Vice-procurador-geral da Repblica coloca Marco Aurlio Mello sob suspeio

TSE despede-se do vice-procurador-geral eleitoral, Humberto Jacques de  Medeiros  Tribunal Superior Eleitoral

“H convivncia da ordem jurdica com o crime”, diz Jaques

Rayssa Motta, Pepita Ortega e Fausto Macedo
Estado

Ao tomar conhecimento da deciso do ministro Marco Aurlio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que autorizou a soltura de Andr Oliveira Macedo, o Andr do Rap, a Procuradoria Geral da Repblica (PGR) logo reagiu e entrou com recurso na Corte para derrubar a liminar. A resposta do presidente da STF, Luiz Fux, veio tarde demais: o homem forte do Primeiro Comando da Capital (PCC) na Baixada Santista, condenado a penas que somam mais 25 anos por trfico transnacional, j havia deixado a Penitenciria de Presidente Venceslau, no interior paulista.

Procuradores negam omisso no caso Andr do Rap e criticam Marco Aurlio por posio isolada ao julgar renovao de prises preventivas

DE VOLTA AO PCC – Entre os argumentos usados pela PGR para pedir ao Supremo o restabelecimento da priso, esteve sobretudo o risco de que Andr do Rap pudesse retomar o comando da faco criminosa.

O crime organizado, nem mesmo com a priso de seus lderes, facilmente desmantelado. O que dizer com o retorno liberdade de chefe de organizao criminosa?, questionou a Procuradoria. A liberdade significa, no caso, asseverar que h uma ordem pblica e jurdica em convivncia com uma ordem criminosa, econmica e poderosa, cujas instituies falecem em deter, diz outro trecho do recurso assinado pelo vice-procurador-geral da Repblica, Humberto Jacques de Medeiros.

ESFORO HERCLEO – No documento, a PGR expe ainda o histrico do suposto traficante e relembra o trabalho rduo, ou esforo hercleo, nas palavras do vice-procurador, empreendido pelas autoridades para captur-lo. Antes de ser preso, em setembro do ano passado, Andr do Rap passou cinco anos foragido.

DISSE FUX – Quando o sistema judicial consegue agir e encarcerar dirigentes elevados da empreitada criminosa, decreta-se a priso preventiva de seus mais influentes e decisivos comandantes. () O retorno liberdade de agentes de poder econmico e criminal faz pairar dvida a todos sobre a capacidade do Judicirio, do Ministrio Pblico e da Polcia de restaurarem o imprio da lei e alcanarem todos os faltosos, argumenta a PGR.

Ao atender o pedido, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, determinou a volta imediata de Andr do Rap priso. No despacho, Fux afirma que a soltura compromete a ordem e a segurana pblicas.

7 thoughts on “Vice-procurador-geral da Repblica coloca Marco Aurlio Mello sob suspeio

  1. Suspeio? Em qualquer pas civilizado ele estaria na cadeia. inaceitvel o que ele fez : soltou o traficante criminoso poderoso e ainda gozou da nossa cara com seus trejeitos antipticos. Nem na Terra do Nu, em que todo mundo toma ch de erva cidreira, ele ficaria impune.

  2. A vaidade extrema dos ministros do STF um dia iria faz-los cair diante de suas prprias presunes, arrogncias e prepotncias.

    Mello sempre foi o mais afetado de todos, pedante, autoritrio, escravo da liturgia jurdica.
    At mesmo o jeito que fala – parecendo que veio correndo para o plenrio – de uma pessoa que precisa ter algo de especial consigo, diferente, ento fala pausadamente, irritando quem lhe ouve durante as sesses do STF.

    Lembro-me da bronca que deu numa jovem advogada publicamente; depois rejeitou o convite de uma solenidade porque o emissrio no lhe estava altura da sua hierarquia, ento no poderia se comunicar diretamente com um ministro.

    Mello apenas no imaginou a repercusso que a sua atitude inconsequente iria produzir!
    Ora, tal comportamento reduziu mais ainda a confiana que se tem do Supremo, a ponto que se discute a possibilidade de algo estranho ter facilitado o deferimento do HC.

    O ministro deveria negociar a sua aposentadoria para evitar ser punido merecidamente.
    Evitaria macular a sua folha de servios, e iria para casa descansar, e com seus proventos milionrios garantidos que, ao fim e ao cabo, o que interessa!

    Que esta republiqueta t virada do avesso, t mesmo!

  3. Porque j no foram indiciadas as investigaes ao Marco Aurlio?
    Qualquer professional que errase dessa maneira seria questionado pelo Conselho correspondente da classe e perderia o direito de exerccio profisso.
    O Brasil , isto o nosso povo, j paga um preo altssimo por causa da corrupo do aetor pblico e da bandidagem que domina o pas de norte a sul, e agora, a propria justia, em vez de trabalhar para minimizar as perdas do povo, resolve promover o aumento da impunidade, atravs de Marco Aurlio que deve ter se matriculado na escolinha do Gilmar Mendes.
    Como isso vai acabar?

  4. O STF um rgo colegiado. Soberano o plenrio.
    Cada juiz tem a sua convico. H os garantistas e os modernistas. Daqui a pouco teremos os evangelistas terriveis.
    O eminente presidente, ficou por mais de um ano, protelando uma deciso sobre os penduricalhos dos juzes, que dentre outras vantagens recebiam auxlio moradia mesmo tendo casa ou apartamento na Comarca de sua atuao.
    No deveria existir pedido de vista, recurso para protelar uma deciso.
    Tenho por norma de conduta, respeitar as decises judiciais, por mais exdruxulas. Ao advogado, ao procurador, cabe o recurso para rever.
    O presidente do STF restabeleceu a priso, logo ser capturado e trancafiado.
    preciso conhecer a razo dos deputados, para colocarem esse jabuti da reviso da priso preventiva de 90 em 90 dias. Essa a razo de tudo isso estar acontecendo. Apavorados com o alcance da Lava-jato sobre a casta podre do Legislativo, mudaram o texto do Pacote Anti-crime do ex ministro Moro.
    O ministro Marco Aurlio seguiu o texto da Lei, seguindo sua convico garantista. Se deixou de considerar o Princpio da Razoabilidade, um tema para discusso ampla. Salutar sobre todos os sentidos.
    Poderamos ir alm e discutir o Princpio da Igualdade, da Eficincia, do alcance das normas legais para todos os cidados. Porque hoje, as decises judiciais punem com rigor os pobres e so brandas para os ricos e amigos do Poder.
    Os exemplos so de grande monta, que seria at enfadonho enuncia-los.
    Para os que iro perguntar: E os fatos? Respondo que esto nos jornais diariamente.
    A preguia de ler domina a sociedade das fake news.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.