Zico: o ídolo e o desafio

Jamais quis ser treinador do Flamengo. Exerceu a função em vários países. Se aceitasse ser subordinado a uma porção de gente, com duas ou três derrotas, acordaria demitido.

Agora está absoluto, grande decisão, visão e desprendimento de Patricia Amorim. Amanhã dará entrevista coletiva, mostrará por onde começará. Técnico, planos, jogadores, tudo será escolhido e comandado por Zico. Reviravolta sensacional e positiva.

A decisão do basquete
não pode ser em Brasília

Flamengo e Brasília, disputam mais um título, o quarto jogo será no Rio. Quem joga em casa está ganhando, todos os 3 jogos foram decididos nos segundos finais.

A série deve ficar em 2 a  2, o último jogo teria que ser na capital. TERIA, não poderá SER. Depois do que aconteceu ontem, inacreditável, terá que ser num estado neutro;

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *