“A terceira via vai se fortalecer muito nesse processo eleitoral”, prevê Kassab, presidente do PSD.

Gilberto Kassab, atualmente presidente do PSD, é irmão de Renato Kassab; já Castelli Chuery é ex-tesoureiro do partido - Marcelo Camargo/Agência Brasil

“Lula e Bolsonaro já estão preocupados”, comenta Kassab

Pedro Ícaro
Correio Braziliense

A polarização política tomou conta das discussões entre parlamentares e na sociedade como um todo quando se fala das eleições de 2022. Por conta disso, muitos partidos, principalmente os de centro, têm se reunido para planejar um nome para concorrer como uma “terceira via”, fora da dualidade entre o ex-presidente Lula e Bolsonaro. O PSD defende a candidatura do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Segundo o presidente do PSD, Gilberto Kassab, o Brasil vive uma guerra política há muitos anos, e Rodrigo Pacheco têm uma vocação para a pacificação, possuindo o perfil adequado para que o país supere essa guerra. O partido apontou o nome do senador justamente pela boa imagem do parlamentar e sua boa formação, diz Kassab, que foi o entrevistado do programa CB Poder, na TV Brasília. Veja os principais pontos de entrevista, conduzida pela jornalista Denise Rothemburg:

Em entrevista ao Estado de Minas, o senhor disse que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, é o Plano A, B, e C para concorrer à Presidência da República. O que leva o senhor a ter tanta certeza que Pacheco será o candidato da terceira via?
Os ânimos vivem muitos acirrados, estamos há muitos anos vivendo uma guerra política no Brasil. Quem ganha as eleições quer acabar com seu adversário, quem perde as eleições torce para que o Brasil vá mal, quanto pior melhor. A democracia pressupõe justamente o contrário: ao fim das eleições, temos todos que dar as mãos para torcer e trabalhar por um Brasil melhor. O Rodrigo Pacheco mostrou que tem essa vocação para pacificação, como bom menino que é, ele tem o perfil adequado para que a gente possa superar esse momento muito triste.

Ele já disse sim à sua proposta?
Entendo que ainda é muito cedo para ele se manifestar, porque ele é presidente do Senado e tem compromisso de fazer a gestão do Senado. Essa deve ser a prioridade dele, sim. Existindo algum tempinho neste ano, muito possivelmente, ele terá condições de manifestar a sua posição. Não tenho dúvida nenhuma de que ele vai entender a importância da sua contribuição para o Brasil, emprestando seu nome para a candidatura que tem tudo para ser vitoriosa.

O senhor acha que a gestão da pandemia já tirou o presidente Jair Bolsonaro, por exemplo, de um segundo turno?
Não vou dizer que é a questão da pandemia em si. Se eu acredito que o Rodrigo Pacheco é o melhor candidato que o Brasil pode ter hoje para disputar as eleições, seria um grande presidente por conta do seu perfil de reunir o país, é porque eu acredito que, dos dois, pelo menos um estará fora do segundo turno. Acredito que tenha grandes chances de o presidente Bolsonaro não estar no segundo turno.

Tanto Lula quanto Bolsonaro criticaram a terceira via, o surgimento de um candidato de centro. Como o senhor vê essas críticas?
Posso dizer que a manifestação tanto do presidente Lula quanto de Bolsonaro encheu a todos nós de muito entusiasmo, porque é evidente que qualquer analista mediano, quando vê esse menosprezo que ambos tiveram pela terceira via, no fundo, a tradução correta é, ao invés de menosprezo, é preocupação. Acho que eles têm toda a razão de ter preocupação, porque, efetivamente, o Brasil quer uma alternativa, quer fugir desse enfrentamento, dessa guerra política, dessa torcida da parte dos adversários para que o país vá mal e dessa posição de governo que quer amassar, quer enfrentar, quer aniquilar seus adversários. A preocupação deles faz sentido, porque a terceira via vai se fortalecer muito nesse processo eleitoral.

Se saírem muitos candidatos nessa terceira via, o que pode acontecer é que essa terceira via se pulverize tanto que não consiga um espaço para chegar no segundo turno. O senhor não tem essa preocupação?
Lá na frente, haverá uma convergência, mas uma convergência natural. Na política não há datas, mas, com certeza absoluta, vai acontecer essa convergência. A naturalidade na política é o melhor caminho, a candidatura de proveta, nascida em gabinete, nunca deu certo no Brasil. Tenho certeza de que a naturalidade levará todos nós a estarmos juntos.

19 thoughts on ““A terceira via vai se fortalecer muito nesse processo eleitoral”, prevê Kassab, presidente do PSD.

  1. Se nossos políticos tiverem um pouquinho de bom senso, apresentarão uma forte união em torno de uma terceira via poderosa o suficiente para derrotar os dois bandidos que estão polarizando essa campanha. Alguém como Ciro ou Tebet, por exemplo. Realmente, se aparecerem muitos candidatos, haverá uma diluição dos votos e quem sairá ganhando será um dos dois marginais. JUÍZO !!!

    • Um idoso militar da reserva que deveria estar criando galinha ou brincando com os netos, travestiu-se de Rambo e ameaçou as eleições de 2022. Quase me mijei. De rir!

    • Basta. Chega dos me$mo$. Fora todo$. Tem mais jeito não, agora tem que ser de duas uma: piruá (continuísmo da mesmice), ou Pipoca (Revolução). NO BRASIL, OS 4 CAVALEIROS DO NOSSO APOCALIPSE HUMANO, SOCIAL E CIVILIZATÓRIO, na verdade, são 4 ditaduras que têm nomes próprios, a saber: partidária, militar, midiática e econômica, que vivem falando mal uma da outra e se engalfinhando pela supremacia entre as me$ma$ face aos poderes, e quando as quatro se juntam, sai de baixo, fuja para bem longe dela$, porque daí é chumbo grosso, é assalto quadruplicado ao erário, à mão armada, e a vítima é você, contribuinte. O PROBLEMA DELA$ é que, agora, ao que parece, doravante, ela$ estão querendo reduzir nós, povo brasileiro, à condição de trapos e farrapos, não obstante à nossa condição de vítimas, reféns, súditos e escravos das me$ma$, há 131 anos, ainda que fantasiados de cidadãos e cidadãs por ela$, cujas intenções, doravante, ao que parece, é triturar os nossos ossos, posto que não temos mais nada a lhes oferecer em termos de trabalho e carga tributária para sustentar as suas loucuras por poder, dinheiro, vantagens e privilégios, sem limite$, ao custo de Trilhões de reais, sendo o fundão eleitoral de R$ 6 bilhões apenas um aperitivo para as me$ma$, que operam à moda todos os bônus para ela$ e o resto que se dane com os ônus, estado de coisa$ essa$ que, no Brasil, já perdura por 131 anos, não obstante o prazo de validade vencido há muito tempo. PORTANTO, não estão mentindo os que dizem que existe uma tal BANDA PODRE dentro das forças armas tb, porque, na verdade, o conjunto da sociedade, ou o estado brasileiro, há 131 anos, encontra-se dividido em 3 bandas, a saber: BANDA Nº1, é a BANDA SADIA, a meu ver a mais bonita de todas, a que eu amo de paixão, pela qual eu dou a minha própria vida se necessário for, porque é aquela que desde a mais tenra idade vai à luta, honestamente, trabalha, estuda, cumpre com as suas obrigações, atua com dignidade e denodo na vida e na área de atuação que escolheu, que não tem medo de tirar as incógnitas da vida para dançar numa boa o bailão existencial, e que ama vencer os obstáculos da vida pelos seus próprios méritos; BANDA Nº2, essa é a pior delas, é a BANDA PODRE, formada por psicopatas loucos por dinheiro, poder, vantagens e privilégios, sem limite$, capazes de tudo e qualquer coisa para lograrem os seus intento$, conservá-lo$ ou ampliá-lo$, à moda todos os bônus para ele$, e o resto que se dane com os ônus; e, por fim, a BANDA Nº3, que é a BANDA VOLÚVEL, que é a banda de personalidade duvidosa, a que oscila entre as bandas n. 1 e n. 2, conforme as circunstâncias temporais e espaciais. E vc, a qual Banda vc pertence, qual é a sua “tribo” ? https://www.brasil247.com/poder/general-braga-netto-avisou-arthur-lira-que-nao-havera-eleicoes-em-2022-se-nao-houver-voto-impresso?fbclid=IwAR0KEQbmtk2FCvHSPbDqTpyLmciiuKmhvC2yox_L-dtkgJpjyXOnkh08juo

  2. 1) Claro, quem entende um pouquinho de política sem paixões sabe que a Terceira Via veio para crescer e talvez até ganhe…

    2) O futuro é Social Democracia, não necessariamente o PSD do deputado Kassab…

    • Justiça aceita denúncia e Kassab vira réu por corrupção passiva, lavagem de dinheiro, caixa 2 eleitoral e associação criminosa

      MP acusa ex-prefeito de São Paulo de receber R$ 16 milhões de propina do frigorífico JBS quando era ministro. Kassab disse, quando houve a denúncia, que valores são de pagamentos lícitos por serviços prestados e que irá provar ‘lisura’ dos atos na Justiça.

  3. Notem que os caciques dos partidos que se reuniram com os lobistas do STF para sabotar o PL do voto impresso, já têm a garantia de um 2º turno. Ou seja, os facinorosos sinistros do TSE (uma subseção do sistema do crime organizado) estão prontos para, mais uma vez, fraudar as eleições. No passado tinhamos os coronéis e seus “votos de cabresto”; hoje temos os sinistros do TSE e sua “apuração de cabresto”. Na democracia do sistema do crime organizado, o povo foi banido definitivamente das salas de contagem dos votos.

    • E com o Parlamentarismo do Poderoso Chefão da Máfia Tucanostra vai ser pior
      O eleitor que ousar passar na frente de uma seção eleitoral será imediatamente retirado do local a socos e pontapés…..

      Viva a Demo-cracia Brasileira….!!!

  4. Vão isto sim emporcalhar o nome terceira via, como sujaram o nome nova política canalhada sem-vergonha, cara de pau, psicopata, que não se dão por achados nunca, nem mesmo quando pegos com as leitoa$ nas costas. Que vão à merda todos os psicopatas e corruptos do sistema apodrecido. Tolerância zero contra a corrupção.

  5. Lembranças, nada mais…

    Justiça aceita denúncia e Kassab vira réu por corrupção passiva, lavagem de dinheiro, caixa 2 eleitoral e associação criminosa

    MP acusa ex-prefeito de São Paulo de receber R$ 16 milhões de propina do frigorífico JBS quando era ministro. Kassab disse, quando houve a denúncia, que valores são de pagamentos lícitos por serviços prestados e que irá provar ‘lisura’ dos atos na Justiça.

    https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2021/03/11/justica-aceita-denuncia-e-kassab-vira-reu-por-corrupcao-passiva-lavagem-de-dinheiro-caixa-2-eleitoral-e-associacao-criminosa.ghtml

  6. Confira os apelidos e a quem se referem:

    Abelha – Francisco Appio, ex-deputado estadual (PP-RS)
    Acelerado – Eduardo Siqueira Campos (DEM-TO)
    Aço – Wellington Magalhães, vereador (PTN-MG)
    Adoniran – Braz Antunes Mattos Neto, vereador (PSD-SP)
    Anão – Antonio Carlos Magalhães Neto, prefeito (DEM)
    Alba – Tiago Correia, vereador (PSD-BA)
    Alemão – Carlos Todeschini (PT-RS)
    Alemão – Valdir Raupp (PMDB-RO)
    Aliado ou Gremista – Marco Maia, deputado federal (PT-RS)
    Amante ou Coxa – Gleisi Hoffmann, senadora (PT-PR)
    Amarelou – Durval Amaral, presidente do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR)
    Amigo – Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente (PT-SP)
    Amigo C – Paulo Câmara, vereador (PSDB-BA)
    Angorá, Primo, Bicuíra ou Fodão – Eliseu Padilha, ministro (PMDB-RS)
    Aquático – João Fischer (Fixinha), deputado estadual (PP-RS)
    Aracaju – Aloizio Mercadante (PT-SP)
    Asfalto – Jaime Martins, deputado federal (PSD-MG)
    Aspirina – Angela Amin, ex-prefeita (PP-SC)
    Atleta – Renan Calheiros (PMDB-AL)
    Atravessador – Alcebíades Sabino, ex-deputado estadual (PSC – RJ)
    Avião – Manuela D’Ávila, deputada federal (Pc do B-RS)
    Azeitona – José Fernando de Oliveira, ex-deputado (PV-MG)

  7. De pendente de qual terceira via fala o Kassab, do sistema podre, que já apanhou feio nas urnas em 2018, do bolsonaismo e do lulismo, das quais um desnorteado foi parar até em Paris sem declarar com que dinheiro, vai apanhar de novo, com certeza. Mas se for a terceira via de verdade, antissistema, vence no primeiro turno, com certeza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *