PCC ganha “sócios” na Europa e se torna uma “facção global’, diz The Economist

Relatório aponta que cerca de 1.000 membros do PCC atuam em Portugal | CNN Brasil

CNN fez a primeira denúncia sobre a ação do PCC na Europa

Nelson de Sá
Folha

Começou pela CNN Portugal, com relatório do órgão de segurança do país estimando “a presença de mil elementos ligados ao PCC” infiltrados entre os imigrantes. Em seguida, o Observer, edição de domingo do Guardian, publicou que o grupo “fundado numa prisão de São Paulo e que os EUA agora chamam de um dos mais poderosos do mundo” cresceu nos últimos cinco anos e estaria fornecendo “boa parte da cocaína da Europa”.

Por fim, na The Economist, “Gangue vira global”, associando-se a grupos como o italiano ‘Ndrangheta.

EM CRESCIMENTO – “Acredita-se que os membros do PCC estejam presentes em meia dúzia de países europeus, inclusive Grã-Bretanha”, diz a revista, que publica também um gráfico mostrando o salto na apreensão de cocaína na Europa, sob o titulo “Uma carreira cada vez mais longa”,

A revista e o jornal britânicos ouviram o promotor de Presidente Prudente voltado ao grupo, Lincoln Gakiya, e outras fontes, como InSight Crime, consultoria de Washington dedicada ao crime na América Latina, e um especialista ligado à Universidade de Chicago, com livro recente sobre o PCC. A Economist encerra dizendo que o Ministério Público de São Paulo tem investigado “prefeitos e vereadores” e que “o estágio final da transição para máfia global é a penetração na política”.

Paralelamente, a Associated Press despachou que a polícia paulista “prendeu um homem de 24 anos e deteve outros 33 indivíduos que transportavam drogas ingeridas para a Europa, segundo o secretário de Segurança Pública”. Os 33 foram liberados após depoimento.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGÉ a desmoralização absoluta. Depois de se tornar a nação que mais preserva a impunidade no mundo, pois é a única que não prende criminosos após condenação em segunda instância, o Brasil passa também a ser exportador de quadrilhas de narcotraficantes. Desse jeito, aonde é que nos vamos parar? (C.N.).  

17 thoughts on “PCC ganha “sócios” na Europa e se torna uma “facção global’, diz The Economist

  1. “Desse jeito, aonde é que nós vamos parar”?

    No Rio de Janeiro, uai!

    … Lugar onde matadores de aluguel milicianos são condecorados

    … sócios do Escritório do Crime são eleitos vereadores, deputados, senadores e até presidente da república!!!

    • A quadrilha é de SP, mas o recalcado tem que falar do Rio!
      Quando os Paulistas souberem que o PCC já controla regiões na cidade de São Paulo e também controla territórios no estado de São Paulo, ficarão surpresos.

      Os Paulistas só não estão vendo isso devido aos acordos firmados entre a burocracia política de São Paulo e setores da área de segurança pública do estado com a bandidagem desde que o PCC colocou o terror na cidade de São Paulo em 2006.

      Mas sabe como é: uma hora o acordo acaba vindo da bandidagem. É só esperar.

  2. Em ação os tentáculos do “khazariano” Sindicato Internaciinal do Crime Irganizado!
    TODOS e uma só “idéia”!
    Alçar, o apropriado “Homem do Pecado”!

  3. Quando os Paulistas souberem que o PCC já controla regiões na cidade de São Paulo e também controla territórios no estado de São Paulo, ficarão surpresos.

    Os Paulistas só não estão vendo isso devido aos acordos firmados entre a burocracia política de São Paulo e setores da área de segurança pública do estado com a bandidagem desde que o PCC colocou o terror na cidade de São Paulo em 2006.

    A hora que o PCC der um murro na mesa e falar “Acabou o acordo”, adeus São Paulo.

    • Quando os Paulistas souberem que o PCC já controla regiões na cidade de São Paulo e também controla territórios no estado de São Paulo, ficarão surpresos.

      De quais paulistas o sr. está falando.??

      Só para o Sr. saber, minha região é “dominada” pelo ovo de serpente gerado pelo FHCannabis….

      Sabe qual é a regra por aqui.??

      Naquele maio de 2.006, o Chefão que está preso, mandou um ‘salve” e ordenou até “toque de recolher”…

      • Só parece faltar saber as posições de hoje destes prominentes personalidades quias fizeram o acordo com o PCC

        Geraldo Alkcmin: Vice presidente da Rapuclica
        Alexendre da Moraes: Ministro do STF, presidente do TSE e etc…

      • só para completar

        na epoca o Sr. Geraldo Alkcmin foi o governador do estado SP
        e o seu secratario de Defesa Publica é o Sr. Alexandre Moraes – recém adotado por indicação da escritirio da advocacia das defensores da cupola do PCC

        Não devemos esquecer o que na epoca e no hoje o presidente da republica chama-se Luiz Ignacio L. da S.

        O circo parece fechou, foi uma luta grande, historico pelo pobres
        (pelo pobres traficantes)

  4. O tráfico de drogas e o consumo de drogas é de difícil combate, isto porque envolve dois atores, o vendedor de drogas e o consumidor em que um depende do outro. É o princípio fundamenta das partidas dobradas.
    É preciso deixar claro que o viciado não é um criminoso, é como uma doença grave, precisa de tratamento.
    Tem jeito? Tem, mas precisa de várias medidas que vai da educação, à reforma do sistema prisional, (preso tem de trabalhar), a reforma do Código Penal e do Código do Processo penal, e o viciado tem que ser levado a tratamento compulsoriamente etc.
    Ainda há a dificuldade devido as reações discordantes que não entende que a sociedade é dinâmica e o direito tem de acompanhar a sociedade.

    • Paulistas acham que vivem em um “país de primeiro mundo ” onde tudo funciona.

      A criminalidade em SP é burocrática e já mostra como política, segurança pública, judiciário paulista e organizações criminosas, que estranhamente foi resumida em “PCC”, são uma coisa só.

      Desde que o PCC colocou o terror na cidade de São Paulo em 2005, lá foi criado a farsa de que tudo está sob controle, e que “a bandidagem em SP não se cria”.

      Só que não se explica como é que as organizações criminosas vem ganhando poder cada vez mais em SP?!

  5. É natural que facções façam associações. O PCC, no caso, procura “sócios” em outros países. E cada país, pode até ser por cooperação, deve combater os seus criminosos.

    Assim, o artigo da The Economist parece mais preconceituoso do que sério. Não vamos cair nessa,

    • Se vingar do Moro? O cara nada fez pra punir a gangue do PCC. A única coisa que Moro fez, foi perseguir o Lula (e não achou nada!) e o PT e livrar a cara dos verdadeiros corruptos dos outros partidos, muito, mas muito mais bandidos e corruptos.

  6. Portugal poderia pedir a Israel que colocasse o Mossad para caçar e exterminar essas pragas. Os lideres do Hamas que estão financiando os ataques a Israel,logo estaram mortos. Israel bem que poderia treinar brasileiros para exterminar os VERMES do Brasil,engravatados e demais bandidos. No Brasil só a morte pode acabar com a impunidade. Não há outra justiça,tolos são os que acreditam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *