Uma eleição de recordes

Fernando Rodrigues
Folha

Como a democracia brasileira é jovem, a cada eleição registram-se alguns ineditismos. Será assim amanhã, com a escolha do próximo presidente da República.

Se Dilma Rousseff (PT) ganhar mais quatro anos no Planalto, ela será a primeira mulher a conseguir tal feito. Estará também consignada uma outra lógica: presidentes que disputam a reeleição têm sucesso nas urnas. Foi assim com Fernando Henrique Cardoso, em 1998, e com Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006.

Em caso de vitória, Dilma governará até 2018, quando o PT completará 16 anos no poder. Nunca na história verdadeiramente democrática do Brasil um único partido comandou o país por tanto tempo.

Na hipótese de Aécio Neves (PSDB) ganhar, sua vitória significará a chegada ao poder do primeiro político que fez carreira majoritariamente no Brasil pós-ditadura. Seria uma troca geracional relevante num país que muitas vezes vive mais do passado do que do presente ou do futuro.

ELEIÇÕES EM SI

Mas o maior recorde talvez seja a realização das eleições em si. Apesar do clima beligerante entre os candidatos a presidente, não há dúvidas na sociedade a respeito da lisura da disputa –o nível de fraudes ou urnas com defeito fica sempre perto de 0,5% do total.

Tampouco se coloca em dúvida a solidez das instituições: ganhe quem for, tomará posse no dia 1º de janeiro de 2015. Nessa data, escrevo isso sempre e acho importante repetir, o país terá realizado sete eleições presidenciais diretas consecutivas com a posse do eleito. O fato é único na história brasileira.

O aspecto negativo da atual corrida presidencial fica para o quadro político fracionado que vai emergir na segunda-feira. O próximo presidente terá enormes dificuldades na construção de algum consenso. É um desafio que nenhum dos anteriores enfrentou e será mais um teste sobre o grau de maturidade da democracia local.

8 thoughts on “Uma eleição de recordes

  1. Já na minha vida que não é tão curta,nunca vi tanta besteiras escritas em diversos veículos de comunicação.Por favor não acreditem nessa turma do PSDB,eu não esqueço,quando o aposentado mor Fernando Henrique disse “os aposentados são vagabundos” esse povo tem memória curta,portanto cuidado eles podem acabar com a previdência deste país ,caso vençam.Eles tem ódio de pobre,só tem rico na sua campanha,deixo de enumera-los pois faltaria espaço.

  2. Ora, por favor, comentarista, os grandes financiadores de ambas as campanhas são OS MESMOS, quero dizer, os bancos, as empreiteiras e as multinacionais aqui instaladas. No blog não tem afiliados de PSDB ou desses cartórios que só funcionam em determinados períodos para a farsa eleitoral. Apenas um punhado de fascistas desbocados inexpressivos e pessoas que não gostam pessoalmente do Lula e da Dilma ou por terem sido enganadas por suas promessas. Quanto aos aposentados, tanto FHC como LULA os ferraram. A diferença é que o FHC não anestesiou e doeu mais, daí sua lembrança com aquela tirada de que aposentado era vagabundo. Todas essas autoridades executivas brasileiras há décadas que se encastelam em Brasília, circulam em carros fechados cercados de seguranças agressivos. Nos últimos anos ,nem seus subordinados comissionados chefetes de quinta categoria se dispõem mais a atender pessoalmente ou por telefones demandas e reclamações justas da cidadania instruída, quanto mais descerem de seus pedestais para conhecerem por conta própria o dia a dia do povão sofrido. Só atendem representantes de bancos, empreiteiras e multinacionais, sempre subservientemente e para lhes concederem benefícios rápidos, como isenções fiscais às montadoras, por exemplo. Querem, ultimamente, até que o lavrador, o morador de rua ou miseráveis formulem suas demandas, as acompanhem e tirem suas dúvidas por E-MAIL, para poderem deletá-las com um clique e ignorá-las. Vivem todos eles em outro mundo, distanciados da realidade e insensíveis na prática aos problemas que afligem o povo. Só aparecem para faturar com discursos ocos e promessas vãs em cima de calamidades públicas, desgraças E COM A PRESENÇA DA MIDIA.

  3. É simplesmente nojento vê pessoas sem nenhum compromisso com a ética, com a moral querendo desqualificar reportagens que não vão ao encontro de seus ideais políticos e interesseiros.
    Para estas pessoas o que vale é o que está escrito nos éticos blogs do 247, do Nassif, do Paulo Henrique Amorim e semelhantes.
    Diz o “cidadão” acima, que repórteres que assim procedem, isto é, mostrando o proceder antidemocrático do partido que se especializou em destruir reputações, são venais , calhordas, recalcados e ignorantes( dá para rir, não? ).
    Para este “cidadão”, éticos são aqueles que assaltaram os cofres do erário.Éticos, são aqueles petistas que se encontram cumprindo pena.Ético, é o Lula que levava a amante para passear com ele usando o avião presidencial.Ético, é a Dona Dilma ,que comprou uma mansão avaliada em 5 milhões , provavelmente com o dinheiro sujo da Petrobras.
    Venais, calhordas, recalcados e ignorantes, são todos aqueles que defendem a quadrilha comandado pelo Lula, assessorados por Dilma e seus asseclas.

  4. CUIDADO com a urna eletrônica BRASILEIRA ! ! ! Sem aferição, sem conferência.

    Números malandros, VENAIS, são apresentados para dissimulação do que pode vir.

    Trocar voto nulo, branco e de um determinado número por um outro número NÃO É inexequível.

    CUIDADO com os que dizem: Também Somos Enganadores !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *