Um cotidiano triste espera do fim do mundo, na viso de Dante Milano

Resultado de imagem para dante milanoPaulo Peres
Site Poemas & Canes

O poeta Dante Milano (1899-1991), nascido em Petrpolis (RJ), expe que A Ponte possui um cotidiano triste, embora potico na sua arquitetura.

A PONTE
Dante Milano

O desenho da ponte justo e firme, calmo e exato.
Nada poder perturbar as suas linhas definitivas.
A sua arquitetura equilibra-se no ar
Como um navio na gua, uma nuvem no espao.
Embaixo da ponte h ondas e sombras.
Os mendigos dormem enrodilhados nos cantos.
No tm forma humana. So sacos no cho.
Por momentos parece ouvir-se o choro de uma criana.
A gua embaixo suja,
O leo coagula, em ndoas luminosas, reflexos lacrimejantes.
Um vulto debruado sobre as guas
Contempla o mundo nufrago.
A tristeza cai da ponte
Como a poesia cai do cu.
O homem est embaixo aparando as migalhas do infinito.

A ponte sombria como as prises.
Os que andam sobre a ponte
Sentem os ps puxados para o abismo.
Ali tudo iminente e irreparvel,
Dali se v a ameaa que paira.
A ponte um navio ancorado.
Ali repousam os fatigados,
Ouvindo o som das guas, a queixa infindvel,
Infindvel, infindvel
Um apito d gritos
A princpio crescendo em uivos, depois mantendo bem alto o apelo desesperado.
Passam navios. Tiros. Troves.
Quando vir o fim do mundo ?
Por cima da ponte se cruzam
Reflexos de fogo, relmpagos sbitos, misteriosos sinais.
Que combinam entre si os astros, inimigos da Terra ?
Quando vir o fim dos homens ?
A ponte pensa

One thought on “Um cotidiano triste espera do fim do mundo, na viso de Dante Milano

  1. Dante Milano, sem explicao nenhuma, no foi um poeta muito estudado nas escolas. Talvez, nos cursos de Letras tenham lhe feito justia.
    A ponte tem seu desenho justo e firme, no entanto, uma ponte triste , sombria como as prises
    “A tristeza cai da ponte
    Como a poesia cai do cu.
    O homem est embaixo aparando as migalhas do infinito.”

    “Quando vir o fim do mundo ?
    Por cima da ponte se cruzam”

    Dante Milano faz uma especulao sobre o fim do mundo, a partir de misteriosos sinais:reflexos de fogo, relmpagos sbitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.