VARIADAS, com Sarney, Renan e Temer, Serra e Covas, Dona Marta e Dona Dilma, tesoureiro do PT sem novidades, Cabralzinho e seu governo de muletas.

Sarney, cujo mandato vai até 2014, se considera garantido como presidente do Senado, na próxima legislatura.  *** Só que existe um grande obstáculo: Renan Calheiros. Se considera reeleito, e quer cargo de projeção. Se “perder” o ministério da Justiça para o vice Michel Temer, acha que volta certo como presidente do Senado.  ***  Serra tem dito a alguns: “Vou repetir meu amigo Mario Covas na eleição para governador de São Paulo em 1998”. O que ele quis dizer com isso?  ***   Eram três candidatos a governador: Marta Suplicy, Covas, Maluf. Dona Marta desapareceu logo em terceiro. Covas ficou em segundo, Maluf ganhou o primeiro turno.  ***  Veio o segundo, o eleitor se conscientizou, votou em Covas, que se elegeu.  ***  Serra quer fingir que pode perder para Dilma no primeiro turno e ganhar no segundo. Não existe uma possibilidade em um milhão disso acontecer, embora a ruína para o Brasil, rigorosamente a mesma.  ***  Dos jornalões; “A Justiça bloqueia contas do tesoureiro do PT”. Isso não é notícia, só valeria o registro se suas contas ficassem livres.  *** Serginho cabralzinho está andando de muletas, exatamente igual ao próprio “governo”.  **  O que já perguntei aqui e repetem em São Paulo; “Por que o presidente da Fiesp é socialista?”  ***  Nova indagação que recebe gargalhada como resposta: “Por que Paulo Skaf mantém a candidatura, com apenas 1 por cento dos votos, em todas as pesquisas”?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *