Uma carta aberta aos senadores da República

Puggina se preocupa com aparelhamento do Supremo

Certamente, nestes dias, apenas uma pequena parcela da Nação, uns poucos milhões de brasileiros, está preocupada com esse assunto. Não é muito, se considerarmos a magnitude da decisão a ser tomada.

No entanto, há um grupo muito especial de cidadãos, os 81 senadores da República, que não podem acompanhar nem representar a maioria omissa e alienada. Ao contrário, impõe-se a cada um, exige-se de cada um, a plena consciência de sua responsabilidade nessa importantíssima missão institucional. Irão Vossas Excelências aquiescer com o aparelhamento partidário e a ditadura de uma mesma ideologia no Supremo Tribunal Federal? Sim, há alguns dentre vós que o desejam. E há quem venha tomando decisões que a tanto conduzem. Isso já vem acontecendo e as consequências se fazem visíveis.

Cuidado, porém! Sabem os que assim confabulam, sabem os que concordam e precisam saber os que o toleram, que tal conduta, no curto prazo, afronta gravemente o pluralismo como princípio inserido no preâmbulo da Constituição Federal; e, no longo prazo, destrói a confiança na Justiça como poder de Estado e como virtude buscada no ambiente jurídico-institucional.

Apelo a Vossas Excelências para que rejeitem essa indicação e qualquer outra que afronte a Constituição e a credibilidade do Poder Judiciário brasileiro.

Porto Alegre, 02 de maio de 2015

Percival Puggina

14 thoughts on “Uma carta aberta aos senadores da República

  1. Grande texto, embora de pouca extensão. Se esse tal de Fachin tivesse um pouco de simancol, já teria renunciado à candidatura. Mas, é comuna…

    • É verdade e, por ele ser comuna, o que está comprovado em suas declarações contra a propriedade privada, a favor das invasões mesmo em terras produtivas, ele jamais renunciará.
      Será mais uma desgraça para este país que ainda tem gente que sonha com a salvação dele pelo comunismo. Isso depois de 1 século de desgraças provocadas por esta nefasta religião em outros países e ainda hoje em Cuba e Coreia do Norte.

  2. O sindicalista cocalero Evo Morales, líder dos plantadores de coca e atual mandante na Bolívia, defende abertamente que o Executivo se sobreponha ao Judiciário, e que o Legislativo aprove suas ordens.
    Ele tem muitos irmãos siameses no Brasil entre a turma que atualmente detém a chave do cofre.

  3. Me decepcionei com o senador Álvaro Dias.Ele apoia esse comunista e está querendo levar a bancada do PSDB no Senado a fazer o mesmo.Já mandei uma correspondência para ele alertando que, se o Fachin for eleito com os votos do PSDB, a cicla tende a perder capilaridade e votos nas próximas eleições.

    PS. Cada vez mais fico fã do Percival Puggina.Demonstra ser um brasileiro de verdade.
    PS1. Se PSDB votar nesse marxista, estará traindo a Nação.

  4. Como disse o Reinaldo de Azevedo , tucano é petista com complexo de superioridade intelectual. São esquerdinhas metidos e além de tudo, covardes.
    Só se tem um candidato para tentar mudar alguma coisa nesta merda de país: Ronaldo Caiado. E, quem sabe um Bolsonaro com vice para se incumbir de desmontar o crime instalado na máquina do estado como o MST, MTST e outras quadrilhas do tipo.

  5. A derrota de Aécio foi a melhor coisa que aconteceu para o país. O povo agora está assistindo quem verdadeiramente arruinou o país e empresas estatais como a Petrobrás.
    Realmente o PT sangra e junto o PSDB também,que agora mostra sua verdadeira condição de malandros.

  6. Na Comissão, ao que tudo indica, o Fachinora marxista já está aprovado, restando, apenas, o voto de um dos integrantes que pediu vistas.
    Confirmada pela Comissão, a indicação vai ao Plenário do Senado. Aí é que a vaca vai tossir em alto e bom som.
    Parece-me que no Plenário o voto será SECRETO. Bem, nesse caso…

  7. Não conheço o passado do magistrado em debate, mas se vem do pt já assino embaixo que não presta. Melhor os dez que mais um pra atrapalhar.
    O articulista, sem dúvida, é bem sensível à realidade dos fatos.
    Claro que o pt não dar ponto sem nó. Eles passaram quase um ano pra arranjar alguém, mas este tempo todo não ficaram selecionando o melhor pro Brasil nem de longe; cataram e cataram o melhor para o pt. Não nos enganemos.
    Quanto à postura do psdb, que fique claro que no Brasil o que não é esquerda é centro-esquerda.
    Não tenhamos falsas esperanças. Isso aliás nem é de agora. Na época de Vargas, a intentona comunista, desde aquele tempo a esquerda já gritava alto por aqui. Quem já leu o livro do Memórias do Cárcere, de Graciliano Ramos, pode bem lembrar. Os intelectuais já eram todos de ideologia comunista. Inclusive os presidentes eram incertos. Na época da guerra o próprio Getúlio era incerto de tudo. E a coisa tem se arrastado. Foi Carlos Prestes por muito tempo, depois veio o período de sessenta, quando o país todo estava contaminado e apaixonado por calça jeans e pelo Che Guevara. A coisa não é de agora. Não surgiu do nada. NÓS VIVEMOS NUM PAÍS, NO MÍNIMO, SOCIALISTA JÁ!
    Entremos em qualquer sala de aula de qualquer universidade, seja particular ou pública, seja um curso de pedagogia ou um de robótica (acho que nem temos aqui isso) e verás o domínio absoluto das ideias progressistas; visite qualquer seminário religioso e verás o papel social sobrepondo-se ao espirituoso; pegue qualquer jornal e conte quantas vezes você vai encontrar a palavra social… Observem que não é nada do acaso. A cultura brasileira há tempos que é esquerdista. Aliás virou moda ser de esquerda. É até chique dizer que acha o bolsa família uma coisa maravilhosa, é até chique dizer que as cotas são uma forma de inclusão social fantástica. Do mesmo modo é profano dizer que quer ser rico; é profano dizer que estuda pra arranjar uma condição melhor, e em certas áreas como a minha que estudo (medicina) é caso de excomungação sonhar ao menos fazer uma especialidade que remunere melhor…
    Eu cansei de tudo isso já neste meu abençoado período da vida. Eu já declarei guerra aos esquerdistas, e quem aqui no blog se sentir ofendido, responda-me com argumentos inteligentes pois vou pra ganhar…

    • Minha escrita não é no sentido de estimular uma competição aqui no espaço, aliás tenho apreço e respeito pela maioria dos comentaristas. Refiro-me a uma minoria que usa de pretextos para vir com ofensas…

  8. Esse Álvaro Dias vinha há anos fazendo bons discursos de oposição e agora, de repente, dá uma dessa de apoiar um elemento petista. E da extrema esquerda.
    Será que ele está sofrendo alguma chantagem por parte da quadrilha do tipo daquelas que sofriam os políticos ingleses quando se descobria alguns de seus segredos de alcova?

Deixe uma resposta para Mauro Julio Vieira Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *