Um lápis de cor para desenhar a felicidade, na visão criativa de Fátima Guedes

Resultado de imagem para fatima guedes

Fátima Guedes, bela, criativa e elegante

Paulo Peres

Site Poemas & Canções
A cantora e compositora carioca Fátima Guedes, na letra de “Lápis de Cor”, solta a sua imaginação e desenha o local onde gostaria de viver com o seu amor. A música foi gravada por Fátima Guedes no LP Lápis de Cor, 1981, pela EMI-Odeon.
LÁPIS DE COR
Fátima Guedes

Com amor, lápis de cor,
desenhei uma casinha pra gente ir morar,
com fumaça na chaminé
e o sol a brilhar
no canto da página.

Com amor e lápis de cera
desenhei uma mangueira com uns passarinhos.
É difícil traçar bichinhos
sem saber desenhar,
mas eu tentei.

Plantei um jardim caprichado,
um pouco estilizado, diferente.
Pus uma cerca branquinha, embora
cerca nada tenha a ver com a gente

E foi tanto o meu empenho
que o tal do desenho estava lindo
com os pássaros cantando e o sol saindo
do canto da página.

3 thoughts on “Um lápis de cor para desenhar a felicidade, na visão criativa de Fátima Guedes

  1. Genial esta letra e música. O que podemos fazer com um lápis de cor: colorindo a vida com tonalidades suaves. Podemos desenhar um grande coração, onde caiba todas as pessoas que amamos.
    Fazer como a Fátima, desenhar passarinhos, o sol saindo de cada página.
    Nossa, amei esta música, muito delicada.

  2. Mais uma linda canção de Fátima Guedes (que não é parente de Beto Guedes, mas igualmente, genial)

    Flor de ir embora (simplesmente linda)

    É uma flor que se alimenta do que a gente chora
    Rompe a terra decidida
    Flor do meu desejo de correr o mundo afora
    Flor de sentimento
    Amadurecendo aos poucos a minha partida
    Quando a flor abrir inteira
    Muda a minha vida
    Esperei o tempo certo
    E lá vou eu
    E lá vou eu
    Flor de ir embora, eu vou
    Agora esse mundo é meu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *