“Vice não apita e atrapalha muito”, diz Bolsonaro sobre o general Mourão

Resultado de imagem para mourao

Charge do Amarildo (amarildo.com)

Deu na IstoÉ

Em entrevista ao apresentador José Luiz Datena, da TV Bandeirantes, nesta sexta-feira (28), o candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, rebateu as falas de seu vice, o general Hamilton Mourão, sobre o 13º salário e outros direitos trabalhistas. “O vice geralmente não apita nada, mas atrapalha muito”, falou Bolsonaro que aproveitou ainda para afirmar que pediu a Mourão para se calar após a repercussão negativa de seu discurso. “Falei, sim, para ele ficar quieto. Afinal de contas, está atrapalhando realmente.”

Bolsonaro reafirmou que não confia nas urnas eletrônicas e disse que não aceitará nenhum resultado que não seja a sua vitória. “Estou desconfiando de alguns profissionais dentro do TSE”, disse Bolsonaro em tom de crítica à Raquel Dodge que se posicionou contra o voto impresso.

“A grande maioria do povo brasileiro é honesta, trabalhadora e conservadora. Vamos fazer um governo com a vontade de Deus. Não haverá segundo turno”, disse o candidato do PSL.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGMourão, que é candidato da Piadista do Ano, disse que Bolsonaro não se aborreceu com ele e não o proibiu de dar novas entrevistas. Mas ninguém acreditou, é claro, nem riu da piada do general da banda. (C.N.)

7 thoughts on ““Vice não apita e atrapalha muito”, diz Bolsonaro sobre o general Mourão

  1. “Defiro a liminar, ad referendum do Plenário, com fulcro no art. 4º da Lei n.º 8.437/92, para suspender ex tunc os efeitos da decisão proferida nos autos da Reclamação n.º 32.035, até que o colegiado aprecie a matéria de forma definitiva. Por conseguinte, determino que o requerido Luiz Inácio Lula da Silva se abstenha de realizar entrevista ou declaração a qualquer meio de comunicação, seja a imprensa ou outro veículo destinado à transmissão de informação para o público em geral. Determino, ainda, caso qualquer entrevista ou declaração já tenha sido realizada por parte do aludido requerido, a proibição da divulgação do seu conteúdo por qualquer forma, sob pena da configuração de crime de desobediência (art. 536, § 3º, do novo Código de Processo Civil e art. 330 do Código Penal). Intimem-se com urgência, por meio eletrônico ou outro que garanta máxima celeridade, a 12ª Vara Federal de Curitiba, o Superintendente da Polícia Federal no Paraná, a Empresa Folha da Manhã S.A., Mônica Bergamo e o Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Dê-se ciência à Procuradora-Geral da República. Publique-se. Intimem-se.”

  2. Mourão não é piadista, Sr. CN, o Bolsonaro quer fazer exatamente o que ele e o Paulo Guedes disseram, não sabemos se vai conseguir.

    Para não conseguir no dia da eleição

    #ELENÂO

  3. Prova cabal da zona que é esta coligação .
    prova cabal de um projeto recessivo , com intuito de castrar direitos adquiridos pela sociedade e garantidos pela constituição .
    Prova cabal que tal projeto é simplesmente continuação do já implantado por Temer .
    Prova cabal do alinhamento destes capitães do mato com seus senhores feudais .
    Prova cabal que se depender deles o trabalhador estará f…
    Ainda bem que já perderam o pleito !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *