Um poético pedido de desculpas de Flora Figueiredo

A tradutora, cronista e poeta paulista Flora Figueiredo, no poema “Atitude”, mostra como se pode pedir desculpas poeticamente.

 

ATITUDE

Flora Figueiredo

Esse seu silêncio
soa como um grito,
abafado em panos.
Só faz denunciar os danos que causei.
Desculpe o mau-jeito,
mas comporto, em minha quota de defeitos,
não levar junto os enganos que eu amei.          

(Colaboração enviada por Paulo Peres – site Poemas & Canções)

 

3 thoughts on “Um poético pedido de desculpas de Flora Figueiredo

  1. Caro CN e Paulo Peres … http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/12/papa-francisco-faz-aniversario-ganha-bolo-e-fieis-dancam-tango-no-vaticano.html

    Dançar tango é perigoso … tem que se ter talento e treino … para se evitar aquele pedido de desculpas … em caso de se pisar no pé da parceira!!! caso em que se pode ir direto ao chão … os dois kkk KKK kkk em outras danças dá até para se disfarçar!!!

    Em http://joaoboscoleal.com.br/2012/01/17/pra-que-discutir-com-madame/, o blogueiro João Bosco Leal repercute artigo do educador Edgar Flexa Ribeiro, publicado no blog do Noblat:

    Pra que discutir com madame … 17 de janeiro de 2012 por João Bosco Leal … Total caracteres: 2736 … Deixe sua resposta » … Edgar Flexa Ribeiro*
    “As Américas brancas escravizaram os negros. Hoje ouvem, dançam e cantam o reggae, o rock, o blues, o samba, o chorinho, o mambo, a salsa, e tudo mais que é hoje a músicas das ruas, das casas, das pessoas. Tudo tem uma origem comum: a música negra. … Esse processo a rigor começa quando os primeiros batalhões negros do Exército americano desembarcam na França para lutar no fim da Primeira Guerra Mundial, em 1918. Faziam e tocavam jazz! E daí, terminada a guerra, a França, e logo a Europa, abraçou essa estética nova, a melodia, o ritmo, a estrutura, o som. E tudo começou a ficar diferente.”

    Em Tietê, SP, ainda se tem a umbigada http://www.revistahadar.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=509:cultura-popular-brasileira-reacende-na-regiao-conheca-o-tradicional-batuque-de-umbigada-de-tiete&catid=18:cultura&Itemid=25 … … … http://defesadastradicoes.blogspot.com.br/2008/08/batuque-de-umbigada-abre-frum.html

    Na dança não se pode tocar no pé kkk e não é só umbigada … tem toque de joelhos:
    https://www.youtube.com/watch?v=ZH9zl90ekMo de 1934

    E batida de cabeça: https://www.youtube.com/watch?v=y1oYTVzmx_0 KKK kkk KKK

    Em https://www.youtube.com/watch?v=juECQJMgJSU temos maxixe (tango brasileiro) e tango.

    E Caetano em versão de Carioca https://www.youtube.com/watch?v=rdRm-5HemiY

    Também Carmen Miranda está lá em dança escatológica https://www.youtube.com/watch?v=eJ01eOhs1nc

    E o especial maxixe “LA CARIOCA” https://www.youtube.com/watch?v=eJ01eOhs1nc

  2. Correção … E o especial maxixe “LA CARIOCA” https://www.youtube.com/watch?v=eJ01eOhs1nc

    E o especial maxixe “LA CARIOCA” https://www.youtube.com/watch?v=p2JInRosXC0 e mais completo https://www.youtube.com/watch?v=HA2zuZON5fo

    Se o jazz chegou à Europa com a 1ª Grande Guerra … foi com Raul Roulien que o maxixe chegou aos EUA

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Raul_Roulien

    Maxixe é samba sem destaque para percussão.

    Feliz Aniversário, Francisco Pedro!!! !!! !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *