Donald Trump divide republicanos e assim fortalece Hillary

Donald Trump é mais um aventureiro na política

Pedro do Coutto

O bilionário Donald Trump dividiu o eleitorado republicano dos EUA para a sucessão de Barack Obama em 2016 e, assim, fortaleceu a candidatura Hillary Clinton, do Partido Democrata, à Casa Branca. É o que revela Tahya Bilenky, correspondente da Folha de São Paulo em Nova York, na edição de sexta-feira. Baseou seu texto em duas pesquisas que acabam de ser publicadas.

Donald Trump passou a frente de Jet Bush entre os adeptos do Partido Republicano alcançando 18% contra 13 de Bush. Em terceiro Scott Walker com 12 pontos. Uma reviravolta em matéria de corrida entre os pré-candidatos da legenda. A primeira sondagem apontava 19 para Bush, 12 para Trump. Entre os democratas, Hillary segue absoluta. Será assim a candidata de Obama, já que ele anunciou que apoiará aquele (no caso aquela) que vencer a convenção.

O segundo levantamento citado por Thays Bilenky, num confronto possível entre Hillary e Trump apresenta grande vantagem para a candidata: 52 a 34%. Diferença enorme em padrões americanos. Basta lembrar que, em 1960, John Kennedy derrotou Nixon pela diferença de 0,6%, vencendo-o inclusive na Califórnia estado do qual Nixon havia sido governador antes de ser vice-presidente de Eisenhower.

NA CONVENÇÃO

Donald Trump, dessa forma, levará ao que tudo indica , seu nome à convenção do PR. Parece haver apenas uma hipótese de vir a ser derrotado: uma união muito rígida entre Jet Bush e Scott Walker. Porém se tal hipótese acontecer, o bilionário anunciou que concorrerá à Casa Branca pelo Partido Independente. Nos Estado Unidos, as convenções são soberanas, não existe prazo para filiação partidária antes de suas votações.

Mais um fator, portanto, a favorecer Hillary: a perspectiva de uma cisão entre os republicanos que vão decidir entre Trump, Bush e Walker. Os demais, são quinze ao todo, não registraram bons índices no eleitorado . As eleições americanas são interessantes. Examinando-se seus resultados desde os quatro mandatos de Franklin Roosevelt (32,36,40 e 44, faleceu no início de 45 poucos dias antes da rendição nazista) os partidos Democrata e Republicano revezam-se no poder.

UMA REELEIÇÃO

Uma explicação necessária: em 44, antes portanto da última vitória nas urnas de sua vida, os Estados Unidos alteraram a Constituição limitando os mandatos presidenciais a uma reeleição. Antes não havia tal limite. Por isso, Roosevelt venceu quatro vezes. A vitória de 44 foi a última de sua vida.

Dada esta explicação, verificamos que o eleitorado norteamericano divide-se em três blocos fundamentais:1/3 democrata, outro terço republicano e os 33% restantes oscilam entre um lado e outro. Por exemplo: em 64, Lyndon Johnson, democrata, vice de Kennedy, bateu Barry Goldwater por 66 a 34. Em 72, Nixon, republicano, venceu George Mcgovern, democrata, pelos mesmos 64 a 36. Verifica-se assim a existência de dois blocos cristalizados, com um terceiro flutuante. Depende dos candidatos. Agora com a divisão do Partido de Lincoln, o panorama tende a se deslocar para mais uma vitória da legenda que foi de Roosevelt. Dois vultos essenciais não só na história dos EUA, mas na própria história mundial. De partidos opostos porém representantes das mesmas ideias convergentes. Cada qual a seu tempo.

 

 

3 thoughts on “Donald Trump divide republicanos e assim fortalece Hillary

  1. Não há a mínima chance do Aspirante a candidato, Bilionário DONALD TRUMP ganhar a indicação do Partido Republicano para disputar a Presidência dos EUA. Ele não é um Político de carreira, nunca disputou qualquer Eleição, e não tem a mínima simpatia dentro da Direção e Maquinaria do Partido Republicano.
    O que ele tem é muito Dinheiro, um popular e antigo Programa na TV que torna sua face conhecida em todo o País, e o costume de falar certas coisa “Politicamente Incorretas”, numa época em que o Povo está cansado de só ouvir o “Politicamente Correto”.
    Depois, essas pesquisas são feitas entrevistando todo mundo na rua, enquanto que as Prévias são Estaduais, e em 95% delas só votam Filiados dos Partidos.
    Na hora em que começarem os Debates pela TV, os ataques em Propagandas de TV, prevejo dificuldades para o Bilionário, que aliás já começaram quando o Sr. DONALD TRUMP não mostrou Patriotismo durante a guerra do Vietnan, época de convocação OBRIGATÓRIA, e ele usou de recursos só acessíveis aos Ricos para escapar da Convocação, fato exponencializado quando disse na TV, de seu Colega de Partido Republicano, Senador e ex-Candidato a Presidência JOHN MCCAIN, que teve abatido seu avião sobre Hanoi e ficou prisioneiro, maltratado e torturado durante 5 1/2 anos no “Hanoi Hilton”, disse que NÃO ERA HERÓI DE GUERRA quem é derrubado e preso.
    Como é Bilionário, pode ir até o fim nas Primárias de todos os Estados, e até se Candidatar como CANDIDATO INDEPENDENTE individualmente, mas não acredito que tire Votos suficientes do Candidato REPUBLICANO e dar vitória a provável Candidata DEMOCRATA.
    Hoje, os REPUBLICANOS tem maioria nas duas Casas do Congresso e o simples fato de ter tantos Candidatos disputando a vaga entre os REPUBLICANOS, e poucos entre os DEMOCRATAS, aparentemente prediz uma vitória REPUBLICANA. Abrs.

  2. Pelo menos, o Trump se utiliza de seu proprio dinheiro para dizer suas besteiras, enquanto todos os demais competem pelo dinheiro do lobby sionista AIPAC, cumprem suas ordens, colocam Israel acima dos EUA em seus pronunciamentos sabujentos e chegam ate a se humilhar diante de endinheirados sionistas capitaneados pelo bilionario Sheldon Adelson.

  3. Até parece que todos os problemas dos republicanos se resumem à pessoa de Trump, e que Jeb Bush é o candidato perfeito. Até o sobrenome depõe contra ele.

Deixe uma resposta para chamberlain Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *