Uma conversa alegre e emocionante com Helio Fernandes

Vicente Limongi Netto

Foi com alegria que ontem recebi telefonema do nosso Helio Fernandes. Agradeceu as notas que fiz em diversos espaços, exaltando Millôr. Conversamos bastante, colocamos os assuntos em dia, conversa essencialmente particular, com lembranças dos nossos filhos.

Helio sempre perguntando pela minha filha Joana, torcendo pelo sucesso dela, onde estiver, trilhando o caminho que escolher. Evidente que Helio não esconde a imensa tristeza que tomou conta da sua vida e de dona Rosinha nos últimos meses, com a perda de dois filhos, Rodolfo e Helinho e o irmão dele, Millôr.

Quem sofre tanto assim, no coração e na alma, realmente precisa ser forte. Tem que ser cidadão forjado em lutas e batalhas memoráveis. Como é o caso de Helio Fernandes. Nesta linha, reiterei a Hélio que resista, que permaneça cada vez mais vivo e atuante entre nós.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *