VARIADAS, com Eduardo Paes “fechando” e “reabrindo” a Avenida Rio Branco, e as obras do Maracanã que não começam por falta de licença.

Quando o incompetente, omisso e basbaque (nada a ver com babaca, não frequenta o meu dicionário) Eduardo Paes anunciou, “vou fechar a Avenida Rio Branco e transformá-la no maior parque aberto do mundo”, critiquei-o como merecia: d-u-r-a-m-e-n-t-e.   XXX   Levou mais de dois meses sem qualquer providência, voltou ao noticiário, dizendo: “O projeto para fechar a Avenida Rio Branco (aberta e inaugurada em 1905, como Avenida Central, pois era exatamente isso) está sendo preparado”.   XXX   Aí me revoltei, afirmei me dirigindo ao senhor Eduardo Paes: “Esse projeto é inútil, está gastando dinheiro do contribuinte, e JAMAIS, JAMAIS (repeti para ficar bem conclusivo e elucidativo) poderá ser executado.   XXX   Perguntei para onde desviarão o trânsito de dezenas de milhares de carros, que passam por ali todos os dias?   XXX   Perguntei também: “E todas as transversais da Rio Branco, terão os carros desviados para onde?   XXX   Agora, o prefeito basbaque anunciou: Estamos desistindo do projeto de fechar a Avenida Rio Branco”. Só isso, operação sem anestesia?   XXX   Para aproveitar o espaço: as obras de adaptação do Maracanã ainda não começaram, “por falta de licença da Prefeitura. Ha!Ha!Ha! O Maracanã era Estádio Municipal, passou a ESTADUAL, quando o “presidente” Geisel cumpriu sua ideia desavisada e tremendo retrocesso de fazer a FUSÃO da Guanabara com o Estado do Rio.   XXX   A mesma coisa aconteceu com o Teatro Municipal, que ainda é e será sempre chamado assim, foi transformado em ESTADUAL.   XXX   Resumindo: ninguém sabe quem manda no Maracanã e no Teatro. Mas uma coisa é certa: o prefeito (e o governador) correm o risco de serem DEMITIDOS pela FIFA, se o estádio não ficar pronto.   XXX   Porque Eduardo Paes e cabralzinho não dão licença para uma obra que está na área executiva dos dois.   XXX
This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *