Bolsonaro sobre impeachment: “Só Deus me tira da cadeira presidencial”

Bolsonaro passeia entre divagações e narrativas fantasiosas

Dimitrius Dantas
O Globo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, dia 15, que apenas Deus pode tirá-lo da cadeira presidencial. O comentário de Bolsonaro foi uma resposta à informação de que a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu cinco dias para que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), explique os motivos de não ter analisado os pedidos de impeachment protocolados na Câmara.

A decisão da ministra foi tomada em um processo no STF que questiona por que a Câmara dos Deputados não analisou os mais de 100 pedidos de impeachment já protocolados contra Bolsonaro. De acordo com a Constituição, a decisão sobre a abertura ou não de um processo de impeachment cabe ao presidente da Câmara, que não possui prazo para tomar a decisão.

“SÓ DEUS” – “Eu não quero me antecipar e falar o que acho sobre isso, mas digo uma coisa: só Deus me tira da cadeira presidencial e me tira, obviamente, tirando a minha vida. Fora isso, o que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar. Mas não vai mesmo. Não vai mesmo”, afirmou Bolsonaro durante a live semanal que realiza nas redes sociais.

O presidente afirmou que irá aguardar a resposta de Arthur Lira à decisão de Cármen Lúcia. A ação no Supremo pede que a Corte imponha um prazo para que o presidente da Câmara analise os pedidos.

Durante a transmissão, o presidente Bolsonaro voltou a afirmar que o país se aproxima de um limite. Nesta semana, em conversa com apoiadores no Palácio do Alvorada, o presidente afirmou que espera uma sinalização do povo. Na live, Bolsonaro disse que o governo vai “agir dentro das quatro linhas da Constituição restabelecendo a ordem no Brasil”.

(DES) INFORMAÇÃO – “Lamento muito pelo futuro do nosso Brasil. E o que eu posso fazer? A gente só ganha a guerra se tiver informações, se o povo estiver bem informado, consciência do que está acontecendo. Alguns querem que seja imediatista. Eu sei o que tem que fazer, dentro das quatro linhas da Constituição. Se o povo cada vez mais se inteirar, se informar, cutucar seu vizinho, mostrar qual o futuro do nosso Brasil, a gente ganha essa guerra. Eu sei onde está o câncer do Brasil. Se esse câncer for curado, o corpo volta a sua normalidade. Estamos entendidos? Se alguém acha que tem que ser mais explícito, lamento”, afirmou.

Nesta quinta-feira, a maioria do Supremo Tribunal Federal confirmou a decisão do ministro Edson Fachin que anulou todas as condenações do ex-presidente Lula. Durante a live, o presidente comentou a decisão. Acompanhado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, comparou os números de seu governo com os do petista.

FUTURO DO BRASIL – “Se o Lula voltar, pelo voto direto, pelo voto auditável, tudo bem. Agora veja qual vai ser o futuro do Brasil com o tipo de gente que ele vai trazer para dentro da presidência. Se o Lula for eleito, em março de 2023, ele vai escolher mais dois ministros para o STF”, afirmou o presidente.

Bolsonaro afirmou que não sabe se será candidato, mas colocou o ex-presidente como postulante ao cargo. “Não estou dizendo que vou ser candidato, mas vamos ter uma eleição pela frente, o Lula vai ser candidato. Tira eu de candidato. Quem seria o outro que iria para o Lula no segundo turno? Só fazer um raciocínio que vão entender o futuro de cada um de vocês”, disse Bolsonaro.

13 thoughts on “Bolsonaro sobre impeachment: “Só Deus me tira da cadeira presidencial”

  1. Ai, meu Deus, só Deus o tira da cadeira?! Coitado, parece estar na segunda fase da loucura: a percepção da realidade!
    Se Deus tivesse que se ocupar com as coisas mundanas, certamente não cuidaria de um sacana, mas daqueles que sofrem em UTI entubados sem sedação.

  2. Essas “sugestas” ameaçadoras, expelidas pela cloaca desse blefista, não apavoram mais ninguém. Ele devassou, alfim, o fundo de sua cartola. O tipo fanfarrão que mete a mão no cós, para sacar uma arma, e a arma nunca sai.

  3. Onde andavam esses ministros.
    Exitem pedidos de Cpis que já estão correndo o risco de pegar fogo, com o calor das respectivas b.. .., dos que estavam de plantão na época!

  4. Eu digo porque esse país não é levado a sério e não tem jeito de dar certo, ao menos para os humildes, generosos, bons de coração, honestos e justos. Temos um povo sem educação, que não cumpre as regras mais simples, como as do trânsito, que só pensam naquilo e em festas. O que se dirá então da moral, da ética e dos valores mais elevados do ser humano? O que se pode pensar dessas pessoas ao depositarem seu voto na urna, terão condições reais de escolher bem seu representante, ou vão escolher com “sua medida”? Essa geração ja está perdida, a próxima vai ter que lutar muito em todos os sentidos para mudar as coisas. Pobre de nossos filhos, o que dirá de nossos netos. Entra um governo, quando está para perder uma eleição passa a ameaçar o povo com invasões, guerra civil, prometendo “fazer o diabo”. Entra outro e na possibilidade de serem expurgados ameaçam com intervenção, com “barril de polvora” provocado e promessa de caos. Que espécie de políticos temos no Brasil? Esse país está um horror e algo precisa ser mudado urgentemente. São 20 anos de tragédias.

    • Gostaria de saber só duad respostas, quais são as quatro linhas da Constituição, e como o mito fica sentado no trono do Palácio se sofrer um impeachmet. O cara fala que estamos chegando ao limite, será o “limite extremo” do Galvão? Mas a sinistra dona Carminha deu tiro no pé, porque o presidente da Câmara tem a prerrogativa de apreciar os pedidos de impeachment quando quiser, não tem prazo legal para fazê-lo.

    • À exemplo da CUT, o MST se fragmentos. Perdeu representatividade. Tanto uma como o outro foram implodidos de dentro pra fora. O que os implodiu? A farsa da “conciliação de classes” levada a cabo por Lulla e seus acólitos.
      .
      Quanto ao propalado exército do Stédile, jamais passou perto disso.
      .
      Dúvidas? É só ver os números das mortes/assassinatos no Campo.
      .
      Quanto às Milícias, essas sim, uma realidade inquestionável.

  5. Se Deus tirar esse quadrúpede da cadeira presidencial, é capaz de muita gente morrer de felicidade !!! Quem vai gostar mais é o DIABO, que já está preparando uma fogueirinha toda especial para tostar esse imbecil por toda a eternidade.

Deixe uma resposta para Batista Filho Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *