Banco Central diz que gasto de brasileiros no exterior é o menor para março desde 2005

Queda das despesas somaram US$ 313 milhões em março

Alexandro Martello
G1

Os gastos de brasileiros no exterior somaram US$ 313 milhões em março, de acordo com informações divulgadas nesta semana pelo Banco Central. Na comparação com o mesmo período de 2020, quando as despesas em outros países totalizaram US$ 612 milhões, a queda foi de 48,8%.

Esse também foi o menor valor para o mês de março desde 2005, ou seja, em 16 anos, quando as despesas lá fora somaram US$ 260 milhões. No primeiro trimestre deste ano, segundo números oficiais, as despesas de brasileiros no exterior somaram US$ 860 milhões, com queda de 70,6% frente ao mesmo período de 2020 (US$ 2,931 bilhões).

RESTRIÇÕES – A forte queda nos gastos acontece em meio às restrições provocadas pela pandemia do novo coronavírus, que resultou no fechamento de fronteiras e na suspensão de voos, e que também levou à disparada do dólar. Depois de registrar forte alta de 29% em 2020, a moeda norte-americana registrou novo aumento, de 0,41% em março deste ano. No primeiro trimestre de 2021, a valorização foi de 8,49%.

Além das tensões com a pandemia, dificuldades do governo em levar adiante reformas para reequilibrar as contas públicas têm influenciado o preço da moeda norte-americana. Com a disparada do dólar, as viagens de brasileiros ao exterior ficam mais caras. Isso porque as passagens e as despesas com hotéis, por exemplo, são cotadas em moeda estrangeira.

GASTOS DE ESTRANGEIROS – De acordo com dados do BC, em março deste ano os estrangeiros gastaram US$ 213 milhões no Brasil, com queda frente ao patamar registrado no mesmo mês de 2020 (US$ 385 milhões). Nos três primeiros meses deste ano, os gastos de estrangeiros no Brasil somaram US$ 693 milhões, com recuo de 54,9% contra o mesmo período de 2020 (US$ 1,538 bilhão).

Para estimular o turismo no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro assinou no começo de 2019 um decreto para dispensar o visto de visita para turistas de Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão que viajarem ao Brasil.

3 thoughts on “Banco Central diz que gasto de brasileiros no exterior é o menor para março desde 2005

  1. Óbvio, brasileiros não são aceitos em muitos países, e estrangeiros ou são proibidos de nós visitar, ou nos evitam com receio de contágio.
    O que me intriga é o euro e dólar altos mesmo sem ingresso ou saída de moeda via turismo.

Deixe uma resposta para Ronaldo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *