Um hino em louvor às mães, por Herivelto Martins e David Nasser

O jornalista, escritor e letrista, nascido em Jaú (SP), David Nasser (1917-1980), é autor de diversos clássicos do nosso cancioneiro popular, entre os quais “Mamãe” (em parceria com Herivelto Martins), que passou a ser considerada como o hino do Dia das Mães. A música foi gravada por Ângela Maria, em 1956, pela Copacabana.

MAMÃE
Herivelto Martins e David Nassser

Ela é a dona de tudo
Ela é a rainha do lar
Ela vale mais para mim
Que o céu, que a terra, que o mar

Ela é a palavra mais linda
Que um dia o poeta escreveu
Ela é o tesouro que o pobre
Das mãos do Senhor recebeu

Mamãe, mamãe, mamãe
Tu és a razão dos meus dias
Tu és feita de amor e de esperança

Ai, ai, ai, mamãe
Eu cresci, o caminho perdi
Volto a ti e me sinto criança

Mamãe, mamãe, mamãe
Eu te lembro o chinelo na mão
O avental todo sujo de ovo

Se eu pudesse
Eu queria, outra vez, mamãe
Começar tudo, tudo de novo

##############################

MÃE, O BEM MAIS PRECIOSO

Vicente Limongi Netto

Falar da minha mãe é exaltar o belo, é comemorar a competência, é salientar a firmeza de caráter, é cantar o amor, a solidariedade, a ternura e a beleza da vida. Recordar traços marcantes da minha amada irretocável e insuperável mãe, Alcy, é  sublinhar a determinação de viver. É participar de momentos inesquecíveis de lições de fé, de otimismo, de perseverança, de incentivo aos bons sentimentos.

Seguramente,  lembrando da minha mãe,  também homenageio com emoção e prazer, todas  as amadas e dedicadas mães, queridas e amigas, neste domingo especial.
##############################

DIA DAS MÃES
Paulo Peres

Entre a razão e a emoção
Existe um ponto de interrogação
Chamado Humana Renovação:
Ventre bendito – coração MÃE,
Obra Suprema do Criador.

MÃE.
Neste dia dedicado a VOCÊ,
Quero parabenizá-la e pedir-lhe
Que continue a ser esta MÃE
MARAVILHOSA!

               (Colaboração enviada por Paulo Peres – site Poemas & Canções)

2 thoughts on “Um hino em louvor às mães, por Herivelto Martins e David Nasser

  1. Pingback: Homenagem à minha Mamãe Apparecida – Benê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *