Um governo tipo “Organizações Tabajara”

Dilma governa também em ritmo de Zorra Total

Bernardo Mello Franco
Folha

Um ex-ministro de Dilma Rousseff costuma chamar seu governo de Organizações Tabajara. Assim como a empresa fictícia do “Casseta & Planeta”, diz ele, o Planalto está sempre bolando alguma ideia mirabolante fadada ao fracasso.

A ameaça de ressurreição da CPMF foi o novo produto dessa fábrica de trapalhadas. Ao propor o retorno do imposto, o governo voltou a irritar a classe média e, ao mesmo tempo, afugentou empresários que se aventuravam a defender a presidente.

Na política, as reações também foram desastrosas. A oposição reforçou o discurso de que a sociedade está pagando a conta da crise, e o petismo se recolheu em silêncio envergonhado. O vice Michel Temer, cortejado por conspiradores, ganhou um motivo para se afastar ainda mais de Dilma.

TIRO NO PÉ

O tiro no pé poderia ter ser evitado com uma simples avaliação do cenário. Se a CPMF foi derrubada em 2007, quando Lula batia recordes de popularidade, a chance de aprová-la agora seria próxima de zero. Por que gerar tumulto com uma ideia que jamais sairia do papel?

Nunca antes um governo espalhou tantas cascas de banana na calçada em que pisa. No início da semana, Dilma já havia transformado uma possível boa notícia em armadilha, ao anunciar os cortes na Esplanada.

Como ela não informou os alvos da navalha, criou-se um novo terremoto na base aliada. Partidos que se estapeavam por cargos de segundo escalão agora estão em pânico com a ameaça de perder ministérios.

TROMBADAS

Na sexta, um ministro petista lamentava a sucessão de trombadas: “Estávamos saindo da mira, mas terminamos a semana com todos os canhões apontados para nós”.

Na noite de sábado, o governo se rendeu ao óbvio e desistiu da ideia funesta de retomar a CPMF. Mesmo assim, Dilma será criticada pelo recuo. Sua política econômica voltou à roleta do improviso, e o buraco nas contas públicas continua aberto. As Organizações Tabajara não fariam pior.

(artigo enviado pelo comentarista Mário Assis)

3 thoughts on “Um governo tipo “Organizações Tabajara”

  1. ESTADÃO: PARA TEMER, ‘NINGUÉM RESISTE’ MAIS TRÊS ANOS E MEIO COM POPULARIDADE TÃO BAIXA COMO DILMA

    Isto é jornalismo ou pilantragem? Comparem a íntegra da declaração do vice-presidente Michel Temer com a manchete (link abaixo) e tirem as suas conclusões: “Hoje o índice de popularidade é realmente muito baixo. Ninguém vai resistir três anos e meio com esse índice. Se continuar assim, de fato fica difícil passar de 3 anos”.

    O problema é que ninguém, ou poucos, vão além das manchetes para verificar, por exemplo, como também está escrito com todas as letras, que a CPMF só não foi assinada porque antes disso a presidente Dilma Rousseff ouviu as ponderações do vice Temer – em reunião conclusiva com ministros da área econômica – e não assinou.

    Portanto, é de completa má intenção ou ignorância pura postagens ou compartilhamentos tendentes a dissociar presidente do vice em face das ações do governo. Que assim sigam, será melhor ao país. http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,para-temer-ninguem-resiste-mais-tres-anos-e-meio-com-popularidade-tao-baixa,1756160

  2. Já passou o tempo dessa inútil senhora dar área ! Além de sua arrogância insuportável sempre se mostrou conivente com tudo.
    Nesse ano a Petrobras para economizar, cortou viagens e festas. Volume que iria ser gasto ?
    U$ 12 bilhões. Mais uma vez ela não sabia de nada. Ontem em seu programa de TV o PTB j´s detonou o seu governo, deixando claro que irá papa a oposição, se juntar aos outros partidos, que vão levar em frente o pedido do Dr. Hélio Bicudo. Ao visto só lhe restou os esmoleiros PDT e PC do B…
    http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,petrobras-corta-cursos–festas-e-viagens-e-diz-que-poupara-us-12-bi-ate-2019,1756157

  3. Petistas dão como certa delação de José Dirceu
    Após a primeira aparição de José Dirceu desde que foi preso, velhos “companheiros de armas” se convenceram de que um acordo de delação premiada está mesmo em gestação. Ignorado pelo PT e com Lula recomendando sua desfiliação, Dirceu percebeu que está só. E que, aos 69 anos, corre o risco de morrer na prisão. É considerado a única testemunha que poderia levar o ex-presidente Lula à cadeia.

    Reflexo da alma
    Militante que acompanha José Dirceu há décadas observou, vendo-o pela TV na CPI: “Conheço aquele olhar, me dá arrepios, vem coisa aí”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *