Witzel e a mulher serão ouvidos na Polícia Federal como investigados na operação

Helena Witzel, durante a campanha de 2018, ao lado do marido Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

Helena, mulher de Witzel, assinou contrato com empresa investigada

Paulo Cappelli
O Globo

O governador Wilson Witzel prestará depoimento à Polícia Federal como investigado no âmbito da Operação Placebo, que apura o desvio de recursos públicos na Secretaria Estadual de Saúde e apreendeu nesta terça-feira (26) documentos e celulares na casa de Witzel.

O ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou “oitiva imediata” do governador, da primeira-dama, Helena Witzel, do ex-secretário de Saúde Edmar Santos e de mais quatro investigados.

DEPOIMENTO À PF – “Delego a competência investigativa para a Polícia Federal proceder (…) a oitiva imediata dos investigados Wilson Witzel, Helena Alves Brandão Witzel, Helena Witzel Sociedade Individual de Advocacia, Edmar Santos, Gabriell Neves, Fernando José de Oliveira Fernandes, Cláudio Alves França e Luís Cláudio Costa Duarte e demais agentes envolvidos nas contratações mencionadas ao longo dessa peça processual.”

Procurada, a assessoria da Polícia Federal informou que, embora o despacho do STJ determine “oitiva imediata”, ainda não foi estipulada uma data para o depoimento de Witzel.

CONTRATO COM OPERADOR – A decisão do ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça, de expedir 12 mandados de busca e apreensão na Operação Placebo se baseou em dois fatos conhecidos durante as investigações.

Durante a Operação Favorito, foi encontrado um contrato entre o escritório de advocacia da primeira-dama, Helena Witzel, e a empresa DPAD Serviços Diagnósticos Limitada, que possui como sócio Alessandro de Araújo Duarte, apontado como operador do empresário Mário Peixoto. Na decisão, também são citados depósitos feitos em nome da mulher do governador.

O ministro Benedito Gonçalves citou ainda em sua decisão um almoço entre Mário Peixoto e o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão, revelado pelo Globo na semana passada.

16 thoughts on “Witzel e a mulher serão ouvidos na Polícia Federal como investigados na operação

  1. Guerra de quadrilha.

    A quadrilha bolsonarete quer a derrubada da quadrilha Witzel.

    O mais hilário é que a Globo também quer a queda da quadrilha Witzel!

    Isso porque a Globo, que apoia a esquerda identitária, que também quer a queda da quadrilha do Witzel, trabalham constantemente para manter a polarização Bolsonaro x Lula; Lulismo x Bolsonarismo, até 2022.

    Globo (identitários) e Bolsonaro trabalhando juntos!

    Quem diria!

  2. WOOOOOOOOOOW!!!!!!!!!!!!!!

    Só mesmo num país como o nosso tem energúmeno capaz de aproveitar uma pandemia pra roubar dinheiro público, não?

    Já não bastasse os jumentos negacionistas da “gripezinha/resfriadinho”, tem os ladrões/proxenetas da desgraça alheia, hein?

    Brasil, República dos Bananas (essa frase fazia tempo que eu não escrevia, he he he)

  3. A ministra Damares Alves chegou perto de sua premonição, exposta no chiqueiro ministerial do dia 22 de abril, de que governadores e prefeitos iriam ser presos.

    A era Sergio Moro torceu e deformou Ministério Público e a Polícia Federal e, agora, quem deles têm o controle é Jair Bolsonaro,

    E, por trás deles, como uma sombra ameaçadora, Forças Armadas que estão usurpadas por um grupo de generais que se prestam a um papel de operarem como balconistas de cargos para dar a segurança ao presidente de que não haverá impedimento pelos meios legais, comprando um tampão de deputados que o evitem.

    De outro lado, continua a operar, cada vez com menos disfarces, o SMI – “Serviço Miliciano de Informações” – dos Bolsonaro, com Flávio Bolsonaro dizendo que um ‘tsunami’ que está por vir contra o governo de Wilson Witzel.

    O Estado brasileiro está inteiramente aparelhado pelo projeto estúpido-autoritário de Jair Bolsonaro e ninguém, seja quem for, está livre da ofensiva da máquina policial que, antes com Moro e agora com Jair, é quem define os rumos do país.

    https://bit.ly/3ejmYNd

  4. Quem quiser “digladiar”, pode ficar a vontade, porque o editor vai estar descansando; sem comentar, nem censurar comentários.

    PS; Mas, vamos dar uma colher de chá; pois, o blog do C.N é uma Brastemp (não tem medo de comentários); diferente de outros blogs (que tem roupa mal lavada) sem comentários (com trocadilho). https://www.oantagonista.com/brasil/bolsonaristas-atacam-a-brastemp-no-twitter/?utm_source=oa-site&utm_medium=home&utm_campaign=maislidashome

  5. O novo chefe da Polícia Federal publicou hoje, poucos dias depois de assumir, 99 portarias de uma só vez, preenchendo 16 páginas do Diário Oficial. Cada portaria muda de um a cinquenta ocupantes de cargos, modificando a composição da PF de alto a baixo em todo o país. São centenas de alterações de uma só vez.

    Este projeto não pode ter sido concebido em alguns dias. Já estava pronto.

    Bolsonaro pode ter transformado a PF em polícia particular.

    Cesar Banjamin

    Ministério da Justiça modifica centenas de cargos e diretorias da PF

    São 99 portarias com as novas nomeações, que se perdem em contas, que assumem agora a Polícia Federal

    Veja a íntegra dessas mudanças

    https://bit.ly/36wwjP3

  6. E AINDA HÁ QUEM DEFENDA A DEMOCRACIA BURGUESA A DEMOCRACIA REPRESENTATIVA QUE SÓ ATENDE A 1% DA POPULAÇÃO,ESSAS ESTRUTURAS ESTÃO PODRES O PODER METE A MÃO NO DINHEIRO FRUTO DO NOSSO TRABALHO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *