Um amor repartido e vadio, em forma de canção

Paulinho e Claudio, parceiros e amigos

O produtor musical, cantor e compositor paulista Claudio José Moore Nucci,  conhecido como Claudio Nucci, e seu parceiro Paulinho Tapajós (1945-2013), falam de um “Coração Vadio” em busca de repartir felicidade entre as pessoas, embora a letra também possa se entendida como uma forma de traição amorosa. A música foi gravada por Jackie Hecker no CD Isso e Aquilo, em 2005, pela Dabliú.

CORAÇÃO VADIO

Paulinho Tapajós e Claudio Nucci

Quisera que o meu coração,
Apenas quisesse você,
Mas ele sadio, vaidoso, vadio,
Enxerga o mundo que vê

Os passos do meu coração,
Só fazem traçar bem-querer,
Fazendo o destino,
Total desatino,
Seu sangue é latino, é viver

Abrindo a prisão,
Bancando o vilão,
Soltando as amarras da vida,
Vivendo aprendiz,
Da alma que diz

Saber ser feliz é uma arte,
Amor quando a gente reparte,
Retorna dobrado depois.

(Colaboração enviada por Paulo Peres – Site Poemas & Canções)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *