Kassab cortejado por todos os candidatos, mas prefere favoritos e no aposta em pangars

Imagem analisada visualmente

Charge do Toni (Arquivo Google)

Vicente Limongi Netto

A jornalista Eliane Cantanhde (Estado, dia 20/02) quer saber quem o esperto e volvel Gilberto Kassab namora, atualmente, no jogo da sucesso presidencial. Se Lula, Rodrigo Pacheco, Eduardo Leite ou Bolsonaro? Kassab, antes de sair de casa, joga bzios e cartas, para ver o nome que mais se coadune com seus interesses eleitoreiros.

Para o criado e dono do PSD, os planos esto dando certo. Kassab sabe que em poltica vale tudo, menos perder. Flutua com desembarao em todos os partidos. Tem amizade e respeitado por todos os candidatos.

Neste momento, o nome do corao dele o de Eduardo Leite. Est convencido que o jovem governador gacho tem qualidades e chances de tirar do marasmo e do impaludismo poltico a ofegante terceira via. Como no gosta de pegar chuva na poltica, nem bola nas costas, Kassab sempre tem por perto um imenso e seguro guarda-chuva. Aceitar de bom grado a vice-presidncia da Repblica na chapa de quem tenha mesmo chance de vitria e jamais aposta em pangar.

VOLTA DA CENSURA – Lamentvel, vergonhoso, ultrajante e inacreditvel. o fim da picada que o Correio Braziliense tenha censurado meus comentrios-cartas sobre Arnaldo Jabor. Tudo indica que o Correio providenciar um busto, na entrada do prdio, para incensar o crpula Jabor.

O centenrio jornal, que guarda em suas pginas, matrias minhas, assinadas, do exterior, ao tempo do saudoso Ronaldo Junqueira, jogou no lixo meu direito ao contraditrio, uma regra bsica, saudvel e democrtica, que dignifica e valoriza o bom jornalismo.

Jamais esperava, com 77 anos de idade, 50 deles como jornalista, voltar a ser censurado. O mais grave, censura prvia. Como na poca que escrevia para a saudosa Tribuna da Imprensa, do bravo e inigualvel, Hlio Fernandes, entre 1968 e 1978, quando censores oficiais tomavam conta da redao.

DUAS NOTAS – Que ningum se atreva, dentro do governo Bolsonaro, a tentar atrapalhar a escalada de subservincia do procurador-geral da Repblica, Augusto Aras. Colocou as unhas de fora e gostou de lambuzar-se em puxa-saquismo. Age como esmerado capacho de Bolsonaro. Jogou suas fichas na reeleio do atual presidente.

Assim, espera ser premiado com a indicao para o Supremo Tribunal Federal. Senadores tm parcela de culpa, pois aprovaram Aras na sabatina pela reconduo na PGR, j sabendo quem na verdade era ele, quando Aras portou-se como samaritano, tentando enganar a todos. Ins agora morta.

Por fim, as lgrimas do veterano reprter Flvio Fachel, da TV Globo do Rio, cobrindo a tragdia de Petrpolis, foram emocionantes, exibindo aflitos clamores das boas almas e dos coraes indignados com tanta violncia, tragdias e descasos com o ser humano. O choro de Fachel repdio coletivo aos governantes incapazes, insensveis, demagogos e despreparados.

Para os moradores de Braslia, a ausncia de Arnaldo Jabor certamente no faz a menor falta

Morre Arnaldo Jabor: FRASES | Pop & Arte | G1

Jabor ironizava os moradores de Braslia como se fossem polticos

Vicente Limongi Netto

Informo aos desavisados e desinformados, para no parecer que sou leviano, grosseiro, desumano ou desrespeitoso com o defunto, que desde 2009 repudio e retruco com nfase, com textos assinados, como fao habitualmente, galhofas e patifarias de Arnaldo Jabor. Os arquivos no mentem. Pesquisem.

Reitero agora que a cpia falsa e enfadonha de Nelson Rodrigues j foi tarde. No tenho razes para incensar figura desprezvel. Todas as vezes que me indignei com Jabor, foi por alguma forte razo. No acuso ningum gratuitamente.

JABOR E NELSON – Nessa linha, reporto-me ao artigo “Jabor e Nelson” no Correio Braziliense desta quinta-feira. dia 17, publicado pelo poeta, escritor e jornalista Severino Francisco. Discordo quando Severino aceita e enaltece os insultos de Jabor a Braslia e aos brasilienses. Com elogios exagerados aos dois. Inacreditvel.

No preciso que ningum me diga como proceder diante de maus governantes. Mas nunca enxerguei autoridade em Nelson Rodrigues nem no seu pattico aluno, Arnaldo Jabor, para jogarem as patas em Braslia. Quem muito se abaixa, aparece o fundo.

Tambm no achei a menor graa, ao contrrio de Severino, no suposto dilogo entre Jabor e Nelson, debochando de Braslia e seus moradores. No demora Severino vai propor, embevecido e emocionado, ttulo in memoriam de Cidado de Braslia para o desprezvel Jabor.

Bolsonaro tem muitos nomes a escolher para vice e pode convidar qualquer um, pois no faz diferena…

CHARGE  Blog do Cardosinho

Charge do Leonardo (Charge Online)

Vicente Limongi Netto

Bolsonaro no tem pressa nem esquenta os neurnios (v l, v l…) para escolher o nome do seu novo vice-presidente, parceiro na chapa para disputar o pleito de outubro. O estrategista Bolsonaro dispe de um oceano de nomes extraordinrios, respeitados e qualificados para escolher. Os adversrios e o povo em geral ficaro assombrados e enfeitiados com as opes aventadas.

A turma do “cercadinho” antecipa a lista, pois o presidente no guardou segredo. Nessa linha, constam da lista presidencial os nomes dos prendados e virtuosos filhos. O “Gabinete do dio” orgulho para o pai “coruja”. Qualquer um dos trs Zeros ficaria belo e fofo com o cargo de vice.

RAINHA DAS RACHADINHAS – Outro nome que o presidente guarda no corao o da ex-mulher Zero Dois, Ana Cristina Valle, cantada e decantada como a “Rainha das Rachadinhas”.

Se escolhida, pedir do senador Davi Alcolumbre, outro especialista no ramo, o apelo “Eu te ajudo e voc me ajuda”, para slogan da campanha.

Os destrambelhados Marcelo Queiroga e Eduardo Pazuello esto bem na foto como expoentes da longa lista. Bolsonaro conta com a pattica e bolorenta dupla na tarefa de construo de um Brasil justo e humano.

QUEIROZ, O EXEMPLO – Outro nome catalogado como forte, o de Fabrcio Queiroz. Imaculado cidado. O capito reformado se emociona com a lembrana do nome do ex-sargento da PM do Estado do Rio. Bolsonaro tem Fabrcio Queiroz como exemplo de valoroso ser humano.

Os paladinos de barro e toscos Srgio Camargo, da Fundao Palmares, e Mrio Frias, da Secretaria Especial de Cultura, so outros nomes fortes na avaliao do chefe da nao.

Para evitar queixas e mgoas da classe poltica, Bolsonaro tambm no esconde o entusiasmo pelo senador Luiz Carlos Heinze. O enfadonho e prolixo gacho ameaa divulgar pelo pas as maravilhas nunca comprovadas pela cincia, do uso da cloroquina e do kit Covid. Garante que ganhar pelo menos uma solidria, melanclica e sombria adeso, a dele.

SONHOS E ESPERANAS – A jornalista Ana Dubeux tem razo(Correio Braziliense- 13/02), preciso continuar alimentando sonhos e esperanas. Sonhar grande, mesmo atrelado nas dificuldades e lamrias, para aniquilar os maus espritos que rondam o sossego e a f das pessoas. Construir barreiras e pontes, corajosas e altivas, para afastar figuras desprezveis. “Sabemos que temos um longo caminho pela frente, que o voto pode mudar tudo, que a vida se refaz, apesar dos desumanos”, salienta Dubeux.

Por falar em esperana, no BBB-22 as meninas despertaram. Tudo indica que passaro a jogar duro, sem clemncia. No cairo mais nas conversas moles e dissimuladas do neto do ba e do amargo e frio Arthur.

Todos os integrantes da banda ruim foram homenageados com baldes de gua suja e fria, no jogo da discrdia. Show de bola. So eles, Pedro Scooby, Douglas, Thiago, Arthur e Paulo Andr. Pelo jeito e pela arrogncia demonstrada, Gustavo, vindo da Casa de Vidro, est ansioso para entrar no clube dos pretensiosos. No confivel jovem que usa bermuda, com tnis e meias at a metade da perna. Cruzes.

Jair Bolsonaro segue para Moscou sonhando se tornar destaque na diplomacia mundial

Conhea o 'AeroLula' - 21/01/2019 - Aerolula - Fotografia - Folha de S.Paulo

O Aerolula j est preparado para a viagem at a Rssia

Vicente Limongi Netto

O presidente brasileiro promete acabar com a insnia de Vladimir Putin. Viaja decidido a terminar com o arranca-rabo entre Rssia e Ucrnia. Tarefa espinhosa que pases? como a Frana, Alemanha e China no conseguiram.

Com a fleugma habitual e o taxativo e didtico “toquei”, o super-homem que atual inquilino do Palcio da Alvorada pretende acabar com a beligerncia que ameaa a paz no Ocidente. Para tanto, pretende farta distribuio de leite condensado, farofa, pastel, cachorro-quente e caldo de cana.

Convencido do sucesso da sua empreitada, o vitorioso Bolsonaro convidar Putin e e o presidente ucraniano Zelensky para um memorvel passeio de moto em Brasilia, com direito a desbravar as guas do Lago Parano em possantes jet-skis.

PRESIDENTE P-FRIO Imaginem o Palmeiras campeo do Mundial de Clubes. O presidente Jair Bolsonaro no deixaria barato. Iria tirar onda com a camisa do time brasileiro, jurando que o clube dele de corao. Decretaria feriado nacional.

Condecoraria os atletas, dirigentes e roupeiros do alviverde paulista com a Ordem do Rio Branco e desfilaria com os jogadores, no carro de bombeiros, na volta gloriosa de Abu Dhabi, nos Emirados rabes Unidos.

Caso a adrenalina passasse dos limites, Bolsonaro anunciaria a nao que desistiria da reeleio. Seria tomado por inesperado desprendimento e desejaria sorte ao vencedor. Finalmente tomaria vacina e depois iria pescar com os netos.

ARGELLO DE VOLTA – Boa sorte a Gim Argello, que est retornando ao cenrio poltico de Braslia (coluna “Do Alto da Torre”- Jornal de Braslia -09/02). O ex-senador brasiliense foi condenado em outubro de 2016 pelo ento juiz Sergio Moro a 19 anos de priso, por crimes de lavagem de dinheiro, corrupo passiva e obstruo de Justia, acusado de receber propina para evitar a convocao de empresrios na Comisso Parlamentar Mista de Inqurito (CPI) da Petrobras, em 2014.

A sentena de Argello foi depois reduzida a 11 anos e 8 meses pelo Tribunal Regional Federal da 4 Regio (TRF4). Ele chegou a ficar trs anos preso, cumprindo pena em Curitiba, mas foi solto em 2019 graas a um indulto assinado pelo ex-presidente Michel Temer.

Agora, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justia decide anular a condenao de Argello e devolver seus direitos polticos, por entender que o caso deveria ter sido julgado pela Justia Eleitoral. Ou seja, mais uma vtima da torpeza e do aodamento jurdico, exclusividade quase absoluta dos sbios e isentos de meia pataca que formavam a fora-tarefa da Lava Jato. Agora, Argello estuda convites de partidos para se filiar e disputar algum mandato.

Lembrando o competente e digno reitor Jos Carlos Azevedo, alvo de patrulhas ideolgicas

fevereiro 2018  Thiago Maia Oficial

Jos Carlos Azevedo foi um admirvel reitor da UnB

Vicente Limongi Netto

No dia 11 de janeiro, o saudoso e competente Jos Carlos Azevedo, baiano de Salvador e inesquecvel reitor da Universidade de Braslia (UnB), completaria 90 anos de idade.

Oficial da Marinha, Azevedo era citado pela torpe e doentia patrulha ideolgica apenas como capito de mar-e-guerra, numa estpida e covarde tentativa de diminui-lo profissionalmente.

GRANDE MESTRE – A turba ignara omitia, por m-f ou ignorncia, que Azevedo tinha mestrado em Engenharia e Arquitetura Naval, em Fsica e em Engenharia Nuclear pelo respeitado Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos.

Foi reitor da UnB por dois mandatos. Inaugurou diversos cursos de graduao e ps-graduao. Construiu bibliotecas e contratou professores do Brasil e do exterior. Azevedo deixou a UnB sem dvidas e respeitada no Brasil e no exterior.

No preciso raciocinar muito para constatar, portanto, que os desafetos de Jos Carlos Azevedo no tinham e no tm gabarito intelectual para insult-lo. Nem colocar em dvida sua competncia.

CRTICA DE KRAMER – A propsito da melanclica UnB atual, que se dedica a promover cursos descabidos, exticos e at inacreditveis, escreve o ex-professor da instituio e atilado cientista poltico Paulo Kramer:

O que dizer de centros acadmicos que, em vez de reclamar da falta de papel higinico e sabo nos banheiros da UnB, se deixam instrumentalizar para falar mal do nico Estado 100% democrtico do Oriente Mdio (Israel)?!?, critica, acrescentando:

Enquanto isso, nosso querido Lbano, unido ao Brasil por laos to fortes e antigos, e que, durante dcadas, deu ao mundo uma preciosa lio de convivncia multitnica/multirreligiosa, hoje, infelizmente, est ‘sequestrado’ pela milcia xiita pr-Ir, e ningum diz nada….

ZERO TRS – Insinuando que as mulheres no tm competncia, o arrogante, insolente e destemperado deputado Eduardo Bolsonaro teve a ousadia de escoicear engenheiras e trabalhadoras paulistas, por ocuparem a maioria dos cargos em obras pblicas como a expanso do Metr, que teve graves problemas com as chuvas torrenciais.

Eleito por So Paulo, o destemperado filho Zero Trs de Bolsonaro seguramente ter o merecido troco nas urnas de outubro.

BBB-22 – As mulheres da Casa resolveram sair do marasmo e passaram a dominar as aes. Os bastidores do jogo esto animados.

Maria, Jade, Barbara, Natlia e companhia mostram que no daro mais espaos nem trgua para a banda sonsa e dissimulada, formada por Tiago, neto do homem do ba, Arthur, Douglas, Paulo Andr e Pedro Scobby.

Breve chegar a vez e a hora do “filsofo” Tiago virar monstro e tambm ir para o paredo

Renan Calheiros renova o acordo para o MDB de Alagoas apoiar Lula j no primeiro turno

Renan Calheiros se encontra com Lula e defende apoio do MDB ao petista - ISTO Independente

Renan, Lula e Renan Filho fecham mais um acordo poltico

Vicente Limongi Netto

No dia 28 de janeiro a Tribuna da Internet publicou meu texto destacando as andanas de Lula, buscando aliados. Sublinhei que o pragmatismo poltico do ex-presidente abrangente. Finalizei observando que conversar no tira pedaos. Pois bem, nesta segunda-feira, 31 de janeiro, Lula conversou com o senador Renan Calheiros e com o filho dele, governador de Alagoas, Renan Filho.

H um ms eu j havia dito aqui que o MDB, mais adiante, apoiaria Lula. Pelo sorriso de Lula no encontro com Renan pai e filho, a candidatura de Simone Tebet j est indo para o espao. Inclusive dentro do prprio partido dela, o MDB. O jogo para profissionais. Depois de eleito que o vencedor merece se lambuzar com farofa.

A DOR DE QUEM FICA – Saudade a chama do amor eterno. Floresce na alma dos que ficam. a palavra mgica e sublime que abrange trauma, amor, tristeza, mgoa, lembrana, iluso, sentimento, sorriso, aflio, ausncia, conflito e solidariedade. Nesse sentido, li com ateno e emocionado, a matria “A dor de quem fica”, de Edis Henrique Peres (Correio Braziliense – 30/01), com histrias candentes de alguns que perderam familiares e amigos na apavorante, cruel e interminvel pandemia.

Raros no foram afetados, na atual quadra, pela dor da perda. Guardo lembranas e saudades de familiares, amigos, colegas de trabalho e do futebol, tragados pela pandemia. Seres humanos dignos e inesquecveis.

Como Said Dib, Luiza Silva, Helio Fernandes, Agnaldo Timteo, Jos Maria Pinheiro, Karin Eid, Nazar Limongi Cabral, Jos Dutra, Perptua Pimentel e irmos Luiz e Mrio Tadros. A eles, um at breve.

SOB NOVA DIREO – O constitucionalista Jos Alberto Simonetti o novo presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). E foi logo avisando que a entidade apartidria e est aberta ao ttulo com todos os candidatos Presidncia da Repblica.

O jovem Simonetti segue a trajetria de outro ilustre e qualificado amazonense, Bernardo Cabral, que, assim como ele, h 31 anos ocupou a secretaria-geral e, mais tarde, o comando da OAB. E o pai e xar de Simonetti foi presidente da OAB do Amazonas.

enorme e significativo o apreo e admirao do novo presidente por Bernardo Cabral. Tanto que deu o nome do ex-senador e ex-ministro a um dos filhos.

NETO DO SLVIO – O jogo no BBB-22 promete esquentar. Sair do marasmo e da chatice. Thiago Abravanel, herdeiro do ba da felicidade, indicou Rodrigo para o paredo porque teme o poder de argumentao do ex-pedreiro e gerente comercial. Thiago se julga o inventor do monoplio da verdade e da razo. Desde cedo colocou as unhas afiadas de fora. Temido pela maioria por ser artista famoso e neto de Silvio Santos. Filosofa pelos cotovelos.

Thiago conta com quatro inseparveis e tambm marrentos fantoches: Douglas, Paulo Andr, Arthur e Pedro Scobby. Rodrigo implora pela reao dos aliados, alegando que o esporte predileto dos adversrios debochar e rir da cara deles. Para Rodrigo, preciso jogar duro com Thiago Abravanel e companhia. Penoso castigo ser aguentar o neto de Silvio Santos como lder da casa at o prximo domingo. Ningum merece.

Lula tambm busca apoio do Centro, para tentar vencer esta eleio logo no primeiro turno

Centro reafirma apoio a Temer no Congresso para aprovar medidas econmicas  | ASMETRO-SI

Charge do Nani (nanihumor.com)

Vicente Limongi Netto

Admitindo dialogar com o Centro (Correio Braziliense – 27/01), Lula da Silva amplia, a meu ver, as chances de liquidar a fatura no primeiro turno das eleies presidenciais. Nunca votei nele, nem pretendo votar. Lido com fatos. No toro nem distoro. O pragmatismo poltico do ex-presidente abrangente. Sabe que para governar precisa contar com aliados. Procura cativar e atrair quem tem flego e cintura poltica.

Como observou o experiente senador Renan Calheiros, “Lula tem capacidade de articular diferentes foras polticas a seu favor”. Lula dorme e acorda fazendo poltica. Cresce e avana diante do estarrecedor paludismo poltico-eleitoral dos adversrios.

Valdemar Costa Neto e Ciro Nogueira, detentores das maiores fatias do bolo e das riquezas do Centro, aguardam, de braos abertos, conversar com o sedutor Lula. So do ramo. Ambos j foram aliados declarados de Lula.

Na quadra atual, os tinhosos comandantes do Centro esto casados, de papel passado, com Bolsonaro, no Oramento e no Fundo Eleitoral. Conversar no tira pedaos.

OLAVO E APOSENTADOS – Quando Olavo de Carvalho escrevia no O Globo e na Folha de So Paulo, era lindo e maravilhoso. Leitura obrigatria. Um sbio. Bastou apoiar Bolsonaro para cair em desgraa e tornar-se indesejvel. a melanclica constatao da vitria do oportunismo, do cinismo, da calhordice e da hipocrisia. Tenho nsia de vmito.

Por fim, vamos receber parabns pelo Dia dos Aposentados. Classe operosa e digna. Merecedora de respeito. Trabalharam com dedicao, esmero e esprito pblico. Deram sangue, suor e lgrimas pelo Brasil. Vencem injustias, m-f e mesquinharia de boais e maus brasileiros.

Muitos insensatos permanecem encastelados em funes relevantes. Tripudiam nos idosos. So insensveis aos direitos dos que trabalharam a vida inteira. Esquecem, por ignorncia, que um dia tambm sero idosos e aposentados.

Robinho precisa ser extraditado para cumprir pena de priso na Itlia por estupro

Robinho  condenado a nove anos de priso

Procurado pela Interpol, Robinho no pode sair do pas

Vicente Limongi Netto

A justia italiana condenou por 9 anos, em regime fechado, o ex-jogador Robinho. Contudo, os italianos desejam que o ex-jogador cumpra a pena no Brasil. um escrnio empurrarem para o Brasil mais um canalha estuprador. J temos muitos por aqui. Soltos, cometendo mais delitos e rindo da cara da sociedade e da canhestra justia. Presente de grego dos italianos.

No Brasil,o moleque, irresponsvel e covarde Robinho no fica preso uma semana. mais fcil despoluir o Lago Parano ou acabar com a pandemia.

DIZ O CDIGO – Nessa linha, opina o brilhante advogado Bruno Henrique de Moura (Correio Braziliense – 20/01): ”Robinho no seria preso, porque o Cdigo Penal permite apenas a reparao do dano ou restituio de coisas e sujeit-lo medida de segurana, o que no o caso”.

Em portugus claro e rasteiro, a meu ver, melhor jogar o Cdigo Penal no lixo. O Brasil tem tratado de extradio em vigor com a Itlia, como ficou comprovado no caso do banqueiro Salvatore Cacciola, que se refugiu l e tinha dupla nacionalidade. E tambm na extradio do terrorista Cesare Battisti, que gozava da impunidade vigente no Brasil.

Se Robinho no pode ser extraditado, melhor rasgar e jogar no lixo o tratado de extradio.

EXEMPLO DE ELZA – Elza Soares lutou a vida inteira contra a depredao do amor. Combatia bravamente a impureza dos sentimentos. Foi parceira das estrelas da ternura e da altivez.

Nessa linha, a colunista Ana Dubeux (“Elza, a maior de todas”- Correio Braziliense – 23/01), traa o marcante e impecvel perfil da artista gigante que deixa um legado glorioso:

“A mulher do passado, do presente e do futuro que queremos ter e ser. Acima de tudo, como um smbolo da resistncia”.

NOVO BBB – Com todo respeito trajetria profissional e de vida dos participantes do BBB-22, nenhum deles se iguala ou suplanta Juliette, inegvel e marcante vencedora do BBB anterior, em carisma, serenidade, beleza, tirocnio, poder de convencimento, simplicidade, grandeza de atitudes e urea espiritual.

Torci e vibrei por ela desde o incio. Juliette foi grandiosa e impecvel no programa todo. Escorraada e humilhada, superou as adversidades com galhardia. Jamais fraquejou nem entrou no jogo sujo da intriga e da mesquinharia. Tticas comuns de aodados e desesperados, na medida que o programa avana.

A advogada e maquiadora paraibana continua cativante, espontnea e abenoada por Deus e pelos milhes de admiradores e seguidores. Imitada, inclusive por uma participante do atual programa. Mas longe e difcil de convencer o pblico, como nova Juliette.

Com a chave do cofre, o novo santificado Ciro Nogueira far preciosos milagres eleitorais

Renato Aroeira | Humor Poltico  Rir pra no chorar

Charge do Aroeira (Portal O Dia/RJ)

Vicente Limongi Netto

Paulo Guedes foi excludo do cofre do oramento. O combustvel das bombas do posto Ipiranga, as verborragias e os cursos de mestrado do ministro da Economia foram atropelados pelos tratores do vale-tudo da poltica. Os deuses da fortuna passaram a chave e o basto do tesouro para o caridoso senador e ministro Ciro Nogueira.

O Piau est orgulhoso com o prendado e humilde filho. O Santo Ciro distribuir os pes da ltima ceia de Bolsonaro com sentimento patritico. Ningum receber migalhas. A distribuio ser farta.

MILAGREIRO O novo santificado acabar com o desemprego e com a fome de milhes de crianas. Nenhum brasileiro ficar sem vacina.

Precavido, no livro dos mandamentos cvicos do Palcio do Planalto, o Santo Ciro mandou escrever que ao contrrio dos pes que sero distribudos para a populao esfomeada, os pes dos apstolos do Centro, sejam reforados com manteiga, queijo e mortadela.

Parecer que a estrada do Santo Ciro para vice de Bolsonaro no ter pedregulhos no meio do caminho.

QUERIDOS NETINHOS – A colunista Ana Dubeux cuida da neta com ternura, amor e dedicao (“Conversa com Liz”- Correio Braziliense – 16/01). Netos so anjos iluminando nossas vidas.

A relao de Ana com Liz sublime, cativante e afetuosa. Conversam abraadas. Riem alto. A vov Ana Dubeux se derrete todos os dias com Liz, de 5 anos. Procura deix-la em paz. Longe de tristezas e dos sufocos dos adultos.

Netos quando exclamam as douras mgicas, “v” ou “v”, afastam dissabores e temores da alma dos orgulhosos e corujes coroados da famlia.

Sabemos que so eles que salvaro o mundo da intolerncia, da m-f, da estupidez, da mesquinharia e da barbrie de sentimentos.

PONTO FINAL Os jornais noticiam que Lula visitou Dilma. Filme velho e macabro. Vai comear tudo de novo.

Uma imaginria carta de uma me aflita, triste e preocupada com as diabruras de seu filho

Me de Jair Bolsonaro recebe a segunda dose da vacina contra a Covid-19 |  Santos e Regio | G1

Me de Jair Bolsonaro, ao receber a vacina contra Covid-19

Vicente Limongi Netto

Ol, filho amado. Aqui tua me, Olinda. Volto a escrever. Pesarosa. Tentando sacudir teu corao. Estou triste e preocupada. Pare de dizer bobagens. Evite procurar sarna para se coar. O povo cansou das tuas diatribes.

Criamos voc com lies de respeito e amor ao prximo. Eu e teu pai procuramos dar a voc o norte sbio da vida. Sabamos que teu temperamento arredio e cido criaria problemas mais adiante. Desafogue teu corao de rancores. A nao precisa de paz. No tem cabimento abrir arestas com a Anvisa. Muito menos com ministros do Supremo Tribunal Federal. Abaixe o facho. Teus filhos maiores andam quietos. Permaneam assim. Boca fechada no entra mosca.

Do alto dos meus 95 anos, j vacinada, graas a Deus, digo-lhe que foi uma desgraceira dos diabos tua entrada na poltica. Voc ganhou mais inimigos do que chuchu na serra. Longe da poltica voc no teria sido vtima da sanha de um dbil mental. Rezei muito, mais do costume, pela tua recuperao. Jesus ouviu meus clamores. Voc j fez outras operaes. Mas toda vez que sai do hospital, volta mais ranheta. Dando caneladas em todo mundo. Contenha-se, filho. Voc j crescidinho.

Toda me quer o bem dos filhos. O tempo urge. Cuide com mais esmero da populao. Da populao que perdeu tudo com as enchentes. Das crianas que passam fome.

Coloque a reeleio na dispensa das coisas para depois. Respeite as normas sanitrias. Deixe de ser intolerante. Apoie a vacinao para crianas. Vacine pessoalmente dezenas delas. Coloque-se no lugar do mdico que perdeu a filha, de 6 anos, para a covid. Leve minha neta caula para vacinar. Abra o corao.

Inspire-se na alegria e na esperana dos idosos depois de vacinados. Comove coraes. Contenha-se nas atitudes. Aspereza e estupidez no elevam tua jornada.

Fico triste e desalentada, vendo na televiso voc sem mscara. Olhe para dentro de si. Me nunca erra. Reflita. Adormea a conscincia na serenidade. Deixe de ser aodado. Rodeie-se de auxiliares competentes e mande as favas os bajuladores. Procure guiar-se pelo bom senso. Respire fundo para evitar dizer tolices. Fique esperto para as tramas do guloso Centro. Caso voc no cresa nas pesquisas, logo passaro a apoiar Lula.

No exagere no leite condensado. Faz mal ao colesterol. Mastigue bem os alimentos. Onde j se viu engasgar com camaro? Agasalhe-se bem. Toro por voc. Beijos da me que te ama. Olinda.

GRSON E HERALDO – Respeito e aplausos para Gerson Nunes, o inigualvel canhotinha de ouro do Tri, que completou 81 anos de idade. Niteri em festa. Ser humano irretocvel, Gerson encantou estdios e torcedores, com futebol inteligente e objetivo. Ainda hoje, passados 60 anos, o futebol penta campeo do mundo ainda no encontrou um meia armador a altura de Gerson. Inacreditvel.

Chefe de famlia exemplar, Gerson tem multido de amigos e admiradores no mundo inteiro. Sade e felicidade para ele.

Parabns ao jornalista, tambm “peladeiro” dos bons, Heraldo Pereira, por ter sido o nico profissional do Grupo Globo, em Braslia, entre tantos outros tambm excelentes reprteres, a ser lembrado e destacado nas mensagens de Ano Novo exibidas nas vinhetas da emissora.

ANLISE ISENTA – No forte coincidncia, mas apenas uma boa e isenta anlise. So 50 anos de vivncia poltica. Longe de ser domador de animais, mas convivendo com feras de todos os tipos.

Nesse sentido, diante da constatao do experiente colunista Luiz Carlos Azedo (Correio Braziliense 13/01),segundo a qual, “com muitos candidatos, a terceira via um fracasso anunciado”, recordo o que escrevi, em junho de 2021, na Tribuna da Internet e Correio Braziliense: O tempo passa e caciques de partidos contrrios a Bolsonaro e Lula parecem distantes da sabedoria poltica. No tm grandeza nem desprendimento para chegarem a um candidato que sensibilize e atraia o eleitorado, na disputa com Lula e Bolsonaro.

Por fim, uma pergunta inquietante: Voc deixaria seu filho, ou neto, ser vacinado contra a covid, pelo destrambelhado e servial ministro da Sade, Marcelo Queiroga?

Covarde e vergonhosa a atitude da TV Globo ao esquecer a morte de Helio Fernandes

Noticirio - Jornalismo srio, tico e atualizado.

Helio Fernandes, um nome para ser lembrado

Vicente Limongi Netto

Lamentvel, odiosa, covarde, impiedosa, intolervel e vergonhosa a falta de respeito com Helio Fernandes, neste domingo, dia 2, no programa de Luciano Hulk, pela TV Globo, no quadro homenageando personalidades que partiram durante a pandemia.

Foram lembrados jornalistas, cantores, atores, humoristas, atrizes, atletas, mdicos, empresrios etc. Foi tocante. Porm, no tiveram a decncia, a grandeza, a dignidade, o desprendimento e a retido de focalizar, ou pelo menos citar Helio Fernandes.

AOS 100 ANOS – O valoroso reprter (como ele prprio se denominava) era o decano do jornalismo mundial e partiu com 100 anos de idade. At o fim, no deixava de escrever no blog e dava entrevistas a cineastas e pesquisadores.

Helio Fernandes foi o jornalista que mais vezes foi preso ou detido para averiguaes no regime militar, confinado trs vezes em Pirassununga, Campo Grande e Fernando de Noronha. Foi tambm o nico jornalista a ser julgado no Supremo, quando o presidente Joo Goulart quis prend-lo por divulgar um documento secreto do Exrcito, sem revelar sua fonte, que tinha sido o general Cordeiro de Farias.

A vida inteira efendeu a liberdade de imprensa e a democracia. Jamais se submeteu aos caprichos de poderosos de planto.

CONSELHEIRO DA ABI – Por dcadas foi conselheiro da Associao Brasileira de Imprensa. Escrevia com coragem, destemor e iseno. Sobre todos os assuntos. Tinha memria privilegiada.

Oportunistas e demagogos tinham pavor das verdades e denncias de Helio Fernandes, que no se intimidou nem mesmo quando falsos democratas jogaram bombas no prdio da Tribuna da Imprensa, em 1981.

Detalhe importante: Rodolfo Fernandes, um dos filhos de Helio e Rosinha, foi respeitado e qualificado diretor de redao de O Globo. Triste e inacreditvel a torpeza e a mesquinharia da emissora platinada com Helio Fernandes. Desrespeitaram a memria de um patriota autntico.

TRATAR AS FERIDAS – Ana Dubeux (Correio Braziliense – 02/01) mostra que permanecer com pena vigorosa, serena e atenta, no ano novo. A atilada jornalista pondera: “Para seguirmos juntos e adiante, vamos precisar olhar as feridas e trat-las com o devido peso e respeito.

Para Ana, as urnas sero vlvula de escape do sofrido e guerreiro povo brasileiro. preciso votar com f e equilbrio. Crescer como cidados. Os resultados das eleies, em todos os nveis, mostraro se continuaremos infelizes, parados no tempo, politicamente, ou se Deus, o maior dos Estadistas, nos conceder graas com direito a esperanas para o pas e para as novas geraes. Oremos.

###
P.S.
Por fim, julgo colossal estupidez tripudiar sobre a sade de Bolsonaro. Politizar e debochar com a doena de quem quer que seja covardia e falta de respeito. O mal acaba voltando contra quem o faz. Deus repudia baixarias. (V.L.N.)

Ano novo rito de passagem para exercitar o perdo, como diz a jornalista Dad Squarisi

Jornalista Dad Squarisi

Vicente Limongi Netto

Com o corao alegre e esperanoso em dias melhores, tive oportunidade de ler, emocionado, um cativante texto da competente Dad Squarisi, “Rito de passagem”, destacado na coluna “360 Graus”, da jornalista Jane Godoy (Correio Braziliense – dia 1). Recomendo. Imperdvel. Merece ser compartilhado e alado as estrelas.

Dad Squarisi um anjo que vive entre os deuses do afeto e do amor ao prximo. Em seu artigo, recomenda desapegar de tudo que soa ou representa amarguras e tolices. E a doce Dad enftica: “Perdoar. dios rancores e ressentimentos so cadveres que clamam por sepultura”.

FILTRAR HBITOS – A consagrada jornalista tem razo. preciso levar os coraes para perto da paz. A solidariedade precisa manter lugar cativo na vida das pessoas. Para Dad Squarisi, “perdoar faz bem a quem perdoa. Deus d o exemplo. Perdoar o vcio do Senhor”.

Assim, precisamos filtrar hbitos. Respeitar as pessoas. Espritos serenos e pacificados atraem bons fludos. Rejuvenesce o sorriso. Uma das misses do ano novo reinventar o ser humano. Lutar para expulsar de dentro de si os sintomas do medo, do egosmo, da vaidade, da explorao do pnico e do pessimismo.

O texto da competente Dad Squarisi tem a energia dos sonhos. Ensina que ningum merece viver atormentado e preso a tristeza. necessrio vestir a alma de branco. Com flores e carinhos. Recheados de amor e sol.

PLANO SINISTRO Mas claro que existe o outro lado da moeda. A bem informada coluna “Do alto da Torre”(Jornal de Brasilia – 29/12) revela plano sinistro da medonha, ressentida, repugnante e deplorvel deputada Bia Kicis.

Segundo a notcia, a pattica deputada pretende acelerar a tramitao da emenda constitucional que reduz de 75 para 70 anos de idade, a data de aposentadoria compulsria dos servidores pblicos.

A pressa da servial e degradante parlamentar atende interesses esprios do presidente Bolsonaro, visando atingir ministros do STF, considerados desafetos do chefe da nao. Bia Kicis uma das expoentes da tropa de sabujos enfurecidos que Bolsonaro alimenta.

###
P.S.
Por fim, agradeo s mensagens recebidas a propsito da perda de nosso grande amigo Said Dib, uma pessoa muito conhecida e admirada aqui em Braslia. Como disse o advogado Manoel Alexandre, do Sebrae, Said se foi de corpo, mas est e estar sempre entre ns. Mesmo assim, vamos sentir muito sua ausncia. (V.L.N.)

Neste mundo to desencantado, ter amigos renascer todo dia, para poder seguir em frente

O grande amigo Said Dib, com os filhos Miguel e Manuela

Vicente Limongi Netto

“Ter amigos renascer todo dia”. A sntese perfeita do belo artigo de Ana Dubeux (Correio Braziliense- 26/12) floresce a alma e ilumina o corao. o amigo que fortalece nosso esprito. “A amizade real no acaba por bobagem, nem por distncia nem por morte”, salienta a jornalista. Nos momentos difceis os amigos surgem como blsamo.

Esto sempre do teu lado. Desinteressados, generosos e desprendidos. Amigo vale mais do que ouro. Parabns, Ana Dubeux, pela ternura das palavras. Vamos separar, de uma vez por todas, os verdadeiros amigos e os falsos. Cretinos, bajuladores e oportunistas. Estou farto deles.

NATAL TRISTE Senti o conforto dos amigos neste Natal, um dos mais amargos que j passei. Desolao completa. Tristeza absoluta. Deus levou para perto de si, na vspera de nossa reunio familiar, um valoroso ser humano que ns amaremos para sempre, Said Dib, meu querido genro.

Said foi um bravo a vida inteira. Trabalhador, leal, competente e corajoso. Tive orgulho e prazer de ser amigo e sogro dele. Compartilhando emoes, lies e solidariedades que jorravam da sua alma abenoada.

Said Dib deixa um buraco em nossos coraes, mas estar para sempre nas melhores lembranas de todos aqueles que o conheceram e amaram.

REPETIO E MONOTONIA triste tambm constatar que Roberto Carlos j sente o peso da idade. Seu programa natalino na Globo decepcionou. Montono. Convidados patticos. Repetitivo. Como toda a Globo, de maneira geral. Sandy ainda levou o marido. Faltou o maninho Jnior no pacote de chatices. Ou Chitozinho e Xoror. Francamente. Dose cavalar. Todo ano a mesma chatice.

Roberto Carlos nunca teve grandeza de convidar Agnaldo Timteo,que sempre teve carinho e respeito por ele. Muito menos Agnaldo Rayol. Artistas completos e inesquecveis.

“Reencontro do tdio e da chatice”, seria a melhor chamada do medonho programa. Roberto fala com dificuldade, no se expressa bem. Pior, no canta mais com a mesma emoo. Desse jeito, vai acabar fazendo shows na barca Rio-Niteri.

Davi Alcolumbre vai ser o novo lder do governo. Ou seja, o cargo continuar vago…

Alcolumbre sonha (?) em continuar presidente do Senado, alterando a Constituio - Flvio Chaves

Charge do Genildo (Arquivo Google)

Vicente Limongi Netto

O mundo apavorado com a pandemia, novas variantes causando pavor e mortes, fome e misria aumentando, a cincia trabalhando incansavelmente para evitar mais transtornos e tragdias. Enquanto isso, Jair Bolsonaro prossegue em campo oposto, agindo ardorosamente contra a sade e o bem-estar da populao.

A nova estupidez do mito de barro, no seu j extenso rosrio de sandices, visa diminuir e desmoralizar o trabalho e as aes da Anvisa. Bolsonaro representa o atraso. irrecupervel. Incapaz de gestos de grandeza. Apequena o cargo.

CONTRA A VACINA – Como palanque eleitoreiro, o capito Cloroquina coloca-se contra a vacinao de crianas de 6 a 12 anos, j em prtica, com sucesso, em dezenas de pases.

E tem o apoio incondicional do capacho que se diz ministro da Sade, Marcelo Queiroga. Ambos trabalham contra milhes de vidas. Unidos pela infelicidade dos brasileiros.

A maioria esmagadora dos brasileiros conta nos dedos, ansiosa pelas eleies de 2022, para enfim conseguir mandar Bolsonaro de volta sua vidinha medocre.

LIDERANA VAZIA – O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) ser o novo lder do governo, no lugar do senador Fernando Bezerra (MDB-PB). Ou seja, o cargo continuar vago.

E depois dessa notcia-bomba sobre o vazio da liderana do governo, surge uma pesquisa esquisita e despropositada do DataFolha, montada especialmente para apontar Lula como o melhor presidente de todos os tempos, apesar de ter comandado o maior esquema de corrupo da Histria Universal. E coloca Fernando Collor como um dos piores presidentes do Brasil. Logo Collor, que derrotou Lula e foi quem tirou o Brasil das amarras do atraso, alm de deixar leis que permanecem vigorando e servindo aos brasileiros.

SONHOS E DEVANEIOS – Aos incansveis sonhadores e otimistas, toro para que 2022 traga mais po e feijo e menos canho; mais amor, menos desamor; menos desencontro, mais emoo; mais ternura, menos hipocrisia; mais ao, menos opresso; mais ousadia, menos covardia.

E mais considerao, menos mutilao; mais cortesia, menos empulhao; mais fineza, menos indelicadeza; mais alegria, menos tristeza; mais certeza, menos dvidas; mais emprego, menos desespero; mais f, menos desalento; mais espiritualidade, menos vigarice.

Mais lealdade, menos traio; mais inteligncia, menos burrice; mais entusiasmo, menos apatia; mais coragem, menos bazfia; mais eficincia, menos maledicncia; mais candura, menos iluso; mais responsabilidade, menos torpeza; mais flores, menos espinhos; mais conquistas, menos derrotadas; mais delicadeza, menos estupidez; mais amizade, menos oportunismo.

Antes tarde do que nunca, Fux agiu acertadamente, ao mandar prender os rus da boate Kiss

Boate Kiss: dois rus se entregam  polcia para cumprir priso - Massa News

Na rua, painel com as fotos das vtimas do incndio na Kiss

Vicente Limongi Netto

Notcias boas espantam maus espritos. Notcias ruins trazem melancolia e desnimo. Ambas se entrelaam. preciso fora e f para no sermos surpreendidos nem sufocados pela tormenta da mediocridade. Nesse sentido, aplausos para a deciso do presidente do Supremo, ministro Luiz Fux, determinando a imediata priso dos quatro rus condenados pela tragdia da boate Kiss.

Louvores tambm para outro ministro da Suprema Corte, Luiz Roberto Barroso, por exigir passaporte da vacina para passageiro que vier do exterior, porque no se deve facilitar. Alm disso, ministros do STF deram boa e necessria enquadrada no dissimulado procurador-geral da Repblica, Augusto Aras.

ANASTASIA NO TCU – O qualificado senador mineiro Antnio Anastasia foi eleito, com mritos, para ministro do Tribunal de Contas da Unio. Deu uma lavada de votos nos adversrios, Fernando Bezerra e Ktia Abreu.

Alis, no Senado h um sinal tenebroso dos tempos atuais. A bancada do Rio de Janeiro, que j contou com Afonso Arinos, Nelson Carneiro e Saturnino Braga, por exemplo, agora tem Romrio, Flvio Bolsonaro e um suplente desconhecido.

E as pesquisas eleitorais comeam a dar o ar da graa. Eleies ainda distantes, mas o momento poltico e os nmeros revelados indicam crescente evoluo de Lula, e a terceira via no existe. Reitero, a maioria dos candidatos, no so de nada. Querem mesmo ser lembrados para vice de candidatos com flego eleitoral. Forte coincidncia ou no, a prxima srie da Globo, “Passaporte para a liberdade”, pode significar, para a maioria dos brasileiros, a esperana de cravar o voto certo, nas eleies de 2022.

SEM REAJUSTE – Fantasiado de vestal grvida, o relator do oramento de 2022, deputado Hugo Leal, afirma que no h chances de reajuste salarial para servidores. Acrescentou ser preciso cortar gastos e excessos. O finrio parlamentar no tem moral nem autoridade para ser contrrio aos pleitos dos servidores. A classe est h seis anos sem reajuste.

Nessa linha, se realmente encontra-se imbudo de bons propsitos, o deputado deveria comear cortando seus prprios gastos. Mordomias de gabinete, cotas de servios grficos, para divulgar baboseiras, moradia de graa, cotas de passagens e de correios; cartes de alimentao e combustvel para carro oficial e particular e plano de sade, para si e dependentes.

CURTAS E GROSSAS E vamos a algumas pequenas informaes, sempre curtas e grossas. Por exemplo, chuvas so sinnimos de desolao e tragdia. Alagamentos, carros quebrados, buraqueira no asfalto e caladas em runas aqui em Braslia.

Em todo o pas, normas e leis desmoralizadas: ces brabos sem focinheira continuam matando inocentes; donos relapsos que no recolhem os detritos dos animais. Motoristas que no do seta para mudar de faixa ou atravancam o trnsito estacionando nos encostamentos das comerciais.

Desavisados e mal educados que cortam caminho pisando nos canteiros. E marginais que perturbam o sono alheio, com gritarias e msicas alm do horrio permitido. Tudo indica que a vigilncia trabalhar dobrado com as festas de final do ano.

Por fim, espetaculares e bem escritas as matrias da Editoria de Esportes do Correio Braziliense.

Tirem as crianas da sala! O Congresso criou novos programas de partidos polticos na TV

AINDA ESPANTADO: agosto 2012

Charge do Luscar (Arquivo Google)

Vicente Limongi Netto

De volta o medonho e pattico espetculo do rdio e televiso, o famigerado horrio poltico. Teremos de tirar as crianas da sala, para evitar contaminao. uma glamourizada pantomima de lorotas, promessas ocas e desfile de calhordas e canastres. No poupam a pacincia do eleitor. Mentem e pedem votos com cinismo e cara lambida.

O cidado recordar, entre indignado e envergonhado, por exemplo, no cardpio dos horrores, personagem diluviana flagrado pela polcia federal com dinheiro na cueca, assim como o filsofo do muro baixo, “eu te ajudo e voc me ajuda”, ensinando as mumunhas das “rachadinhas”.

01 EM CENA – Veremos tambm o ensaboado e achocolatado filho 01 do sbio de proveta, outro craque no mesmo ramo das rachadinhas, que enricou comprando e vendendo imveis em dinheiro vivo, exibindo agora a manso que comprou por 6 milhes de reais, depois da lavagem do dinheiro na loja da Kopenhagen.

Nesses filmes de terror, tambm surgir um ex-ministro dando aulas de como se paga tapioca com carto corporativo, alm de um balaio de sorridentes e finrios parlamentares com dicas como viajar para o exterior, para no produzir nada em benefcio da coletividade. Tudo custa do bondoso errio.

O show de patetices que invade os lares brasileiros, costuma deixar pontas de esperanas para figuras surrealistas com qualidades alm da poltica. Serve tambm para inspirar humoristas, figurantes de novelas e astros e estrelas de pornochanchadas.

PARA NADA – O empresrio e ex-senador Paulo Octvio foi o anfitrio do senador Rodrigo Pacheco, no almoo do Lide (LIDE Grupo de Lderes Empresariais, criado por Joo Doria antes de entrar na poltica), que reuniu cerca de 100 empresrios no Braslia Palace.

Evento simptico, farta distribuio de medalhas e discurseira manjada e surrada. Presena intil e evasiva de Rodrigo Pacheco, do ponto de vista poltico-eleitoral. Ou seja, no foi nada, no serviu nem acrescentou nada mesmo.

 

Enfim, o bom senso est prevalecendo, com cancelamento de rveillon e carnaval

Desciclopdia:Os melhores artigos/Rveillon - Desciclopdia

Charge do Kemp (humortadela.com.br)

Vicente Limongi Netto

Unidos contra o risco do avano da nova cepa, e em respeito aos alertas da cincia, governadores e prefeitos cancelaram festas de rveillon e carnaval. Pela prudncia e bom senso, merecem fogos de artifcios, mscaras, confetes e serpentinas. Nessa linha, os polticos mostram tambm que esto de olhos bem abertos para as vozes das urnas.

Em 2022, os eleitores estaro vigilantes e atentos aos governantes que atenderam e respeitaram as normas sanitrias, nos momentos difceis da pandemia. As urnas respondero aos que debocham da cincia, do uso da mscara e das vacinas. E certamente sero penalizados os governantes que demoraram a comprar vacinas e poderiam ter salvo milhares de brasileiros.

TUDO COMBINADO – No Senado, teatrinho da farsa, com roteiro demaggico, pattico e cretino. S faltou algum senador aparecer vestido de Papai Noel. Quinta-feira. Plenrio com qurum alto. Dia da votao da polmica PEC dos Precatrios. Antes, votaes para aprovar diplomatas para embaixadas no exterior.

As atenes da imprensa voltadas para o desfecho da concluso dos trabalhos. Como combinado, o senador Rodrigo Pacheco deixa a presidncia da mesa, desce para conversar com colegas. Fica ento presidindo sesso o obscuro e sorridente Flvio Bolsonaro — livre, por ora, das acusaes de rei das “rachadinhas”.

Desde o incio, Flvio Bolsonaro j estava inquieto. Ao assumir a direo dos trabalhos, o filho 01 cresce e aparece, estufando o peito honrado e medalhado. Pela televiso, o Brasil fica focado no filhote do mito de barro. E ele pede, com ar brincalho, que senadores votem pela aprovao de cargos diplomticos.

O lder do governo, Fernando Bezerra, toma a a palavra e insiste, pedindo que senadores compaream ao plenrio. E a discusso da PEC comea com discurso do senador Mrcio Bittar. Cumprindo risca o roteiro eleitoral traado pelos dceis bolsonaristas, o senador do MDB acreano sada Flvio Bolsonaro: “Parabns por presidir sesso to importante”. Arrematando a pantomima de corar anjos, Bittar aplaude o senador Eduardo Braga, por entrar na honrosa confraria dos avs.

Depois, enfastiados do rduo trabalho e com a conscincia do dever cumprido, vo todos para os restaurantes da moda ou para seus amplos e modernos apartamentos funcionais, at a prxima sesso de marionetes.

DAD PARA A ABL– Novo e belo livro da jornalista Dad Squarisi, “Maravilhas de Braslia”. Textos enxutos e irretocveis. Dad amada, respeitada e competente. Tem obras como “A arte de escrever bem”, 1001 dicas de portugus” e “Redao para concursos e vestibulares”. Integra a Academia Brasiliense de Letras e engrandeceria, tambm, por mritos literrios conquistados, ser acolhida pela Academia Brasileira de Letras.

Nesse sentido, saudvel observar a grafia correta do jurista Miguel Reale Jnior (Estado-04/12), em “A aritmtica de Hitler”. Lamentvel que a maioria esmagadora dos jornalistas troque a aritmtica pela matemtica. Enchem a boca para informar errado. No admitem a falha irritante porque se julgam sbios e gnios. Entre eles, narradores, colunistas e analistas de futebol. O Brasileiro no terminou, os equvocos continuaro e permanecero durante as eleies de 2022.

###
P.S.
Por fim, Hulk campeo, artilheiro e craque do Brasileiro, evidencia hoje a colossal mediocridade do futebol pentacampeo do mundo. (V.L.N.)

Batalha final entre Lula e Moro pode ser mano a mano, no segundo turno da eleio

O elo entre Moro e LulaVicente Limongi Netto

Os rios correm para o mar. No se pode lutar contra o destino, que est pregando uma pea em Lula e Srgio Moro. O ex-juiz condenou, humilhou e mandou o ex-presidente para a cadeia, onde ficou preso por 580 dias.

Depois Lula obteve no Supremo Tribunal Federal o cancelamento de duas condenaes de Moro e uma da juza Gabriela Hardt. A anulao ocorreu por “incompetncia territorial” da 13 Vara Criminal de Curitiba. Segundo o STF, os processos deveriam ter corrido em outra comarca. No caso, a Justia Federal de Braslia.

ATESTADO DE PUREZA – Assim, Lula ganhou da Justia um atestado de honestidade e pureza. E o apreo de Lula por Moro menor do que um selo de 10 centavos. Por sua vez, o respeito de Moro por Lula no vale um gro de areia.

Por algum tempo pensou-se que a vida pblica de Srgio Moro, ex-juiz federal e ex-ministro da Justia, estivesse arruinada. Pesquisas eleitorais agora mostram que Lula e Moro tm chances de disputar o segundo turno, deixando Bolsonaro morrer na praia. Ser a batalha final entre os dois.

BOA INFORMAO – Cumprimentos ao jornalista Leandro Mazzini, pelos valorosos 10 anos de boa informao como destaque no Jornal de Braslia. Sua coluna “Esplanada” recheada de notcias exclusivas, de todos os segmentos da vida nacional. , a meu ver, disparada, a melhor coluna do gnero na imprensa de Braslia.

No desaponta ao leitor com notas requentadas, tolas, plantadas ou bajuladoras, como comum no jornalismo brasileiro. So do tipo bolo de noiva: bonitas por fora, ocas por dentro. Feitas na base de releases.

TRS MESA Uma nota estranha no jornal sobre um encontro a trs, que teria sido solicitado por Cristovam Buarque (Correio Braziliense – Eixo Capital – 02/12).

Bem, desde quando o ex-senador Paulo Octvio precisa recorrer ao obscuro Cristovam Buarque para solicitar algum pleito ao atual governador Ibaneis Rocha?

Eis uma informao absurda. Sem nexo. Alis, se o trio agendou almoo, Paulo Octvio tem mesmo estmago forte.

De repente, passou a ser um bom negcio entrar na disputa como vice de Srgio Moro

Pin em Histricos

Charge do Paixo (Gazeta do Povo)

Vicente Limongi Netto

O senador lvaro Dias, nome respeitado dentro do Podemos, declarou, nesta tera-feira, na Rdio Bandeirantes, que a possvel composio do governador Joo Doria com Srgio Moro, “s tem espao para vice-presidente”.

A declarao de lvaro confere com o que escrevi, dia 29, aqui na Tribuna da Internet: surrada a marola de alguns pr-candidatos. Almejam, na verdade, ser lembrados para vice-presidente. Doria um deles. Rodrigo Pacheco, Simone Tebet e Alessandro Vieira, tambm.

Os quatro, como no chegam ao segundo turno pelas prprias pernas, sonham em ficar na vitrine dos reservas de luxo. Esperando ansiosos pelo aceno de f, amor e solidariedade dos candidatos com mais chances de vencer o pleito.

LEI DE SEGURANA – Quem no quiser passar festas de fim de ano na delegacia ou na cadeia, evite xingar Bolsonaro. Foi o que aconteceu com uma cidad, na via Dutra, perto da cidade fluminense de Resende, por ter a audcia de rogar pragas para Bolsonaro, que acenava docemente para quem passava de carro.

Jurisprudncia criada. Valorosos policiais que levaram a atrevida senhora para a delegacia sero medalhados pelo Palcio do Planalto, recebero aumento salarial e cesta com produtos natalinos. Onde j se viu, xingar um presidente to puro e educado.

TUDO PROIBIDO – Blasfemar, gastar energia, praguejar, jogar ovos, cuspir, gastar tinta com faixas e cartazes contra o santo mito passou a ser perigoso. O maluco que arriscar ser enquadrado na Lei de Segurana Nacional e passar a usar tornozeleira eletrnica pelo resto da vida.

Diante da deteno da senhora que xingou o presidente, os alquimistas palacianos planejam mandar fazer um manual de boas maneiras para os policiais em geral.

O primoroso e democrtico livro-guia recomendar aos briosos homens da lei que agora o povo s pode chamar Bolsonaro de lindo, trabalhador, agradvel, respeitoso, gostoso, maravilhoso, nico, grande presidente e renomado cientista, alm de mito, claro.

CANHOTINHA DE OURO – Peo ao leitor (no guardei o nome dele) que respeite o nome do eterno Gerson Nunes, o cerebral canhotinha de ouro do tricampeonato.

Em carta do dia 26 ao Jornal de Brasilia, o afoito cidado teve a infeliz ideia de chamar o Brasil atual de “Gersolndia”. Nada mais ridculo, injusto e deplorvel. Gerson no pode nem merece ser lembrado e cobrado por uma propaganda de cigarro que fez h 60 anos.

Gerson homem de bem. Perto de completar valorosos e dignos 81 anos de idade. Excelente chefe de famlia, pai e av. ɠ respeitado no mundo inteiro, pelo exuberante futebol que encantou torcedores. O leitor acertaria, por exemplo, se chamasse o Brasil atual de “Bolsonorndia”. Ou, quem sabe, “Lulndia”.

NEO PORCARIA – Diante das constantes e irritantes quedas de energia, o consumidor brasiliense quer resposta para a dvida atroz: a empresa responsvel (que Deus perdoe-me a blasfmia) mesmo, no duro, Neo Energia?

Ou ser apenas Neo Porcaria?

Costa Neto e Ciro Nogueira do gargalhadas, porque sabem que esto garantidos no poder

Legendas avaliam se juntar em federaes para fazer frente ao novo Unio Brasil - Jornal O Globo

Costa Neto e Ciro Nogueira aderem a qualquer presidente

Vicente Limongi Netto

Vejo uma foto em O Globo, mostrando Valdemar Costa Neto e Ciro Nogueira dando gargalhadas. “Rico ri toa”, dizia o bordo do saudoso humorista Brando Filho, no programa “Balana, mas no cai”, contracenando com Paulo Gracindo. Na poltica atual, os dois notveis do Centro mostram que a vida bela para eles, claro.

As guias da poltica devem achar graa do desemprego e da fome batendo na porta de milhes de brasileiros, com 615 mil mortos pela covid-19. Devem rir tambm com a certeza de que o Brasil jamais saber os nomes dos deputados beneficiados com a excrescncia chamada emendas do relator.

RISO FROUXO – Ciro e Valdemar exibem riso frouxo porque vem a a imoral PEC dos Precatrios e eles esto bolando planos diablicos, juntos com Arthur Lira, outro gnio do mal, tentando diminuir poderes do Supremo. Esto conscientes de que permanecero dando homricas gargalhadas, porque tm Bolsonaro sob controle, sob as rdeas do guloso Centro.

Sabem que ri melhor quem ri por ltimo. Nas eleies de 2022, caso Bolsonaro esteja mal das pernas, no tero nenhum pudor em se bandear para o colo do candidato que vencer a disputa. (Posso desenhar esse tpico, caso Jair Bolsonaro, Augusto Heleno, Eduardo Ramos e Braga Netto queiram entender)

FALSO JUSCELINO – O senador Rodrigo Pacheco tornou-se um pattico imitador de Juscelino Kubitschek. o fim da picada ver mais um engravatado ciscando na rinha como pr-candidato a presidente. Grandalho, apessoado, terno alinhado, voz de locutor, o presidente do Senado tenta passar ao pblico silhueta e caractersticas diferentes de outros concorrentes. Morro de rir.

Bobagem, chove no molhado. Sua falsa e enfadonha indignao e a preocupao com dificuldades do Brasil no comovem mais ningum. So todos do mesmo saco sem fundo. O figurino o mesmo.

O eleitor atento e tarimbado no cai mais em conversas fiadas, nem espera que promessas mirabolantes sejam cumpridas. manjada e surrada a marola de alguns pr-candidatos. Almejam, na verdade, ser lembrados para vice-presidente ou ministro.

TUDO ENSAIADO - O script da disputa poltica cmico e falso. Brigam, ameaam, trocam xingamentos e empurres, berram pelos cotovelos e narinas. Depois do pleito, juntam os cacos, lavam a lama e trocam juras de amor.Seguem a mxima de Davi Alcolumbre, “eu te ajudo e voc me ajuda”.

O eleitor, por sua vez, volta a ocupar o lugar de costume. Com a alma de eterno figurante, ultrajado e esquecido. Chupado como laranja. No fica nem com os bagaos. Novamente percebe que foi enganado. O estmago fica embrulhado. Caso precise recorrer ao poltico que votou, crivado com as costumeiras desculpas: Viajou”, “Est em reunio”, ” Ligue depois”, “Quer deixar recado?”. At quando, meu Deus?

P FRIO Bolsonaro, que sempre se declarou palmeirense, por ser descendente de italianos, desta vez revelou que estava torcendo pelo Flamengo no jogo final das Libertadores. Deu no que deu.

Por fim, estou bestificado com a genialidade do Tosto, colunista esportivo da Folha, que fez a seguinte afirmao: “O Brasil tem tcnicos bons e ruins, como no mundo todo”.

Caramba! Deveria patentear a descoberta.