Votar nulo, em branco ou se abster são decisões equivocadas

Carlos Newton

No desespero com a progressiva decadência dos três poderes da República, muitos brasileiros defendem uma renovação radical da classe política. Uns pretendem invalidar as eleições através do voto nulo ou em branco, outros defendem a abstenção e há também quem sugira que não se reeleja nenhum político, votando-se apenas em quem jamais disputou eleição.

Alguns acham que, se a maioria anular o voto, votar em branco ou se abster, a eleição será automaticamente invalidade, mas isso não é verdade. Nenhuma eleição jamais será invalidada por votos nulos, em branco ou abstenção massiva. Se houver apenas um voto, ele será válido e o resultado da eleição estará confirmado.

Na forma da lei, infelizmente a nulidade da votação somente ocorre em casos muito especiais, com ocorrência de fraude ou erro essencial de organização.

UMA DECEPÇÃO ENORME

Entende-se perfeitamente a decepção desses brasileiros. Realmente, é muito duro suportar tanta falta de espírito público, tanta corrupção e tanta impunidade, em meio à progressiva segregação de grande parte da população brasileira, que necessita dos serviços públicos de saúde, educação, saneamento e transportes, mas continua eternamente desassistida.

Veja-se o caso da saúde pública, por exemplo. Os governantes conseguiram dividir os brasileiros em duas classes – os que têm planos de saúde e os que não têm. Mas há, ainda, mais uma subclasse, formada pelos segurados de planos de saúde que não funcionam, fazendo com que o suposto beneficiário acabe tendo de recorrer aos hospitais públicos.

Na educação, formaram-se as mesmas classes, dividindo os brasileiros entre os que têm escola particular e os que necessitam da escola pública, havendo também a subclasse dos que se sacrificam para colocar os filhos em colégios particulares que também quase nada ensinam.

REALIDADE MASSACRANTE

É diante desta realidade incontestável e massacrante que muitos brasileiros perdem a confiança nas eleições, por entenderem que votar não significa nada. É verdade, muitas eleições não mudam nada, mas não se pode aceitar esse posicionamento autodestrutivo de brasileiros conscientes, porque a eleição é nossa única arma.

Se os brasileiros conscientes desistem de votar, os únicos beneficiados são os políticos profissionais, que já têm seus feudos. Quando votamos nulo, em branco ou quando deixamos de votar, os corruptos ficam cada vez mais fortalecidos.

Por tudo isso, fica claro que os brasileiros conscientes não podem se omitir nas eleições. Pelo contrário, precisam participar e influir para que os melhores candidatos (ou os “menos piores”, como diz o comentarista Théo Fernandes) sejam eleitos. Pensem nisso.

11 thoughts on “Votar nulo, em branco ou se abster são decisões equivocadas

  1. Nas proporcionais lhe dou razão, porque aí é bem possível que o eleitor encontre um candidato, senão totalmente, pelo menos em boa parte afinado como sua posição política ou mesmo profissional. Mas, numa majoritária, principalmente de segundo turno PRESIDENCIAL aqui entre nos, entra a questão de consciência e vergonha na cara. Se o eleitor conhece-os bem e está plenamente consciente que eles não corresponderão às suas expectativas, por que se acumpliciar com um deles contra sua própria consciência? Isso vale para qualquer sistema em qualquer país, porque todos, ou vá lá, quase todos exceto a R.P.D. da Coréia, têm sistemas eleitorais para escolhas de seus dirigentes DENTRO DE SEUS SISTEMAS POLÍTICOS E ECONÔMICOS DOMINANTES. Suponhamos que você seja um norte americano ou cubano e viva nos EUA ou em Cuba e discorde, respectivamente dos democratas/republicanos ou do PC Cubano que apresentam essencialmente os candidatos afinados aos sistemas , você votaria em um deles ou anularia seu voto? No caso das majoritárias brasileiras estaduais e municipais, até que concordo com você, porque aí serão MEROS GERENTES ADMINISTRATIVOS LOCAIS.

  2. Caro Sr. Newton, hoje é o DIA “D”, infelizmente, não temos candidato plenamente confiável para por o Brasil no “Ordem e Progresso”, esse menos pior, explico: FHC, se o Sr. Aécio, lhe der “ouvidos”, tudo continuará como dantes do Quartel de Abrantes.
    Seu artigo, ótimo, esclarecedor, infelizmente, é a verdade “nua e crua”.
    A Saúde e Educação, BASE DE UMA NAÇÃO SADIA, estão no “CAOS”.
    Aqui no Estado do RJ, Pezão, com processos e condenado por improbidade, representa a continuidade de Cabral corrupto, e o menos pior: Crivela, tem o tio que enriqueceu vendendo o Céu, com ameaça do inferno, e continua comerciando, só que o Inferno está na consciência, bem como o céu.
    Nesses 26 anos de falsa democracia, que chamo de “DEMOCRADURA” democracia com ditadura, os governos civis, torturam e matam milhões, mais que a ditadura militar, é só olhar a Imprensa, sem “pre-conceitos”, é mãe parindo filho na porta da maternidade, tendo como parteiro 2 garotos-soldados-militares, que poderiam estar presos, se o bebê tivesse morrido, a mãe ou ambos, cardíacos morrendo na porta do Hospital Laranjeiras, e as pseudas autoridades, com justificativas cretinas, diariamente os jornais, denunciam o CAOS.
    Em meus 85 anos, nunca vi tanta falta de caráter e escrúpulos das chamadas autoridades, que já não se contentam a roubar milhões, já adentraram na casa dos bilhões, Petrolão não nos deixa mentir.
    Como Cidadão – Contribuinte – Eleitor – (Helio Fernandes), Indignado, tenho mais de 60 denuncias a 10 autoridades, 3 em Brasília e 7 no Rio, e o que acontece:NADA, continuo por DEVER DE CONSCIÊNCIA, por crer na mensagem de 2 mil anos: “A cada um segundo suas obras” e “Pagará até o último ceitil”, além túmulo, pois a VIDA CONTINUA, creiamos ou não, são LEIS CÓSMICAS.
    Sr. Newton, façamos nosso papel de “Amor ao próximo” e termos o DIREITO de rogar ao Senhor do Universo, sua MISERICÓRDIA.
    A PRECE “DEUS” DE RUI BARBOSA, DEVERIA SER LIDA E SENTIDA POR TODOS OS BRASILEIROS.

  3. CUIDADO com a urna eletrônica BRASILEIRA ! ! ! Sem aferição, sem conferência.

    Números malandros, VENAIS, são apresentados para dissimulação do que pode vir.

    Trocar voto nulo, branco e de um determinado número por um outro número NÃO É inexequível.

    CUIDADO com os que dizem: Também Somos Enganadores !!!

  4. Não temos saída desta m… em que nos colocaram, aos brasileiros:
    Ou volta o poder a quem fez a m… original, FHC e seus cupinchas, Aécio na cabeça, ou permanece o poder com quem já deveria ter limpado esta m… e não o fez, Lula e seus cupinchas, Dilma na cabeça.
    Que decisão de m… vamos ter que tomar!!!

  5. Quem votar precisa ter responsabilidade sob o candidato escolhido. Como eu sei que não há opção decente, vou votar NULO. É que não quero ser cúmplice no novo presidente. Lembre-se: aquele que votar no vencedor estará endossando as atitudes do novo presidente. Logo, também é responsável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *