Depois da cloroquina, Bolsonaro agora diz que quer comprar spray anticovid-19 ainda em fase experimental

Incansável, Bolsonaro defendeu o inexistente ‘tratamento precoce’

Ingrid Soares
Correio Braziliense

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em live transmitida pelas redes sociais nesta quinta-feira, dia 11, que vai conversar com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, sobre um remédio em desenvolvimento no país contra o câncer de ovário, que pode auxiliar na recuperação contra a covid-19.

Segundo o chefe do Executivo, a reunião deverá ocorrer nesta sexta-feira, dia 12, por videoconferência. O mandatário comparou o tratamento em estudo com as vacinas emergenciais, aprovadas pela Anvisa. Para Bolsonaro, “o cara que entra na pilha da vacina, ‘só a vacina’, é um idiota útil”.

VÁRIAS OPÇÕES – “Talvez, está quase certo amanhã, fazer uma videoconferência com Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel. Qual é o assunto? Lá está sendo desenvolvido, está em fase final, um remédio né, para curar o covid. Quando falei em remédio lá atrás, levei pancada. “E a vacina?”. Entrou na pilha da vacina, né? O cara que entra na pilha da vacina, ‘só a vacina’, é um idiota útil. Devemos ter várias opções. Para quem está contaminado, não adianta a vacina. Tem gente que acha que adianta, não adianta”, apontou o presidente.

Ele ainda voltou a defender o inexistente ‘tratamento precoce’, composto por hidroxicloroquina e ivermectina, sem comprovação científica contra a covid. “Quem está contaminado tem que ir para o tratamento precoce, procurar um médico, ver se tem alguma sugestão para você. Em comum acordo, ele vai falar: ‘Não temos um medicamento ainda para tratar disso. Mas temos esse, que em muitos casos está servindo. Não tem a comprovação científica, assim como as vacinas não têm ainda um certificado definitivo também. Está na mesma situação desse outro remédio, mas tem dado certo em muitos casos’. E o cara toma ou não toma”, emendou Bolsonaro.

SPRAY – O presidente então comentou sobre o spray EXO-CD24.”Estamos em contato. Está acertado — falo acertado porque pode não acontecer — um encontro virtual entre eu e Benjamin Netanyahu para falarmos sobre esse novo spray que está servindo — pelo menos experimentalmente — para pessoas em estado grave. Agora sim. Está em estado grave? Toma, poxa. Vai esperar ser intubado?”, aconselhou.

Segundo o mandatário, a medicação foi aplicada em 24 pacientes em estado grave. “É uma tremenda notícia. Espero que seja realmente eficaz no tratamento contra a covid-19. Agora pergunto a você: você tem um pai, irmão ou amigo que está ali: “Olha, vai ser intubado”, você vai dar um spray no nariz dele ou não? Ou vai tratar isso como uma hidroxicloroquina, porque também não tem comprovação científica? Então o mundo, com esse tratamento off label (fora da bula), acaba descobrindo as coisas”.

Bolsonaro disse também que ‘se Deus quiser, vai dar certo’. “Eu quero aqui, estamos trabalhando com o nosso ministro Ernesto Araújo e com mais gente do nosso governo tratando dessa questão com o hospital lá de Israel que está desenvolvendo esse possível remédio. Se Deus quiser, vai dar certo. O que não pode acontecer no Brasil, não pode, como alguns estão fazendo, criminalizando o tratamento off label, querendo punir o médico que porventura receite algo para aquele que está com vírus”.

COMPRA DE COMPRIMIDOS – Por fim, o presidente alegou que os 4 milhões de comprimidos de hidroxicloroquina adquiridos pelo governo não serão desperdiçados. “Está uma polêmica muito grande sobre hidroxicloroquina, fabricou a mais, gastou, era dinheiro do covid, não era. Pessoal, tem a covid aí, outras doenças continuam. Não é só covid. A malária continua. O lúpus continua. Nós temos aqui, em média, 200 mil casos de malária no Brasil. Não sei quantos comprimidos a pessoa toma para se cuidar de malária. Mas muita gente, na região amazônica, toma preventiva”.

Ele reforçou que “tem muito médico que usa a hidroxicloroquina, a ivermectina para o tratamento precoce” e que a produção de comprimidos é da ordem de 13 milhões, com validade de quatro anos. “Ninguém está fazendo nada errado ou jogando fora”, concluiu.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG 
Bolsonaro atira para todos os lados e busca fugir da responsabilidade e da necessidade de admitir a sua incompetência para administrar a crise sanitária. Além de fazer declarações contínuas contra a vacinação, aposta suas fichas em um remédio ainda em desenvolvimento, dizendo que “avisou lá atrás” que isso seria necessário. Piada do Ano ! Remédio todos querem e sabem que seria a melhor solução, mas o Messias se acha o profeta e acredita que a sua falácia é capaz de continuar a engabelar todo o país. Sempre arruma justificativas para as suas mancadas, a exemplo dos comprimidos comprados com recursos públicos e que, sem eficácia, abarrotam depósitos. Bolsonaro pensa (?)  que após todo esse tempo remando contra a maré não sofrerá as consequências pelos caos instaurado, inclusive no que se refere à responsabilidade sobre as milhares de mortes em função da Covid-19. O tempo dirá ! (Marcelo Copelli)

11 thoughts on “Depois da cloroquina, Bolsonaro agora diz que quer comprar spray anticovid-19 ainda em fase experimental

  1. Há tanta coisa boa para nos alegrar na vida: Sonia Braga nos seus tempos de moça, Ingrid Bergman, Tom Jobim e Vinicius com suas composições, Drummond de Andrade com a poesia. Tantas coisas boas, mas há também muita maldade. E uma delas, que me perdoem, é esse Coiso – não dá para aceitar esse tipo como pertencente á nossa espécie. Já estraguei meu dia só em ver sua foto no artigo.

  2. *Quem inventou as três regras básicas para nos proteger?*
    *1 – Distância*
    *2 – Higiene das mãos*
    *3 – Uso de máscara*
    Essas leis foram dadas à nação de Israel, há 3500 anos. Sabia?
    Portanto, procure na Bíblia!
    *1 – ÊXODO 30: 18-21 – Lave as mãos*
    *2 – LEVÍTICO 13: 4, 5, 46 – Se tiver sintomas* *mantenha distância, cubra a boca e evite o contato*
    *3 – LEVÍTICO 13: 4, 5 – Quem está infectado, deve permanecer entre 7 e 14 dias em quarentena*
    *E ainda há quem duvide que a Bíblia seja um livro de sabedoria !!!*
    *EU AMO ESTA ANALOGIA*
    *Quando* *DEUS* quis criar *peixes*, falou com o *mar*.
    – Quando *DEUS* quis criar *árvores*, ele falou com a *terra*.
    – Mas quando *DEUS* quis criar o *homem*, ele se voltou para *ELE MESMO*.
    – Então *DEUS* disse: “*Façamos o homem à nossa imagem e semelhança*”.
    Nota:
    – Se você tirar um *peixe da água, ele morrerá*; e quando *você remove uma árvore do solo, ela também morre*.
    – Da mesma forma, quando *homem* se desconecta de *DEUS, ele morre*.
    – *DEUS* é o nosso *ambiente natural*. Fomos criados para *viver na presença DELE*. – Temos que estar conectados com *Ele * porque somente com * Ele* a vida existe.
    – Vamos ficar *conectados com DEUS*.
    – Lembre-se de que *água sem peixe ainda é água*, mas *peixes sem água não são nada*.
    – O *solo sem a árvore ainda é solo*, mas a *árvore sem solo não é nada*…
    – *Deus* sem *homem ainda é Deus*, mas *homem sem DEUS não é nada*
    – *Se esta mensagem chega até você e você* *a compartilha com outras pessoas*, *isso é chamado de evangelismo!*
    *Deus abençoe todos vocês*.

  3. O que deveria ser avaliado, é a qualidade pedagógica aplicada na formação de Oficiais das Forças Armadas. Seus Oficiai possuem baixo nível intelectual, moral e principalmente, ético. A diferença se compararmos o nível dos Militares americano com os brasileiros, a diferença é abissal. A primeira; por lá, os Militares estão
    Prontos, para defender os interesses da nação e seu povo. Aqui, estão sempre atentos para defender um Estado que usurpa, corrompe e dilapida a nação, alem de com dinheiro Público, bancar suas mordomias e benecias. Não produzem e tão pouco, geram riqueza, somente gastos. Vivem cospindo no prato que comem , pois, vivem ameaçando aqueles que os mantém. O cidadão comum que gera riquezas , enquanto os mesmo, ficam aquatrelados criando barriga.

  4. Deveriam fazer esse Coiso pagar pelo mau uso do dinheiro público. Da próxima vez devemos mais cuidadosos quando escolher presidentes. Pode dar nisso que vemos.

  5. Será que esse idiota não consegue ter nenhum segundo de iluminação e propor algo que preste? Mesmo sentindo que pode ser inútil vou propor algo aqui que poderia ser interessante. Considerando Manaus e o estado Amazonas, talvez o pior centro mundial da pandemia, caberia ao governo federal propor a todos os laboratórios no mundo que já estejam aplicando suas vacinas, um grande esforço concentrado em Manaus e no Amazonas. Digamos que sejam + ou – 10 os laboratórios e vacinas, considerando as já presentes Coronavac e Astra Zeneca. Mais a Pfizer, Moderna, Jansenn, Sputinik, mais outra da China outra da India que não lembro o nome, cada uma delas se disporia a vacinar pelo menos uma 30 mil pessoas diversas que fossem e avaliar a eficácia de cada uma delas relacionadas à nova cepa que tem se alastrado sem controle na regiião e muito provavelmente no resto do país. Manaus se tornou uma caso de interesse mundial em termos de estudo e é natural e totalmente adequado procurar ajuda mundial para ajudar a combater o quadro de desgraça na região. Tenha o minimo de humlidade e vergonha na cara Presidente Bolsonaro. Humildemente peça ajuda e peça desculpas por toda sua incompetencia e falta de bom senso demonstrada até aqui. FAÇA ALGUMA COISA DE ÚTIL! E pare de procurar pelo remédio milagroso, ele não existe, o que existem são vacinas que não acabam com o problema 100% mas pelo menos minoram bastante os danos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *