    E tenho absoluta certeza de que, em grandes eventos festivos nestas duas partes do mundo eles não pagam um centavo às celebridades do Brasil para tê-los como convidados.

    Ah, e o Carnaval de Salvador? Até já foi chamado pela Imprensa tupiniquim como a 8ª Maravilha do Mundo e todos os anos repetem MIL vezes que é a maior festa de Rua do Mundo.
    Ao contrario do Carnaval do Rio o de Salvador não costuma receber Celebridades Internacionais.
    Mas, como se diz que nada é impossível, em 2012 a atriz americana Sharon Stone veio a Salvador curtir a dita 8ª Maravilha do Mundo e claro, a convite do Camarote do Terra (o Provedor). Como se diz aqui em Salvador: o 0800 bancou tudo.
    E mais, a festa carnavalesca de Salvador é a maior e melhor festa de rua do Mundo, mas muitas celebridades da Globo vem, MAS a custo Zero. Também bancados pelos milionários Camarotes.
    Se não me falha a memória, em 2012, tinha até Coelhinha da Playboy em Camarote patrocinado pela Cerveja Devassa.
    Devo dizer que estas Celebridades vestem o traje padrão (com o nome do Patrocinador estampado na roupa) dos seus financiadores.
    “É divertido. É ótimo”, disse Sharon Stone sobre Carnaval de Salvador. E ela depois de comer, beber, dormir de graça e ser super bajulada vai dizer o contrario?

    Voltando ao Carnaval do Rio de Janeiro, no de 2010 quem veio foi a Madonna. E, como convidada do Camarote do governador Sérgio Cabral. Sérgio Cabral, aquele corrupto que roubou milhões dos cofres públicos e recebeu outros milhões de propina. Com dinheiro publico pagou o banquete da Madonna.
    Também no Carnaval de 2010 recebemos a patricinha Paris Hilton e claro, a custo Zero.
    A Cerveja Devassa pagou a conta da socialite, atriz e modelo americana. E veio com o namorado que provavelmente também usufruiu do 0800. Diz na reportagem que a socialite será a estrela do Espaço Devassa , no Sambódromo, onde tocará um set de músicas no camarote da cervejaria.
    Imaginem a fortuna que se gasta para sustentar o desejo destas celebridades americanas e europeias. Desde a sua chegado no aeroporto até o hotel (Copacabana Palace), passeios, deslocamentos para os Camarotes, visitas às favelas com seus trocentos seguranças etc.

    Devo lembrar que, a Paris Hilton foi embora após o Carnaval com fama de antipática. Vem, come, bebe e dorme com tudo pago pelos brasileiros e mais, é bajulada e assediada pela imprensa e pelo povo, MAS assim mesmo a patricinha (como é chamada) se mostra mal humorada.
    Já no Carnaval carioca de 2012 foi a vez da atriz e cantora Jennifer Lopez. Com forte esquema de segurança, a mesma desembarcou no Rio de Janeiro para curtir o nosso Carnaval. Foi contratada pela Brahma.
    Diz na reportagem que na sua chegada ao aeroporto ela sorriu para os fotógrafos. Como nos sentimos honrados com a presença de estrelas americanas.
    E mais, como garota-propaganda a Cerveja Brahma lhe pagou US$2 milhões. Ela participou de um comercial da marca e visitou o camarote da cervejaria na Marquês de Sapucaí no domingo de carnaval.
    Não precisa dizer que a Jennifer Lopez causou um tumulto em camarote da Brahma.

    Lembrando que, nos Camarotes das Cervejarias tem muitas celebridades tupiniquins que também são pagos para promoverem a Marca da Cerveja, MAS, não têm o mesmo tratamento e prestígio das celebridades internacionais.
    Tanto sim que, no Carnaval de 2013 a Susana Vieira reclamou da presença de Megan Fox em camarote.
    Leia um pouco sobre o episodio e vejam como a Celebridade americana foi super bem tratada:
    “Principal atração internacional no Carnaval 2013, Megan Fox provocou ciúmes entre artistas e celebridades brasileiros, que não receberam um décimo da atenção dedicada à atriz americana. A veterana Susana Vieira foi quem expressou mais alto o descontentamento geral. “Eu venho ao camarote da Brahma, mas não para ver a Megan Fox”.
    Diante do espanto geral dos que a ouviam, explicou: “Grandes atores, grandes jogadores, grandes personalidades brasileiras vêm aqui, mas o patrocinador deve ter interesse em trazer a Megan Fox”.
    Susana contou que a única estrangeira que já tietou no carnaval foi a cantora Madonna, convidada pela cervejaria em 2010. “Mas não deixaram eu chegar perto”.
    Megan Fox chegou ao camarote pouco antes da meia-noite, quase ao mesmo tempo em que a Unidos da Tijuca entrava na avenida. Deixou-se fotografar por dois minutos e foi, então, levada para um canto isolado. Lá ficou por duas horas, exatamente, sem falar com ninguém, além do marido.
    Desconfortável com o assédio, Megan mal olhou para o desfile. Passou a maior parte do tempo de lado, olhando para dentro do camarote, tomando a sua bebida preferida: água. Não comeu nada, não dançou, quase não sorriu, nem acenou para os fãs que pediam um gesto seu.
    Tantos seguranças cercavam a atriz ao chegar, que muita gente se irritou. “Tá com medo de ser sequestrada?”, perguntou um convidado do camarote. “Vamos sair daqui pra não pagar de tiete”, disse outra, fugindo do amontoado de gente que cercava Megan.
    A certa altura, o ator Rodrigo Santoro foi levado ao “cercadinho” onde estava a atriz. Não se conheciam. “Ela foi simpática”, disse. “Expliquei para ela o que é o desfile. Disse que é uma competição e que cada escola tem um tema”. Muito instrutivo, de fato.”

    Pois é, eles são os Deuses do Olimpo, diante deles, nós do 3º Mundo somos apenas pobres mortais.

    • Acho que você foi muito radical, ou “A propaganda é a alma do negocio”. E todos fazem isso sim.
      A formula 1 coloca uns “pés de breque” de alguns Países; o cinema também coloca uns artistas (alguns meia boca) como marketing (Os USA fizeram o Zé carioca, e ao levarem Carmen Miranda, fizeram propaganda no Brasil e em Portugal).

      • Você pode chamar de ingênuo, politica da boa vizinhança, agrado, etc. O que importa é que virou propaganda, “que é a alma do negocio”.

        Você tem que ler um texto todo, antes de usar uma parte como referencia; pois essa referencia (texto), pode contradizer o seu comentário.

        “””Já no plano econômico, a política de boa vizinhança convinha aos esforços dos Estados Unidos para se recuperar dos efeitos da crise de 1929 sobre sua economia. A retórica da solidariedade e os métodos cooperativos no relacionamento com os países latino-americanos facilitavam a formação de mercados externos para os produtos e investimentos norte-americanos, ……A grande quantidade de vocábulos em inglês que vemos por todo o lado no Brasil – na publicidade e na moda, principalmente – e a influência da Pop Music – MTV – e do cinema Hollywoodiano, são facetas da penetração cultural norte-americana no Brasil, que data desse período.”””

        • A QUE SE DEVE A IDA E UM POUCO DE SUCESSO DA CARMEM MIRANDA NA AMÉRICA.
          Aqui quero mostrar por escrito um pouco do que sei sobre a ida da Carmem Miranda para os EUA e sobre a participação do Brasil na 2ª Grande Guerra.

          Sobre a participação do Brasil na 2ª Guerra Mundial sempre ouvi falar que os americanos bombardearam navios nossos, e os alemães ficaram com a culpa, para forçar nosso país entrar na guerra e claro ao lado dos EUA.
          Pois bem, mas o que me levou a escrever este texto foi para falar sobre um episódio inserido na história do Brasil na 2ª Guerra Mundial.
          Ufanistas como somos, temos o maior prazer de alardear que declaramos guerra à Alemanha.
          O Brasil declarou guerra à Alemanha ou o Brasil declarou aos EUA que a partir daquele momento estaria à sua disposição para lhes servir como aliado?
          Falar que a Inglaterra, França, Japão, União Soviética, EUA ou Itália declarou guerra a uma nação inimiga teria sentido, mas o Brasil!
          Naquela época, o Brasil, um país periférico e fraco militarmente declarar guerra à Alemanha, seria o mesmo que, a Lua declarar guerra ao Sol.

          Aliás, tem o episódio da política da boa vizinhança.
          Os EUA temerosos do expansionismo alemão na América Latina usaram da sua influencia política para agradar a nossa região, pois sabia que alguns governantes latinos tinham simpatia por regimes fascistas.
          O que fez os EUA para em troca ter apoio político da nossa região? Investiu e nos vendeu tecnologia. Também celebrou um acordo cultural para nos aproximarmos deles.
          Neste acordo cultural eles levaram a nossa Carmen Miranda para Hollywood.
          Pensamos que a nossa cantora chegou lá num acaso e rebentou nos palcos, fazendo com que os gringos a contratassem a peso de ouro.
          Bem verdade que ela ganhou muito prestígio e dinheiro por lá, até trabalhou com astros do cinema americano.
          Dizem até que a Carmem Miranda foi a musa da Política de Boa Vizinhança.
          E não esquecer que o personagem Zé Carioca foi criado neste período.
          Se for pesquisar descobriremos que a penetração cultural norte americana no Brasil foi enorme no período da tal Política da Boa Vizinhança.

          Lendo um pouquinho aqui, um pouquinho acolá costumo descobrir que muitas coisas são ditas e escritas como verdade, mas se o cabra tiver um pouco de curiosidade e gostar de questionar sobre esta “verdade” termina por descobrir contradições na verdade pregada.

          Já escrevi aqui sobre a mídia brasileira propagar a todo o instante que a música brasileira conquistou o mundo e é conhecida nos 4 cantos do planeta. Só que, desde os anos 70 leio entrevistas de músicos de fora e eles na maioria das vezes diz desconhecer nossa música. Também em listas de maiores e melhores músicos e músicas do mundo nunca nos citam.

          Mas como o assunto é o Brasil na 2ª Guerra eu gostaria de saber o seguinte: Se o Brasil realmente fez acontecer neste conflito mundial (até tomou Monte Castelo) e porque um alemão de nome Joachim Fest que é historiador e biógrafo de Hitler falou que não conhecia a participação do Brasil nesta guerra?
          A revista Veja lhe fez esta pergunta: – O senhor conhece a participação brasileira na II Guerra?
          Joachim Fest respondeu: – Infelizmente, não. Suponho que seja um ponto-chave da história brasileira, assim como na de todos os países que estiveram envolvidos no conflito. A Alemanha estava em guerra criminosa com o mundo inteiro, contra todos os princípios elementares da civilização e cometeu muitos crimes contra a paz e contra a humanidade. Acho que seria fundamental contar aqui na Alemanha essa campanha brasileira. Tenho certeza de que haveria um enorme interesse em conhecer a versão de vocês.
          .
          Pois é, um historiador e biógrafo do principal personagem da guerra nem sabe que o Brasil participou da 2ª Guerra e diz que os alemães teriam um grande interesse em conhecer a nossa versão.
          Senhor historiador, a versão contada aqui é que nós declaramos guerra a vocês alemães e arrasamos, até tomamos Monte Castelo.

    • Então você concorda que dá certo (com seu exemplo). Além de você não conseguir achar cervejas que não sejam brama, em quase nenhum lugar do Brasil; ela ainda conseguiu quase que monopolizar o negocio (Ambev).

    • Agora é piadinha mesmo.
      Se eu soubesse que a Megan estava lá eu tinha ido vela; eu não assisto novela, pra não precisar ver a Susana vieira; imagine gastar uma bába no carnaval, e dar de cara com ela.
      PS: O maior espetáculo da terra; e a politica baiana. É dominada pelo partido que defende os negros; mas nunca teve um governante, mais moreninho que o Jaques Wagner.

  11. No governo Brizola houve uma campanha contra o Sambódromo, chegou-se a dizer que iria cair. A Globo para minar o governo Brizola negou-se a transmitir os desfiles da escola de samba. Brizola deu para Manchete transmitir os desfiles, foi um sucesso. No ano seguinte a Globo chegou a um acordo.

  12. Meus colegas comentaristas e articulistas sabem que não sou carioca, mas desconhecem que não gosto de carnaval.
    Nada contra os foliões, pelo contrário, eu os invejo. Mas não me atraem os festejos de Momo, e desde quando eu era piá, guri.
    Simplesmente questão de cunho pessoal.

    No entanto, eu me lembro do carnaval carioca na Praça Onze, onde a pujança, o brilho, o som emanado das Escolas de Samba eram diminuídos pela falta de espaço, eco dos prédios, e aglomeração das arquibancadas quase que em cima dos que desfilavam.

    Com o surgimento do Sambódromo, na década de 80, o brilho das Escolas, as suas fantasias, enredos, carros-alegóricos, evoluções, o som contagiante do samba, os instrumentos de repercussão, mestre sala e porta-bandeira, a comissão de frente, tiveram o devido e merecido local para os admiradores dessas organizações carnavalescas mostrarem a sua arte.

    O carnaval do Rio de Janeiro extrapolou as fronteiras nacionais, e se tornou mundial.

    Portanto, Carlos Newton tem plena razão quando afirma ser o carnaval brasileiro e carioca, o Maior Espetáculo da Terra!

    Olimpíadas, o Super Bowl, abertura de Campeonatos Mundiais de Futebol, jamais poderão ser comparados com a versatilidade das Escolas de Samba.
    A criatividade, o envolvimento das comunidades, a vontade de fazer um desfile apoteótico, a vibração, a alegria, definitivamente espetáculo algum no planeta apresenta a grandiosidade do Rio.

    Com exceção de uma ou duas aberturas de Olimpíadas, alguém pode citar quais foram elas?
    Da mesma forma as Copas do Mundo de Futebol?

    Agora, assistir a Mangueira, Portela, Imperatriz Dona Leopoldina, Unidos da Vila Isabel, Salgueiro, Estácio de Sá, Império Serrano, Beija Flor, Mocidade Independente de Padre Miguel, União da Ilha do Governador … não existe nada igual no mundo!
    O encantamento, a explosão de cores, o samba … que outro espetáculo nos apresenta tamanho contágio popular de alegria?!

    Newton tá certo, mais uma vez!

  13. Prezado Bendl,
    Não é questão de gostar ou não de Carnaval.
    Brinquei Carnaval aqui em Salvador de 1969 até 1986. Mas não acho que o nosso Carnaval (o de Salvador) seja a 8ª Maravilha do Planeta como dito por um jornal local. Você acha que é?
    Este textão que escrevi e dividi em 4 partes (por não ter capacidade de dizer tudo em poucas linhas) foi só para fazer alguns tipos de questionamento e o maior deles é:
    Se o Carnaval do Rio é tudo isso que você falou, não estou discordando, que é o maior espetáculo da Terra, então eu fico a pensar sobre o porquê de termos que pagar uma fortuna para a Madonna divulgar algo que já é conhecido e reverenciado em todo o Planeta.
    Bem verdade que a propaganda é a alma do negócio, que a Brahma (capital privado) faça seu Marketing, e quando entra dinheiro público?
    Daí alguém diz: – O Carnaval do Rio é a maior e mais bonita festa do Mundo, tanto sim que a Madonna, Alain Delon, Paris Hilton e outras celebridades vieram ao Rio para assistir os desfiles das Escolas de Samba.
    E eu direi: – Sim, vieram, mas quando se é pago a peso de ouro, qualquer celebridade vem, quero os ver virem sem receberem cachês e pagar a conta do próprio bolso.

    Não sei se você leu meu comentário postado aqui: 24 de fevereiro de 2020, 18:23 at 18:23
    Lá eu comentei coisas tipo:
    Como se pode dizer com tanta ênfase que o nosso Carnaval é o melhor do Mundo se praticamente não temos concorrentes? Ou temos?

    Hoje um apresentador de uma TV local falou que o Carnaval de Salvador é o maior do Universo.

  14. Prezado João da Bahia,

    Concordo que o carnaval não é uma questão de gosto, porém seus comentários devem ser reais, verdadeiros.

    Não existe no mundo espetáculo igual, convenhamos.
    O Brasil, na semana do carnaval, se torna um só, diversão plena.
    Não me lembro de qualquer festa popular mundial que tenha tamanho poder de união de um povo.

    Os carnavais de rua não podem ser classificados como espetáculos, no entanto, demonstram para o exterior um tipo de comportamento que também inexiste nos demais países, a alegria, o pular, dançar, cantar.

    Quanto às Escolas de Samba no Rio de Janeiro, e agora com São Paulo, que tenta se aproximar da grandeza do Sambódromo carioca, justamente pela minha condição de isento, assistir esses desfiles deixam qualquer pessoa extasiada diante de tanto luxo e cores, também algo que as demais nações desconhecem totalmente.

    Sobre trazer personalidades internacionais, sem eu querer justificar a vinda de atores, atrizes, modelos … vale lembrar duas questões:
    a fiscalização do Executivo sobre tais gastos;
    a dinamização do fluxo de turistas na cidade, que deixam dólares, hotéis e restaurantes lotados, e compras no comércio local.

    Apesar de o carnaval ter perdido completamente o seu romantismo, a sua aura de brincadeira sadia, sem tanto apelo comercial e enaltecimento da sensualidade, do sexo desbragado, como era antigamente e tocado nas músicas mais belas dessa festa popular – Máscara Negra, As Pastorinhas, Aurora, Cachaça, Turma do Funil, Me dá um dinheiro aí, Ressurreição dos Velhos Carnavais, do mestre Lamartine Babo, para mim a mais bela de todas.

    Inúmeros sambas-enredo ofereceram para o povo canções inesquecíveis:
    É Hoje, 1.982, União da Ilha;
    Aquarela do Brasil, 2004, Império Serrano;
    Lenda da Sereia e Rainha do Mar, 1.976, Império Serrano;
    Das Maravilhas do Mar Fez-se o Esplendor de Uma Noite, 1.981, Portela;
    Liberdade, Liberdade, Abre as Asas Sobre Nós, 1.989, Imperatriz Leopoldinense;
    Peguei um Ita no Norte, 1.993, Salgueiro;
    Paticumbum Prugurundum, 1.982, Império Serrano;
    Atrás de Verde e Rosa Só Não Vai Quem Já Morreu, 1.994, Mangueira …

    Não acredito que haja no planeta o que apresentamos no Brasil em tempos de carnaval.

    Continuo afirmando, João da Bahia, o carnaval das Escolas de Samba, no Rio, é o Maior Espetáculo da Terra!

    Abração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *