Uma bela homenagem ao Rio antigo, por Chico Anysio e Nonato Buzar

Resultado de imagem para chico anysio e nonato buzar"

Chico era também um excelente compositor

Paulo Peres
Poemas e Canções

Conhecido pelo trabalho como humorista, ator, pintor, escritor e comentarista de futebol, o cearense Chico Anysio (1931-2012) também teve uma carreira menos conhecida como compositor. Junto com o cantor maranhense Nonato Buzar ele escreveu “Rio Antigo”, conhecida na voz de Alcione no CD Celebração, em 1999. A letra de “Rio Antigo” transporta-nos a algumas décadas do século passado até o final dos anos cinquenta.

RIO ANTIGO
Nonato Buzar e Chico Anysio

Quero um bate-papo na esquina
Eu quero o Rio antigo
Com crianças na calçada
Brincando sem perigo
Sem metrô e sem frescão
O ontem no amanhã
Eu que pego o bonde 12 de Ipanema
Pra ver o Oscarito e o Grande Otelo no cinema
Domingo no Rian
Me deixa eu querer mais, mais paz

Quero um pregão de garrafeiro
Zizinho no gramado
Eu quero um samba sincopado
Taioba, bagageiro
E o desafinado que o Jobim sacou
Quero o programa de calouros
Com Ary Barroso
O Lamartine me ensinando
Um lá, lá, lá, lá, lá, gostoso
Quero o Café Nice
De onde o samba vem
Quero a Cinelândia estreando “E o Vento Levou”
Um velho samba do Ataulfo
Que ninguém jamais gravou
PRK 30 que valia 100
Como nos velhos tempos

Quero o carnaval com serpentinas
Eu quero a Copa Roca de Brasil e Argentina
Os Anjos do Inferno, 4 Ases e Um Coringa
Eu quero, eu quero porque é bom
É que pego no meu rádio uma novela
Depois eu vou à Lapa, faço um lanche no Capela
Mais tarde eu e ela, nos lados do Hotel Leblon

Quero um som de fossa da Dolores
Uma valsa do Orestes, zum-zum-zum dos Cafajestes
Um bife lá no Lamas
Cidade sem Aterro, como Deus criou
Quero o chá dançante lá no clube
Com Waldir Calmon
Trio de Ouro com a Dalva
Estrela Dalva do Brasil
Quero o Sérgio Porto
E o seu bom humor
Eu quero ver o show do Walter Pinto
Com mulheres mil
O Rio aceso em lampiões
E violões que quem não viu
Não pode entender
O que é paz e amor

3 thoughts on “Uma bela homenagem ao Rio antigo, por Chico Anysio e Nonato Buzar

  1. Chico Anísio, assim como Lúcio Mauro, José Santa Cruz, Hilton Marques e tantos outros gênios do Rádio e Televisão passaram pelos corredores das Rádios de Pernambuco, no auge, Rádio Clube e Rádio Jornal do Commércio, aliás a TV Brasileira deve muito a esses multiartistas do Norte e Nordeste. Chico Anísio precisa ser lembrado e exaltado, completo em sua Poesia de exercer no Rádio e TV seu talento que construiu outros talentos que hoje são esquecidos pela “era da mediocridade” que atravessa toda mídia brasileira, claro, a mediocridade da Música, do Canto e do Talento, nunca vi e ouvi tanta coisa ruim no Rádio e TV, e, se for criticar aqui os tais artistas da mediocridade de hoje posso ser processado por racismo, homofobia e outras coisas do gênero, sou do tempo que calcinha era roupa íntima !!! Essa Poesia de Amor ao Rio de Janeiro da década de 50 quando ele saiu do Recife e foi morar no Rio de Janeiro, sintetiza o dia a dia lindo de uma Cidade Maravilhosa, sua gente, e seus ídolos de todos os espaços, era o Rio de Janeiro sem Brizola,Cabral, e um bando de esquerdopatas que entregaram a Cidade a Criminosos e hoje o Cidadão de Bem vive sitiado com suas Famílias ameaçados pelo crime organizado que domina todos os poderes da outrora Cidade Maravilhosa. Minha Saudação aos Cidadãos de Bem do Rio de Janeiro, que São Sebastião junto a Jesus e Nossa Senhora da Glória Interceda por todos vocês e um dia os libertem desse caos em que esses “falsos democratas, libertinos e criminosos” deixaram plantados na vida de todos vocês. VIVA O RIO DE JANEIRO, VIVA CHICO ANÍSIO E NONATO BUZAR, VIVA O POVO CARIOCA !!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *