Uma campanha que só desarmou o cidadão honesto

Francisco Vieira

O Estatuto do Desarmamento só desarmou o cidadão honesto e não atingiu os marginais que obtém suas armas por meios ilegais. Também permite que os ricos e as autoridades continuem portando armas ou recorrendo a guarda-costas armados, afinal, podem pagar por segurança privada. Para essas pessoas, membros da “Casta Superior”, as armas são boas e conferem proteção eficaz, tanto para suas propriedades quanto para seus familiares.

Hoje para cada policial que faz a segurança da sociedade, existem cinco seguranças particulares  fazendo a segurança das autoridades! Quem não puder pagar, que se dane!

Para os demais cidadãos da “Casta Inferior” (os pagadores de impostos como você), as armas são ruins, não servem para nada e só causam desgraças. Não vale a pena serem empregadas para defenderem essas famílias.

Essa “elite” o considera um incompetente, um incapaz que não tem a menor chance diante de um bandido armado (em caso de assalto, não reaja! Em caso de estupro, relaxe e goze!). Além disso, você é visto como ignorante, rude, violento, alcoólatra e covarde e, se tiver uma arma na mão, vai matar sua esposa, seu vizinho, seus amigos no bar e outros motoristas no trânsito.

O então Ministro da Justiça, Marcio Tomaz Bastos, disse claramente: “O desarmamento não é para tirar armas dos criminosos, mas do homem de bem”.

Se as autoridades acreditassem nesse Estatuto elas seriam as primeiras a dispensar os seguranças armados. Você conhece alguma que dispensou o seu? Você conhece alguma que deixa os filhos saírem à noite sem segurança – paga com o seu dinheiro?

E o mais curioso: quando as armas eram vendidas a qualquer cidadão de bem o índice de homicídios por habitante era menor. E isso não é opinião. É estatística!

###
E AS GREVES?

Por usar apenas a segurança particular ou policiais exclusivos de gabinetes, essas autoridades “não estão nem aí” para as greves das polícias civil e militar estaduais. Afinal, não se precisa de um serviço que não se usa! Que se danem ou que peçam demissão!

Vocês não viram no que deu a greve da Polícia Federal? Se essa greve permitiu a entrada de drogas e armas, faz pouca diferença para eles! Como não precisam de segurança pública, tanto faz se estão em greve ou não. Se pararam um dia, um mês ou um ano! Estão pouco preocupados, pois já têm a segurança de toda a família garantida.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *