Depoimentos revelam existência de ‘gabinete das sombras’ na Saúde, diz o relator Renan

À mesa, relator da CPI da Covid-19, senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Renan Calheiros já começou a delinear os rumos de seu relatório

Valdo Cruz
G1 Política

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), avalia que os primeiros depoimentos colhidos pela Comissão mostram “a existência de um gabinete das sombras, um ministério paralelo da saúde, um poder paraestatal” que não só aconselhava o presidente da República como definia medidas no enfrentamento do coronavírus numa linha contrária à de seus ministros da Saúde.

Os primeiros depoimentos prestados na Comissão foram dos ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, seguidos pelo atual ministro Marcelo Queiroga.

CONCORRÊNCIA INTERNA – Mandetta disse que sofria a concorrência, dentro do governo, de assessores, filhos do presidente e médicos que chegaram a propor um decreto para incluir na bula da cloroquina o tratamento para Covid-19.

“Estes primeiros depoimentos deixam clara a existência de um ministério paralelo da saúde, um poder paraestatal, um gabinete das sombras, desconhecido, que não apenas aconselha, assessora, mas produz documentos, como a tentativa de burla na bula da cloroquina”, afirmou o relator da CPI da Covid.

Renan Calheiros destacou que esse “gabinete das sombras” tomou decisões sem o conhecimento dos dois ex-ministros da Saúde, como a determinação para o laboratório do Exército produzir mais cloroquina.

PRODUÇÃO DE CLOROQUINA –  “Nenhum dos dois ministros tomou conhecimento do aumento da produção de cloroquina, isso foi ao arrepio do Ministério da Saúde”, afirmou Renan Calheiros.

Segundo o relator, Mandetta e Teich foram ignorados nas orientações de desaconselhar o uso da cloroquina e de recomendar o isolamento social e o uso de máscaras.

Quanto a Queiroga, quando assumiu o Ministério a pressão para uso de cloroquina já estava amortecida devido às conclusões dos principais cientistas do mundo.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG –
A CPI vai pegar fogo, mesmo, quando houver o depoimento do general logístico Eduardo Pazuello. O presidente Bolsonaro sonha em blindá-lo, mas não tem coragem de nomeá-lo para algum Ministério com foro privilegiado. (C.N.)

3 thoughts on “Depoimentos revelam existência de ‘gabinete das sombras’ na Saúde, diz o relator Renan

  1. A Carne
    Elza Soares

    A carne mais barata do mercado
    É a carne negra
    Tá ligado que não é fácil, né, mano?
    Se liga aí
    A carne mais barata do mercado é a carne negra
    A carne mais barata do mercado é a carne negra
    A carne mais barata do mercado é a carne negra
    A carne mais barata do mercado é a carne negra
    Só-só cego não vê
    Que vai de graça pro presídio
    E para debaixo do plástico
    E vai de graça pro subemprego
    E pros hospitais psiquíatricos
    A carne mais barata do mercado é a carne negra
    Dizem por aí
    A carne mais barata do mercado é a carne negra
    A carne mais barata do mercado é a carne negra
    A carne mais barata do mercado é a carne negra
    Que fez e faz história
    Segurando esse país no braço, meu irmão
    O cabra que não se sente revoltado
    Porque o revólver já está engatilhado
    E o vingador…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *