“Só uma palavra me devora, aquela que meu coração não diz”, de Suely Costa e Abel Silva

Arquivo Pessoal/Divulgação

Abel Silva, um letrista extraordinário

Paulo Peres
Poemas & Canções

O professor, jornalista, escritor e compositor Abel Ferreira da Silva, nascido em Cabo Frio (RJ), em parceria com Sueli Costa, revela na letra de “Jura Secreta” que, enquanto durou certo romance, muita coisa deixou de ser feita.  A música foi gravada por Simone no LP Sou Eu, em 1993, Sony/CBS.
JURA SECRETA
Sueli Costa e Abel Silva
Só uma coisa me entristece
O beijo de amor que não roubei
A jura secreta que não fiz
A briga de amor que não causei
Nada do que posso me alucina
Tanto quanto o que não fiz
Nada do que eu quero me suprime
De que por não saber inda dão quis

Só uma palavra me devora
Aquela que meu coração não diz
Só o que me cega, o que me faz infeliz
É o brilho do olhar que não sofri

3 thoughts on ““Só uma palavra me devora, aquela que meu coração não diz”, de Suely Costa e Abel Silva

    • A interpretação de Simone imortalizou essa letra e música.
      Se esses moços soubessem o que eu sei, não é Lupscinio Rodrigues, fariam muitas juras secretas e não deixariam de amar sempre, devorados pelas paixões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *