No peculiar mundo político de Jair Bolsonaro, há abundância de teorias conspiratórias

Charge O Tempo 18/08 | O TEMPO

Charge do Duke (O Tempo)

William Waack
Estadão

Jair Bolsonaro é um homem de convicção. Não se trata de convicção sobre princípios de política ou de economia, mas, sim, da convicção trazida pela percepção de que ele, presidente da República, está perdendo instrumentos de poder. Como o de demitir chefes de estatais, ou de exigir deles obediência ao que Bolsonaro considere melhores políticas – incluindo fechamento de agências do Banco do Brasil ou formação de preços de combustíveis.

A convicção de Bolsonaro baseia-se na forte crença de que há sempre conspirações em curso para tirá-lo do poder. Esses processos mentais, não importa a opinião médica que se tenha deles, são fatores importantes para se entender a motivação e as decisões do presidente brasileiro, segundo relatos em “off” de pessoas que acompanharam diretamente como chegou a recentes posturas políticas.

IRRITAR OS CAMINHONEIROS – No caso da Petrobrás, por exemplo, o presidente acha que a conspiração foi armada via aumentos de preços do diesel para irritar os caminhoneiros que, por sua vez, têm a capacidade de paralisar o País e criar o clima de caos social para prejudicá-lo.

O mesmo ocorreu no caso do Banco do Brasil. O fechamento de agências, entende Bolsonaro, foi urdido com o intuito de prejudicá-lo entre o eleitorado de pequenas cidades e a pressão que elas exercem sobre deputados de várias regiões.

Mesmo a aprovação da autonomia do Banco Central (algo que ele defendeu em público durante a campanha) caiu sob a mesma interpretação: Bolsonaro acha que lhe foi retirado um poder efetivo, o de mandar na taxa de juros.

NÃO ENTENDE NADA – Auxiliares têm se esforçado em explicar ao presidente que a formação de preços no setor de energia, a política de pessoal em instituições financeiras públicas e a fixação da taxa de referência de juros obedecem a mecanismos complexos e a fatores entre os quais alguns (como o cenário internacional de juros e preços de commodities) escapam a qualquer controle brasileiro. Mas o presidente, segundo relatos confiáveis, não quer ouvir falar disso.

O mundo político e pessoal de Bolsonaro, de acordo com interlocutores frequentes, é completamente dominado pelo empenho pela reeleição e a luta para sobreviver às conspirações para tirá-lo do poder e aplainar a volta de Lula.

Frases ditas pelo ex-presidente petista em entrevistas recentes, como a importância de se preservar a atuação do Executivo sobre a Petrobras, são mencionadas por Bolsonaro em conversas privadas como “prova” do que diz ser necessário manter como “instrumentos de poder”.

PANDEMIA CONSPIRATÓRIA – A crença em conspirações tramadas por adversários estava presente também na maneira como Bolsonaro reagiu à pandemia. Depois de acreditar que o alarme sobre o vírus não passava de tentativa de desestabilização, o presidente passou a enxergar nas medidas restritivas adotadas por prefeitos e governadores apenas uma tática política de indispor a população contra o poder central.

Ele acredita, de fato, que seus adversários continuam tentando criar uma situação de baderna à la Chile por meio do desemprego, miséria e fome. E o que é pior: com o dinheiro que ele, Bolsonaro, está disponibilizando via ajudas emergenciais.

Quem conversa muito com o presidente afirma que ele só pensa em reeleição e submete qualquer outro tipo de consideração – como “intervencionismo” ou “liberalismo” na política econômica – ao cálculo político-eleitoral de prazo curtíssimo.

POSTURAS CONTRADITÓRIAS – É o que o faz defender posturas aparentemente contraditórias. Intervir na formação de preços de combustíveis (e a ação vai se estender também ao setor elétrico) fez desabar os mercados, dos quais dependem os humores de investidores, mas energizou seu núcleo eleitoral duro.

O mesmo vale para a ajuda emergencial imediata, âmbito da ação política na qual Bolsonaro conta com as fortes simpatias do Centrão e sua prática de fazer agrados com o dinheiro do contribuinte. Nas complexas discussões sobre ajuda emergencial e teto de gastos Bolsonaro julga ter chegado ao fundo da questão.

As preocupações com a situação fiscal são tidas pelo presidente como pretextos de cínicos gananciosos que não entendem nada de política. “Tudo bem que a tua turma ganha dinheiro, PG”, já disse Bolsonaro mais de uma vez a Paulo Guedes, “mas não me tira poder”.

10 thoughts on “No peculiar mundo político de Jair Bolsonaro, há abundância de teorias conspiratórias

  1. William Waack não entende nadica de Teoria Conspiratória kkk KKK kkk

    Nem nosso CN … impedindo o Schossland de expor algumas.

    A mais furada é sobre Governo Mundial … AntiCristo etc que aterroriza os populistas … que acham que combatendo o Globalismo estão agradando o Senhor.

      • http://www.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/audiences/2001/documents/hf_jp-ii_aud_20010131.html

        JOÃO PAULO II … AUDIÊNCIA GERAL … Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2001

        Para um novo Céu e uma nova Terra

        Queridos Irmãos e Irmãs, … 3. Eis a atitude desencorajada dos que renunciam a qualquer empenho em relação à história e à sua transformação. Estes estão convencidos de que nada pode mudar, que qualquer esforço é vão, que Deus está ausente e não se interessa minimamente por este minúsculo ponto do universo que é a terra. Já no mundo grego alguns pensadores ensinavam esta perspectiva e a Segunda Carta de Pedro talvez reaja também a esta visão fatalista com evidentes aspectos práticos. De facto, se nada pode mudar, que sentido tem esperar? A única coisa é pôr-se à margem da vida, deixando que o movimento repetitivo das vicissitudes cumpra o seu ciclo perene. Nesta perspectiva muitos homens e mulheres já caíram na margem da história, sem confiança, indiferentes a tudo, incapazes de lutar e de esperar. Pelo contrário, a visão cristã é ilustrada por Jesus de maneira clara, quando, “interrogado pelos fariseus sobre quando chegaria o reino de Deus, lhes respondeu: “O reino de Deus não vem de maneira ostensiva. Ninguém poderá afirmar: Ei-lo aqui ou ali, pois o reino de Deus está dentro de vós”” (Lc 17, 20-21).

        4. À tentação de todos os que imaginam cenas apocalípticas de irrupção do Reino de Deus e de todos os que fecham os olhos entorpecidos pelo sono da indiferença, Cristo opõe a vinda sem clamor dos novos céus e da nova terra. Esta vinda é semelhante ao escondido mas fervoroso germinar da semente na terra (cf. Mt 4, 26-29).
        Por conseguinte, Deus entrou nas vicissitudes humanas e no mundo e procede silenciosamente, esperando com paciência a humanidade, com os seus atrasos e condicionamentos. Ele respeita a sua liberdade, apoia-a quando ela é atormentada pelo desespero, condu-la de etapa em etapa e convida-a a colaborar no projecto de verdade, de justiça e de paz do Reino. Por conseguinte, a acção divina e o empenho humano devem entrelaçar-se entre si. “A mensagem cristã não afasta os homens da construção do mundo nem os incita a desinteressar-se da sorte dos seus semelhantes: impõe-lhes, ao contrário, um dever mais rigoroso” (Gaudium et spes, 34).

        Sds.

    • Prezado Padre Leôncio,

      Schossland, que cultiva as mais sinistras teorias da conspiração, misturada com numerologias e bruxarias, está fora do Blog porque costuma ofender pessoas queridas aqui, como o Dr. Jorge Béja e o comentarista Francisco Bendl. Persegue, insulta e ofende. Tenho o trabalho de deletá-lo diariamente, porque ele não se conforma e continua escrevendo. Há outros como ele. Tanto lugar na internet para escrever, mas fazem questão de aparecer aqui. Por que será?

      Abs.

      CN

  2. Vejam a diferença de
    um verdadeiro lider de uma nação que realmente se preocupa com o seu povo, Benjamin Netanyahu
    Primeiro-ministro de Israel.

    https://youtu.be/tJiDkWUAJEM

    Depois vejam as reações de um escroto que brinca de ser presidente.
    Um verdadeiro lider da desgraça do desespero e desolação!

    É CHOCANTE!!!

    O vídeo todo é interessante mas vejam apenas os primeiros quatro minutos e percebam que estamos diante de um verdadeiro DEMÔNIO!

    É ASSUSTADOR!!!

    Estamos vendo um GENOCIDA declarado e nada fazemos!

    IMPEACHMENT JÁ POR INSANIDADE!!

    https://youtu.be/JnJc56vZQDE

    Um forte abraço pra todos os amigos tribunários.
    JL.

  3. “No peculiar mundo político de Jair Bolsonaro, há abundância de teorias conspiratórias”. É o mesmo que no mundo politico da esquerdalha que vê ditadura, nazismo, fascismo e não sei mais o que. É tudo farinha do mesmo saco.

  4. Esse articulista…é mais um “comedor de lixo”…Escreve bobagens em cima de bobagens…é mais um que envergonha Líbero Badaró…também pudera fez sua experiência “jornalística ” na podridão da globo…só podia dar nisso…
    YAH seja LOUVADO SEMPRE…

Deixe uma resposta para Tribuna da Internet Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *