Eduardo Bolsonaro critica “bipolaridade” de líder do PSL e troca ofensas com Joice Hasselmann

O amor entre o ‘picareta e moleque’ e ‘pepa’ acabou

Deu no G1

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou neste sábado, dia 19, que o presidente Jair Bolsonaro, pai dele, não pode estar sujeito à “bipolaridade” do líder do PSL na Câmara, deputado Delegado Waldir (PSL-GO).

Eduardo deu a declaração ao fazer uma transmissão ao vivo em uma rede social, na qual comentou a crise no PSL que atinge o Palácio do Planalto, o comando do partido e a bancada da legenda no Congresso Nacional.

“NOVO LÍDER” – Nesta semana, em meio à crise no partido, o líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), apresentou uma lista que indicava Eduardo Bolsonaro como novo líder do PSL na Casa. Logo depois, contudo, o deputado Delegado Waldir (PSL-GO) apresentou uma outra lista, que o recolocava no posto.

Neste sábado, Eduardo Bolsonaro afirmou que não queria a função de líder, mas decidiu ocupar o posto porque Waldir havia orientado obstrução em uma votação de interesse do governo.

SALVADOR DA PÁTRIA – “Comigo na liderança, todos concordaram que a liderança estaria em boas mãos. O próprio presidente Jair Bolsonaro não queria que eu fosse líder, eu também não queria, mas diante desses fatos não vou me acovardar. E, vendo o líder do PSL, que é o partido do presidente, orientando contra a Presidência da República, não sou eu que vou ficar de braços cruzados. Então, começamos a correr atrás de uma lista”, afirmou Eduardo Bolsonaro.

Sem citar o áudio que revela uma articulação do presidente Jair Bolsonaro para tirar o líder do PSL da função, o filho do presidente declarou em seguida: “Não me venham com esse papinho, com essa gargantinha ‘ai, o presidente interferiu’. Interferindo, nada. Ele está fazendo um projeto para o Brasil e o partido dele dentro da Câmara está indo contra o presidente, porra. Tu acha o quê? Que ele tem que fazer o quê? Que ele tem que ficar ‘não vou interferir’?”

IMPLOSÃO – Na última quinta-feira, dia 17, circulou um áudio do Delegado Waldir no qual ele dizia que iria “implodir” Bolsonaro. No mesmo dia, em entrevista coletiva, o deputado recuou, afirmando que não tinha nada para usar contra o presidente e que a declaração havia sido dada em um “momento de emoção”. Na sexta-feira, dia 18,  contudo, voltou a criticar Bolsonaro, afirmando que o presidente havia tentado “comprar” deputados com cargos.

Também neste sábado, Eduardo Bolsonaro e a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), agora ex-líder do governo no Congresso, trocaram ofensas nas redes sociais. Ao comentar uma publicação de Joice Hasselmann, Eduardo Bolsonaro publicou a seguinte mensagem: “#DeixeDeSeguirAPepa”

PEPPA E NEM-NEM – A mensagem foi uma provocação à deputada, sugerindo aos seguidores que deixem de segui-la na internet, a comparando à personagem de desenho animado Peppa Pig. A deputada, então, respondeu: “Picareta! Menininho nem-nem: nem embaixador, nem líder, nem respeitado. Um zero à esquerda. A canalhice de vocês está sendo vista em todo Brasil”.

####
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Após as juras de amor eterno, Eduardo e Joice agora decidiram partir para o litigioso e lavar a roupa suja em praça pública. Não dispensaram nem o fim de semana. E o eleitor, pasmo, fica imaginando a que nível se desce e que tipo de representante é eleito ao ler adjetivos que mais parecem trocados em uma sala de jardim de infância. Tantos projetos travados, com a população aguardando a “salvação” prometida, e os nossos parlamentares tentando descobrir quem fala o palavrão mais feio e provocativo. Quando pensamos que o ridículo tem limites, eles nos surpreendem e recheiam os noticiários com cenas patéticas. E pensar que ainda pagamos seus salários e mordomias … (Marcelo Copelli)

19 thoughts on “Eduardo Bolsonaro critica “bipolaridade” de líder do PSL e troca ofensas com Joice Hasselmann

  1. Tudo isso sempre aconteceu nos partidos. A diferença é que, devido ao amadorismo dos deputados do PFL, ficou tudo às claras.

    Deve ser o tamanho da bufunfa do fundo partidário: juntou o deslumbramento com a ambição e deu nisso.

      • Não. Ele não ia mudar a política. Quem disse isso pra você?

        Partido não muda a política. Quem muda a política é o povo, e isso demora. O primeiro passo foi dado: afastar o PT. Resta agora desmoralizar seus idiotas úteis – os isentões e os oportunistas em geral.

          • Eles disseram? Nem notei isso. Lamento que você tenha acreditado. Na certa v. também acreditou no velho discurso moralista do PT e acredita no atual discurso moralista do PSOL e da REDE.

            A maioria votou em Bolsonaro para ele chutar a bunda dos esquerdistas. Essa história de moralismo é com os farsantes da REDE-PSOL e os neo-tucanos do NOVO.

          • Não, não acreditei, tanto que nunca votei no PT. Não acredito em discurso moralista nenhum, nem de direita nem da esquerda. Vc está certo quando diz que “A maioria votou em Bolsonaro para ele chutar a bunda dos esquerdistas. “, mas nem todos aqui aceitam isso. Quanto a moralismo ser “com os farsantes da REDE-PSOL e os neo-tucanos do NOVO.”, procure os discursos de campanha do Bolsonaro e dos candidatos do PSL para ver como eles se elegeram com o discurso moralista anticorrupção, inclusive usando Moro como bandeira e como fiador de Bolsonaro. Prometeram uma Nova Era.

  2. E nesta semana que começa, o Senado Federal perpetrará o Golpe do Século contra a Cidadania Brasileira, aprovando o Crime de Lesa Pátria conhecido como a PEC da Reforma da Previdência Social.

    Um crime que atingirá, mais cedo ou mais tarde a todos que não fazem parte da Elite Econômica Brasileira.

    O pior é não ver nenhuma reação por parte daqueles que estão sendo assaltados por esta gente sem compromisso com a Nação Brasileira.

  3. peppa: Uma arrivista gananciosa.
    Tem que terminar o seu mandato. Está se colocando como a salvadora de São Paulo.
    Tá errada!

    Chapeiro: Um descarado, acha que é o dono da bola e quer jogar em qualquer posição.

    bolsonaro: Um mentiroso patético, perdeu o meu respeito.
    Infiltrou petistas inveterados no seu governo e, ladrões também.

    Não foi pra isso que votei nele.
    Votei em um, e levei quatro encrencas.

    toffoli, alcolumbre, rodrigo maia e renan calheiros tomaram o poder.

    flávio: Outro ignóbil, comprometido até mais não poder com um miliciano (o queiroz), que faz rachadinha pra nós!

    carlos: Um lunático, a reencarnação do Tonho da Lua.

    Michelle (24): Acharam um cheque, devem existir outros com certeza.
    Porque? Porque está tudo muitíssimo mal explicado. Nem uma criança acredita nas versões da famiglia.

    Viraram o Brasil do avesso na tentativa de esconder a lama que não é pouca!

    Copenhagen: É uma loja que tem como sócio o flávio.
    Pergunto: Pra que serve esta loja que segundo funcionários do Shopping, o pífio movimento não justifica estar de portas abertas.
    Muito estranho…

    Todo o etorno destas pessoas e suas famílias é conturbado e obscuro.
    Vide a família do queiroz…

    Ah, os outros fizeram pior…??
    Não me interessa isso!
    Quero o país que me prometeram e não é nada do que estou vendo.

    A pérola do bolsonaro: Bradou em alto e bom som, O TOFFOLI É NOSSO!

    O augusto aras na pgr é um tapa na cara de absolutamente todos os que votaram no bolsonaro.
    Um tapa na cara, uma facada no estômago!

    Neste momento percebi que participei de um ESTELIONATO ELEITORAL.

    O país está vagabundérrimo, vulgar, completamente sem rumo…

    O país acabou, é vivemos flertando com uma desgraça anunciada…

    O Brasil acabou!
    Simples assim.

    Ah se arrepedimento matasse…

    Cordialmente.

  4. Fico pasmo ao constatar que, em todos os comentários e sobre qualquer assunto, a maioria assustadora dos comentaristas revela um desconhecimento absurdo da língua portuguesa e a capacidade de organizar os pensamentos de maneira sistemática e lógica. Parece que nenhum deles frequentou o ensino básico. Vão estudar analfabetos!

  5. Arranquem o escalpo do Bolsonaro e tudo voltará ao normal.
    Quase todos os artigos daqui atiçam a ira dos escalpeladores.
    Ugh.
    Mâs… Se escalpelarem o Zóio Azul outro Faca Comprida entra no lugar e vai ser preciso muitos Peles Vermelhas para dar conta, Nove Dedos está preso e nenhum outro sub cacique com seus mescaleros estão sóbrios pra combate, no máximo vão ficar de guerrilha roubando uma coisa aqui outra ali.
    O velho cacique Bunda Carijó, o Boca de Sovaco, quer dar uma de Touro Sentado e insuflar até os renegados pra um levante.
    Quanto ao cacique Nove Dedos, já enterraram o coração dele na curva do rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *