Partido Avante, que apoia Bolsonaro, é presidido no RS pelo ex-assessor “queridinho” de Dilma Rousseff

O verdadeiro dono do Partido Avante no RS é o "ex-menino" da Dilma: Anderson Dorneles

Dorneles tinha sala ao lado do gabinete da presidente Dilma Rousseff

Ricardo Antônio
Imprensa Livre

O verdadeiro dono do Partido Avante no Rio Grande do Sul é Anderson Dorneles, o mais próximo assessor da então presidente Dilma Rousseff, que tinha sala ao lado dela no Planalto e e ela chamava de “menino” e “queridinho”, até ser envolvido pela Lava Jato e ter R$ 2,2 milhões bloqueados pela Justiça.

Anderson Dorneles foi um dos criadores do Partido Avante no Rio Grande do Sul e se tornou presidente da legenda, que apoia o governo de Jair Bolsonaro. O “ex-menino” da Dilma é quem manda no Avante gaúcho…

DEMITIDO EM 2016 – Mas “o menino”, como Dilma chamou seu ex-braço direito por mais de 20 anos, não precisa prestar contas à ex-chefe desde sua demissão, em fevereiro de 2016…

Ele foi exonerado do cargo depois que começou a circular a informação de que era sócio de um bar dentro do estádio Beira-Rio, obra ligada à empreiteira Andrade Gutierrez, investigada pela Lava Jato por suspeita de corrupção em empreendimentos da Copa do Mundo de 2014.

Dilma ficou furiosa e pediu que o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, hoje seu advogado, buscasse esclarecimentos com Anderson. Sem eles, ordenou que “o menino” deixasse o cargo. E não se falaram mais.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Como dizia Vinicius de Moraes, a vida é assim, cheia de encontros e desencontros. (C.N.)

3 thoughts on “Partido Avante, que apoia Bolsonaro, é presidido no RS pelo ex-assessor “queridinho” de Dilma Rousseff

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *