Verdades arrasam as mentiras e destroem a sinistra tese que Goebels tanto propagou

Gorilando - Um blog DGorilaz!: As Armas Brancas de Hitler e Goebbels.Pedro do Coutto

Ao tomar posse na presidência dos EUA Joe Biden afirmou ser preciso derrotar as mentiras e defender a verdade e a liberdade. Deixou no ar uma resposta às mentiras ditas por Trump inspiradas no falso princípio do nazista Goebbels de que a mentira repetida seguidas vezes transforma-se em verdade.

Na minha opinião a mentira não se sobrepõe a verdade, pode apenas produzir efeito em fanáticos como os nazistas e integrantes das direitas alucinadas. A reportagem sobre o pronunciamento de Biden é de Marina Dias, FSP de quinta-feira.

DISSE BIDEN – “Aprendemos mais uma vez – que a democracia não comporta atitudes extremistas que se propõem atingir o regime democrático”, disse o presidente americano, referindo-se aos acontecimentos das últimas semanas como manifestações de fundo radical e subversivos.

“Mas a democracia prevalecerá. Precisamos acabar com essa guerra incivil. Cada um de nós tem um compromisso com os ideais de nossa história desde sua independência até hoje. Vamos cumprir nossa constituição e o destino dos EUA”, acrescentou.

Penso que a tese do nazista Goebbels era e continua sendo falsa através da história. Goebbels era um fanático dirigindo-se a outros fanáticos nazistas, tentando também fanatizar correntes políticas de modo geral.

SEM FUNDAMENTO – A frase que Goebbels proferiu como um tipo de orientação para impulsionar os desavisados não resiste à menor análise. Pode ser aplicada apenas a um grupo predisposto a torpedear a lógica e o próprio pensamento humano.

Conheci ao longo do tempo pessoas que agiam na esteira do extremismo da direita. Deve-se assinalar que a tentativa de fanatizar pertence também à extrema esquerda. Ocorre, entretanto, que o extremismo da esquerda desapareceu ao longo dos anos. Mas o extremismo da direita está perigosamente vivo e até o dia 20 teve Trump como seu maior líder e porta-voz.

Aliás, apenas porta-voz, não. Incitou a invasão do Capitólio, que foi manifestação direta de um fanatismo voltado para manchar o resultado das urnas de novembro.

9 thoughts on “Verdades arrasam as mentiras e destroem a sinistra tese que Goebels tanto propagou

    • Esta é a herança do monstro Trump, que conviveu com a Covid-19 por quase um ano.
      Conversaremos daqui a uns seis meses, pelo menos a metade do tempo da convivência do Trump com o vírus.

      Aliás, o Trump vira sinônimo de “idiot” no Google Images.
      Ele ironizava, fazia piada, um autêntico negacionista e, provavelmente, deve encarar um impeachment.

      Roteiro completo.
      Qualquer semelhança é mera coincidência.

  1. O extremismo da esquerda arrefeceu entre nós porque ela foi alijada do Poder. Odeio todo tipo de extremismo, seja ele de que tipo for. É impossível dialogar com radicias, com extremistas, a verdade sempre é a deles, ou aceitamos ou somos cancelados como se diz hoje.

  2. Goebels pregava aos seus 11 princípios, verdadeiros dogmas a serem seguidos para fanatisar o povo.
    Este da mentira era o terceiro princípio.
    A Globo ( que só agora passou a ser lixo), usa todos os 11 princípios para conseguir seus intentos.

Deixe uma resposta para vicente limongi netto Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *