Em ensaio para 2022, PT e Lula tentam reconstruir pontes com o PSB nos estados

Gleisi Hoffman diz que, por enquanto, é um estreitamento

João Valadares e João Pedro Pitombo
Folha

A retomada dos direitos políticos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reaproximou o partido de um parceiro histórico, o PSB, e acelerou tratativas entre as duas legendas para possíveis alianças nos estados, sobretudo no Nordeste. Nas últimas semanas, PT e PSB selaram parcerias políticas no Piauí, na Paraíba e no Amapá e iniciaram um movimento de reaproximação em Pernambuco, Sergipe e no Espírito Santo.

As cúpulas dos dois partidos afirmam que a reaproximação tem como foco a definição de estratégias políticas conjuntas e dizem que as eleições do próximo ano ainda não estão em pauta.

APROXIMAÇÃO  – “É um estreitamento político, não necessariamente eleitoral. Tivermos uma conversa muito boa com o PSB para discutir como podemos ajudar o Brasil a sair dessa crise”, afirma a presidente nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR).

Em Pernambuco, estado estratégico para o PSB, algumas peças começam a se mover no tabuleiro eleitoral. O deputado estadual e ex-prefeito do Recife João Paulo (PC do B) vai retornar ao Partido dos Trabalhadores. O martelo foi batido depois de conversas com Lula.

Ele tem repetido a pessoas próximas que a decisão não está relacionada à disputa de cargos eletivos. No entanto, setores do PT o têm como uma carta na manga para uma eventual composição de chapa com o PSB, atendendo à estratégia nacional petista de ampliar sua bancada no Senado.

AMIGOS NEM INIMIGOS – Em conversas reservadas, João Paulo tem dito que é grande a possibilidade de uma nova aliança entre PT e PSB, e costuma usar um velho jargão: “Na política, não existem amigos para sempre nem inimigos eternos”.

Na eleição para a Prefeitura do Recife no ano passado, ele declarou apoio a Marília Arraes (PT) contra João Campos (PSB), mas tem ótimo trânsito entre os socialistas pernambucanos. Deixou o PT um dia antes de Lula ser preso, em 2018, o que provocou grande mágoa no ex-presidente.

Após decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que tornou Lula elegível, ficaram mais evidentes os movimentos de aproximação entre o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e o ex-presidente.

DEFESA ENFÁTICA – Ao contrário do prefeito do Recife, João Campos, o governador fez defesa enfática de Lula nas redes sociais logo após a decisão judicial.

Historicamente, Pernambuco tem peso elevado nas decisões do partido. O PSB no estado é bastante pragmático quando a hegemonia da sigla, que já dura 14 anos, é ameaçada.

Mas na semana passada, o ex-prefeito do Recife Geraldo Julio, que deve ser o candidato do PSB ao governo pernambucano em 2022, posicionou-se em outra direção. Em entrevista ao jornal Diario de Pernambuco, ele defendeu candidatura própria para disputa presidencial ou apoio a Ciro Gomes (PDT). “Quanto ao PSB, repito que a candidatura própria é o que mais pode ajudar o Brasil e, se isso não acontecer, acho que uma coalizão de forças em torno de Ciro Gomes ou outro candidato progressista é o melhor caminho”, avaliou.

13 thoughts on “Em ensaio para 2022, PT e Lula tentam reconstruir pontes com o PSB nos estados

  1. Não sei se por aí, pelas querências de vocês, durante o Plano Cruzado de Sarney, houve saques em fazendas, lojas, supermercados e afins. Aqui houve muitas invasões com prejuízos incalculáveis para os proprietários.
    Em 1.985, o Brasil tinha uma população de 136.000.000 de habitantes. Hoje dizem que somos 211.000.000 de almas. Naquele período, não se falava em facções ou milícias: apenas bandoleiros em pequena quantidade, que se amalocavam em galeras ou gangues. Com a elevação do quantitativo populacional, uma variavel imaterial também se exarcebou, na mesmo proporção: o desprezo pela vida do semelhante. Cá, onde resido, posso extrair uma pequena amostragem do que se alastra pelo território nacional. Nunca vi tantos garotos matadores de aluguel. Não precisa estudar, nem ser bonito ou atleta; o mercado é fértil e garante a renda.
    Já imaginaram se o Brasil mergulhasse numa anomia agora? Naquela ocasião, o Erário Público não tinha sindo descapitalizado pelos turbinilhõe$ gastos com Convid-19 e seus efeitos colaterais. Desta feita, se o governo se omotisse em socorrer a população, financeiramente, até que seria parcialmente compreensível.

  2. Gleisi de novo? Lula com suas diatribes acaloradas e semi-anarfas? Não dá, com o virus e Lula nossa vida vai se tornar um filme de terror.

  3. Com muitos bilhões $$$ roubados do povo brasileiro dificilmente será eleito.
    O povo brasileiro, com a internet, aprendeu muito.

    Uma vez ladrão, sempre lularápio!!!

    • As pontesbque o PT constrói são para chegar aos caixas das estatais ou algo que lhe renda algum tipo de roubo.

      A imprensa, de um modo geral, tem em Luiz Inácio seu bandido de estimação que aliada ao STF e ao congresso constituem o tripé mais firme para manter o bandido na mídia e tentar levá-lo novamente ao Planalto para daí recomeçar a roubalheira.

  4. Gleice falando, não é engraçado, por que é uma tragédia explícita.
    Essa senhora só vai ao banheiro, qdo o poderoso chefão autoriza.
    Não tem um pouquinho de vergonha, sequer….

  5. “Em política se pode tudo”.
    Dizia essa frase um grande Tucanalhão Corrupto há tempos atrás.
    Márcio França, o comunopata do PSB nas eleições passadas criticou muito o Luladrão no embate com o outro comunopata Johnny Doryan Grey.,
    Agora o Luladrão quer ser “amiguinho” do PSB…..

    eh!eh!eh

  6. Cadê o Corno Bernardo? Ops! Digo, Paulo Bernardo.

    Não era pra estar preso junto com a messalina por terem roubado os velhinhos?

    E querem voltar? Jamais!!

    Uma terceira via terá que aparecer.
    O país não aguenta mais o ladrão e o ladrãozinho!!!

    Chegaaaaaa!!!!
    DEU!!!!

    JL

  7. Paz e Saúde a todos.
    A nova sociedade não me representa, infelizmente.
    Aprendi e faço desde miudo, que os vizinhos que não tinham carater, honestos, familia.
    DEVERIAM SER IGNORADOS.
    MUDÁVAMOS DE CALÇADA.
    Hoje pessoas sem escrúpulos são celebridades.
    Perdoem-me, não aceito e continuo com meus preceitos, sou septuagenário.

Deixe uma resposta para Paulo III Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *