Uma canção de amor verdadeiramente genial, na poesia de Adalgisa Nery

Paulo Peres
Poemas & Canções

A jornalista e poeta carioca Adalgisa Maria Feliciana Noel Cancela Ferreira (1905-1980), mais conhecida como Adalgisa Nery, por seu casamento com o pintor Ismael Nery, no poema “Eu Te Amo”, fala do seu amor em todos os sentidos.

EU TE AMO
Adalgisa Nery


Eu te amo
Antes e depois de todos os acontecimentos
Na profunda imensidade do vazio
E a cada lágrima dos meus pensamentos.

Eu te amo
Em todos os ventos que cantam,
Em todas as sombras que choram,
Na extensão infinita do tempo
Até a região onde os silêncios moram.

Eu te amo
Em todas as transformações da vida,
Em todos os caminhos do medo,
Na angústia da vontade perdida
E na dor que se veste em segredo.

Eu te amo
Em tudo que estás presente,
No olhar dos astros que te alcançam
Em tudo que ainda estás ausente.

Eu te amo
Desde a criação das águas,
desde a ideia do fogo
E antes do primeiro riso e da primeira mágoa.

Eu te amo perdidamente
Desde a grande nebulosa
Até depois que o universo cair sobre mim
Suavemente.

7 thoughts on “Uma canção de amor verdadeiramente genial, na poesia de Adalgisa Nery

  1. “Na profunda imensidade do vazio”
    Adalgisa Nery
    ————————————————

    Mesmo um mendigo de rua
    Pode sonhar ser dono da lua
    Da Torre Eiffel, inventor do can-can
    Até dono do Palácio de Buckingham

    A probabilidade dos seus sonhos é zero
    Mas não esqueçamos que Roma
    Pertenceu um dia a Nero.

    Diferente é imaginar que o vazio é infinito
    Por ser um tremendo e inaceitavel conflito
    Com o que diz há muito a nossa Ciência:
    O espaço é do Bang-Bang uma consequencia!

      • O vazio existe sim! Taí Bolsonaro para provar com o seu desgoverno oco de inações.
        O Capetão nos levou ao estado de imponderabilidade com gravidade: um paradoxo que nem A. Einstein resolveria. Mas eu posso apontar: quem duvidar que estamos vivendo, na ausência da força gravitacional, taí a Pandemia, não é uma situação de Gravidade?

  2. 1) Licença, por falar em amor…

    2) Hoje, 19/04/21, Dia de Nossa Senhora 33, padroeira do Uruguai. Devoção vem desde o século 18.

    3) Para os que acreditam: durante 33 dias reze 1 Ave Maria e visualize a solução do seu pedido. E haja com perseverança, Boa Sorte !

    4) Abração Lionço, outro dia me chamaram de “budistólico = budista e católico”.

    • Professor, Antonio Rocha, não é um “budistólico’, e sim um ecumênico eclético, tecelão da mais refinada filigrana do bem.
      O seu próprio nome, já fala por si: incomprável, inconcusso, incorruptível…..E o seu sobrenome foi o alicerce, sobre o qual, Jesus edificou a Sua igreja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *